Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

terça-feira, maio 25, 2021

‘Atravessando lugares’ - Mano a Mana

 

Atravessando lugares é o mais recente trabalho de Mano a Mana, um duo de artistas que têm buscado formas de renovar a cena circense através de técnicas de mão a mão. No trabalho, em continuidade com outros projetos recentes da dupla, a exploração de técnicas acrobáticas se une à experimentação de espaços inusitados, com investigação de ambientes videográficos, cênicos, sonoros, de moda e artesanais.

Inicialmente criada como uma intervenção urbana, diante da crise sanitária, a obra foi transformada em um trabalho audiovisual, que tem alcançado crianças, jovens e adultos nas duas transmissões realizadas ao vivo: pelo Facebook do CEU Caminho do Mar e no próprio canal do youtube da dupla. “Uma conversa que a gente sempre tem é: como realizar uma arte para toda família, sem subestimar crianças e adultos, mas também sem ignorar as diferenças? Estreamos, em 2021, com muita receptividade por parte de um público diversificado. Ficamos muito contentes”, conta Marília Mattos.

O trabalho é um passeio por trilhas urbanas, compostas por ambientes estéticos, sociais e políticos, que têm seus padrões repensados, não apenas pelo roteiro, mas pelo modo como os corpos acrobáticos questionam os hábitos vigentes em cada um desses espaços. A ideia de atravessar lugares vem da própria história da dupla: “Desde que começamos a treinar juntos falamos sobre esse nosso modo de vida - atravessar a cidade todos os dias, promover encontros, treinos, com nossas mochilas nas costas, fazendo mão a mão por todo canto”, explica o Dyego Yamaguishi.

Além do mano e da mana, outra personagem em cena é a mochila. Criada por Dodô Giovanetti, a companheira inseparável ganha uma função inusitada; nas costas do mano, a mochila sustenta a mana na travessia, trazendo uma ambiguidade poética: afinal, quantas possibilidades a portagem (técnica circense de suportar o peso de uma ou mais pessoas em situação acrobática) oferece? Ou quantas memórias, afetos, alegrias e tristezas suportamos enquanto atravessamos os nossos mundos conhecido e desconhecido?

A virtuose está presente em acrobacias surpreendentes, mas não como um objetivo final, porque o movimento, nos trabalhos do Mano a Mana, é caminho, percurso; e, nele, o que vale mesmo é a travessia simbólica. É assim, questionando os padrões esperados do circo, que Atravessando lugares chega ao mundo em forma de convite: vem atravessar e ser atravessado você também!

A composição conta com a perspicácia da direção de Beatriz Evrard; a sofisticação minimalista dos figurinos de Aline Bartcus; a lente precisa e sensível de Flávia Oliveira; e os ambientes sonoros de Craca.

Sobre a dupla - Mano a Mana é o encontro de 15 anos de portagem (tipo de técnica circense em que uma pessoa carrega e lança a outra) com 22 anos de acrobacias (ex-atleta de Ginástica Artística, e posteriormente circense); respectivamente, a trajetória de Dyego Yamaguishi e Marília Mattos. Criado em 2019, o duo, apesar de recente, vem movimentando a cena circense, circulando por cidades, festivais, conquistando prêmios e fomentos, como o Edital de Fomento ao Circo da cidade de São Paulo; além das criações audiovisuais, repensando padrões de imagem e composição, provocadas pela crise sanitária. Os projetos não se restringem à cena, tanto Marília Mattos quanto Dyego Yamaguishi têm trajetórias marcadas pela educação. Assim como artisticamente têm questionado padrões, buscam trazer ao ensino de circo um olhar pedagógico, pautado pelo respeito às diferenças e às especificidades dos corpos, afinal, como dito anteriormente, para a dupla, movimento é caminho e não fim.

Serviço:
Transmissão ao vivo no canal do youtube Duo Mano a Mana: Sábado, 05 de junho de 2021, às 16h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário