Podcast Tais Paranhos

sexta-feira, abril 30, 2021

Escolas Públicas do Sertão são beneficiadas por Programa Parceria pela Valorização da Educação (PVE)

 




O Programa Parceria pela Valorização da Educação (PVE) inicia suas atividades em escolas públicas da Serra do Inácio (PI) e Serra do Araripe (PE) com foco em colaborar gestores educacionais no processo de transição para o ensino híbrido nas escolas públicas. O programa tem o objetivo de promover melhorias na educação por meio de apoio à gestão pública educacional e incentivo à participação familiar na vida escolar de crianças e adolescentes.

Em 2020, em meio à pandemia de Covid-19, o PVE foi importante ferramenta para auxiliar gestores no processo de transição do ensino presencial para remoto à cerca de 75 municípios brasileiros. Entre eles, escolas públicas de Araripina (PE), Santa Filomena (PE), Betânia do Piauí (PI), Curral Novo do Piauí (PI) e Simões (PI). Por meio de ações que envolvem consultoria técnica especializada, capacitações e milhares de mobilizadores sociais - todas realizadas de forma remota para garantir a segurança de profissionais da Educação, estudantes e familiares -, o programa beneficiou quase 400 mil estudantes em todo o país.

Para 2021, a expectativa é reforçar a presença das ações do PVE na região junto a estes cinco municípios e ampliar as atividades do programa. Além dos municípios já mencionados da Serra do Inácio e Serra do Araripe, a cidade de Ouricuri (PE) também será contemplada pelas ações do programa neste ano.

O desafio deste ano está em auxiliar gestores públicos da Educação na implantação do modelo híbrido de ensino, que contempla aulas presenciais e online em um sistema rotativo de alunos, que contemplem a segurança de profissionais da educação e dos alunos ao mesmo tempo que atua para melhorar o ensino ofertado.

“No ano de 2020, o mundo foi surpreendido por uma pandemia global e as escolas se viram em um cenário até então nunca imaginado. Todas as escolas tiveram de ser fechadas por questões de segurança e as aulas passaram a ser online. Com isso, tivemos alguns desafios relacionados às atividades remotas, as quais não chegaram a todos os alunos da mesma forma. Para 2021, a nossa expectativa é promover um ensino igualitário. Com o apoio do PVE, iremos organizar estratégias para diminuir essa desigualdade e reforçar a qualidade do ensino em nosso município”, diz Erinaldo Rodrigues, técnico mobilizador e professor do município de Betânia do Piauí (PI).

A persistência e a organização dos educadores e mobilizadores sociais de Betânia do Piauí (PI), Curral Novo do Piauí (PI) e Simões (PI) resultaram no destaque nacional das ações realizadas por estes municípios dentro do PVE. Em dezembro de 2020, durante uma cerimônia virtual, os municípios da Serra do Inácio (PI) foram premiados nas categorias: Experiências de Ensino (Simões) e Protagonismo Jovem (Betânia do Piauí e Curral Novo do Piauí).

Para Alexsandro Cota, Gerente de Sustentabilidade da Votorantim Energia, a bagagem de aprendizados que o PVE formou, em 2020, será fundamental para dar continuidade a esse novo ciclo do programa que se inicia. "Com os aprendizados do ano passado em função das adaptações com a pandemia, desenvolvemos planos de ação mais elaborados, voltados para o ensino remoto, que é a nossa atual realidade. O PVE chega em 2021 fortalecido e com novos conhecimentos para compartilhar com a comunidade".

A lista completa das cidades que foram destaque no PVE 2020 pode ser acessada por meio do endereço https://pve.institutovotorantim.org.br/2020/12/16/conheca-os-vencedores-do-premio-pve-2020/

Conecta Recife App registra mais de quatro milhões de acessos

 

O Conecta Recife App teve seu uso ampliado e se transformou no hub digital da Prefeitura do Recife. Lançado em julho de 2020, o aplicativo chegou nesta quarta-feira (28.04) a mais de quatro milhões de acessos, somando mais de 228 mil downloads, mais de 450 mil cadastros realizados para vacinação contra a covid-19 e mais de 620 mil ações vinculadas ao Crédito Popular do Recife (Cred Pop), entre cadastros e consultas. O app tem o objetivo de modernizar o acesso do cidadão e visitantes a mais de 150 serviços da Prefeitura, disponíveis de forma remota, gratuita, rápida e segura pelo smartphone. A ferramenta, gratuita, está disponível para a população nas lojas PlayStore e AppStore.

Criado pela Empresa Municipal de Informática (Emprel), o aplicativo integra cada vez mais o cidadão à Prefeitura, de maneira direta e confiável, como exemplo de tecnologia que desburocratiza o acesso do cidadão aos serviços públicos. Com foco em promover cada vez mais transformação digital, desde o início da gestão do prefeito João Campos, o Conecta Recife passou a disponibilizar o contracheque e o demonstrativo do Imposto de Renda dos servidores municipais, fez a liberação da matrícula da rede municipal de ensino, está emitindo boletos e pagando boletos a partir da integração com bancos. Em constante atualização, o Conecta Recife App tem disponibilizado novos serviços regularmente.

Entre os serviços mais buscados e que faz parte das ferramentas mais usadas dentro do aplicativo Conecta Recife, está o Recife Vacina. É por meio dessa função, que a Prefeitura do Recife organiza o cadastro e o agendamento da população para receber a vacinação contra a covid-19 na capital. Por meio dela, entre primeira e segunda doses, 472.187 mil doses foram aplicadas (até o dia 28.04). Ancorada dentro do Conecta Recife, o Recife Vacina é gerenciado pela Secretaria Executiva de Transformação Digital. Essa Executiva também é responsável pela gestão do Atende em Casa, função que pode ser acessada também pelo aplicativo fazendo o acompanhamento online do estado de saúde de pessoas que apresentam sintomas da doença, incluindo orientação de um profissional de saúde (médico ou enfermeiro). A gestão municipal tem investido em um sistema 100% digital para gerenciar o processo de imunização na cidade, o que já gerou uma economia de R$ 3 milhões ao cofre municipal.

O Programa Cred Pop foi uma das últimas funções a integrar ao aplicativo e já conta com mais de 620 mil acessos. Essa função foi incluída no sistema para cadastrar prioritariamente jovens, mulheres, pessoas negras e pessoas com deficiência interessados em iniciar ou ampliar um negócio. O programa é um dos compromissos assumidos pelo prefeito João Campos durante a campanha, e visa estimular a geração de emprego e renda para a população, criando as bases para a retomada do desenvolvimento econômico.

A função incluída mais recentemente no Conecta Recife App foi o redirecionamento para o Programa Quero Impactar. Essa é uma plataforma de financiamento coletivo online, 100% gratuita, que une contribuintes que desejam doar parte da restituição do seu Imposto Renda para instituições e projetos sociais instalados na cidade.

Para o presidente da Emprel, Bernardo D’Almeida, o Conecta Recife passou a ser uma importante ferramenta de base de dados, serviços e informações que podem ser acessados de maneira fácil e didática. “O Conecta Recife é um bom exemplo de tecnologia a serviço do cidadão. E saber que mais pessoas estão usando o aplicativo, é ver o processo da transformação digital acontecer para desburocratizar o acesso aos serviços da Prefeitura do Recife”, comenta o presidente.

OUTROS SERVIÇOS - A partir da base de dados reunida dentro do Conecta Recife, o usuário pode solicitar serviços como capinação, troca de lâmpadas e tapa buraco. Nessas e em outras situações, para facilitar o atendimento, é possível fazer registro fotográfico do local e enviar por meio do aplicativo reforçando a necessidade do pedido. A consulta e o acompanhamento das solicitações de serviços são bem simples e permitem que o cidadão seja notificado a cada mudança de estágio da sua solicitação. Por possuir recursos de geolocalização, a ferramenta também ajuda o usuário a se localizar e encontrar um equipamento público específico, como escolas, unidades de saúde, parques e praças.

As operações oferecidas dentro do Conecta permitem a convergência digital dos mais variados tipos de serviços que fazem parte da administração pública municipal.

lmprensa Recife

quinta-feira, abril 29, 2021

Paulista terá nova academia da cidade

 

Na manhã desta quinta-feira (29), o Prefeito Yves Ribeiro assinou a Ordem de Serviço para a construção de uma nova Academia da Cidade, na Rua Lagoa dos Gatos, na comunidade de São Pedro Pescador, bairro do Janga.

O objetivo é promover a saúde física, qualidade de vida e lazer para a população. O local contará com uma área ampla e equipamentos para a prática de atividades físicas e esportes. A academia será nomeada em homenagem ao cantor Augusto César, falecido neste mês, vítima de Covid-19.

A obra é uma parceria entre a Prefeitura de Paulista e a Empresa Solv, e receberá um investimento no valor de 200 mil reais. O serviço inicia na próxima segunda-feira (03) e a previsão de entrega é de 90 dias. A solenidade contou com a presença dos Secretários de Infraestrutura, Jorge Carreiro; de Desenvolvimento Urbano, Cláudio Nascimento; além dos Vereadores Irmão Fal e Marcelly da Aguarela.

Em sua fala, o Prefeito expressou o desejo de ver a pandemia passar logo e chegar a vacina para todos. Sobre a Academia da Cidade, Yves Ribeiro destacou a importância desta obra para a comunidade: "Proporcionar um local de convivência e de práticas de exercícios físicos e esportes é minha maior alegria, oferecer qualidade de vida para o nosso povo!” destacou Yves.

lmprensa Paulista PE

lnstalada comissão que deve conduzir eleições de Comitê Municipal para a População em Situação de Rua

 

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas, publicou, na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (29), a portaria que definiu a comissão convocada para atuar na processo eleitoral dos representantes da sociedade civil do Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Municipal para a População em Situação de Rua do Recife. Os interessados em participar deverão ficar atentos, pois um Edital sobre a eleição será publicado em breve.

A portaria publicada hoje determina, entre outras competências, que a comissão eleitoral irá elaborar um Edital com o Regimento Eleitoral e o cronograma do processo de eleição, que deverão ser publicados em até 45 dias. Além disso, a comissão também será responsável por planejar, definir e executar todos os encaminhamentos e providências referentes ao processo eleitoral. Os representantes da sociedade civil eleitos irão atuar no Comitê durante o biênio 2021/2022.

O Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Municipal para a População em Situação de Rua do Recife foi instituído pela Lei Municipal nº 18.503/2018 e tem o objetivo de garantir maior segurança jurídica e valorização do processo de luta do Movimento Nacional da População em Situação de Rua. O Comitê é paritário, ou seja, possui representação da sociedade civil e da gestão de forma igualitária, garantindo a aproximação e interlocução com grupos, instituições e movimentos que se interessam em fortalecer o acesso aos direitos das pessoas que vivem nas ruas no Recife.

ABORDAGEM SOCIAL - Para atender a população que utiliza as ruas do Recife como local de moradia e/ou sobrevivência, a Prefeitura do Recife conta com o Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS), que possui atuação diurna e noturna, incluindo os finais de semana e feriados. As equipes do SEAS atuam na identificação, busca ativa e articulação com serviços da assistência social, como encaminhamentos para os Centros Especializados para a população em Situação de Rua (Centros POP), acolhimento institucional 24 horas, aluguel social, acesso a benefícios socioassistenciais. A pandemia da Covid-19 tem agravado o contexto de desigualdade social, mas a rede de proteção social da Prefeitura do Recife tem se estruturado para atender cada vez melhor as necessidades da população em situação de rua.

lmprensa Recife

Projeto Arrumando a Casa voltou ao bairro de Jardim Fragoso

 

O projeto Arrumando a Casa esteve, nesta quinta-feira (29.04), na Avenida João de Melo Moraes e vias próximas, no bairro de Jardim Fragoso, em Olinda. O mutirão de serviços foi iniciado às 8h e, até às 17h, as equipes da Secretaria Gestão Urbana realizaram a limpeza e desobstrução do sistema de drenagem - que inclui canaletas e galerias, capinação, remoção de lixo e entulhos e requalificação no sistema de iluminação.

Todo trabalho foi acompanhado de perto pelo prefeito da cidade, Professor Lupércio, que criou o projeto, em 2017, e vem mantendo até hoje. "O Arrumando a Casa tem uma importância fundamental na nossa gestão. Ele atende as demandas mais emergentes da população, em diversos bairros e comunidades e a ideia é potencializar ainda mais essa ação", concluiu o gestor.

lmprensa Olinda

Pernambuco inicia imunização de pessoas com comorbidades, incluindo grávidas e puérperas

 

Pernambuco recebeu, na manhã desta quinta-feira (29.04), mais 212.450 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 208.250 da Astrazeneca/Fiocruz e 4.200 da Coronavac/Butantan. Com a nova remessa, será iniciada a imunização do grupo de pessoas com comorbidades, além de grávidas e puérperas. O insumo da Astrazeneca também ajudará no avanço da primeira dose para idosos entre 60 e 64 anos e trabalhadores de forças de segurança e salvamento. Já o quantitativo de Coronavac recebido nesta quinta será todo utilizado para aplicação da segunda dose em idosos que já tomaram a primeira dose da mesma marca. As vacinas começaram a ser distribuídas logo no início da tarde às 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), para que os municípios possam retirar seus respectivos quantitativos. Na operação logística montada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), os envios ocorrem pelas vias terrestre e aérea.

Neste primeiro momento, serão priorizadas no grupo de comorbidades todas as pessoas, entre 18 e 59 anos, com as seguintes condições: doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise); obesidade mórbida; Síndrome de Down; transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea; pessoas vivendo com HIV e imunossuprimidos, que são indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses e com neoplasias hematológicas.

“A imunização deve seguir critérios epidemiológicos. Precisávamos garantir, primeiro, a proteção dos idosos, grupo mais vulnerável e responsável por 75% do total de mortes por Covid-19 no Estado. Agora, após o início da proteção para todos acima dos 60 anos, é urgente vacinar pessoas com comorbidades, que também têm risco agravado de óbito. Para se ter ideia, 60% das pessoas que morreram pela Covid-19 em Pernambuco tinham algum tipo de comorbidade”, destacou o secretário estadual de Saúde, André Longo, em coletiva online.

Também estão inclusos nessa fase pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos, pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de benefício de prestação continuada (BPC) de 55 a 59 anos e gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade. Essa população se baseia em recomendações do Ministério da Saúde e pactuação da Secretaria Estadual de Saúde junto aos municípios na Comissão Intergestores Bipartite. “A inclusão das grávidas e puérperas, grupo estimado em 116.450 mulheres no Estado, é de extrema importância porque os estudos apontam que a covid-19 aumenta o risco de morte para as grávidas, além de prematuridade nos bebês”, explicou Longo.

Para comprovação das comorbidades, a SES-PE produziu um modelo de atestado para que um profissional de saúde informe a doença preexistente do paciente. É obrigatório o carimbo, matrícula e/ou registro do conselho de classe. Em unidade de saúde da Família, de natureza pública, médico e enfermeiro podem atestar. Nas policlínicas e unidades de saúde de natureza privada apenas os médicos podem atestar. Poderão ser anexados outros documentos de comprovação da comorbidade, como receitas, relatório médico, prescrição médica, e outros que contenham carimbo da unidade com Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e assinatura e carimbo do profissional responsável.

PFIZER – O quantitativo de doses para o grupo de comorbidades entregue nesta quinta (Astrazeneca e Butantan) não contemplará os municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife, que irão receber vacinas da Pfizer/BioNTech, como pactuado entre o órgão federal, Estado e municípios. O Ministério da Saúde afirmou que as doses desse fabricante chegariam ao Brasil na noite desta quinta, seguindo para os Estados entre a sexta (30.04) e o sábado (01.05). 

Esse imunizante também é aplicado em duas doses, com intervalo de 21 dias. Diferente das outras vacinas em uso no Brasil, a da Pfizer precisa ficar armazenada entre -25°C e -15°C por até 14 dias. O Governo de Pernambuco já possui os equipamentos necessários para garantir a conservação das doses e posterior distribuição às cidades. Pelas condições restritivas de armazenamento da vacina, as secretarias municipais de saúde vão retirar as doses em pequenas quantidades, para cerca de quatro dias de vacinação. Nas salas de vacina, o armazenamento poderá ser feito entre 2°C a 8°C por até 5 dias.

“O Brasil contava com apenas duas vacinas para a Covid-19, o que é muito pouco para um país de extensão continental. A chegada do imunizante da Pfizer é muito importante, apesar do quantitativo pequeno, especialmente nessa etapa da vacinação, para os pacientes com comorbidades e imunodeprimidos”, pontuou o médico Eduardo Jorge, representante da Sociedade Brasileira de Imunizações no Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19, que participou da coletiva online.

Secretara de lmprensa de Pernambuco

Garis são incluídos nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19

Os garis e outros profissionais da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, a partir de agora, estão incluídos nos grupos prioritários no Plano Nacional de lmunizações, uma orientação do governo federal para estados e municípios seguirem ao aplicarem as vacinas contra o novo coronavírus. Com a nova medida, cerca de 250 mil trabalhadores devem ser beneficiados no pais inteiro. A nova versão do plano mantém como prioritários pessoas dosas, portadores de comorbidades - como diabetes, por exemplo - pessoas com deficiência permanente, profissionais de saúde, quilombolas, professores e forças de segurança.




TIM comemora o Dia das Mães com mais de 3 mil reais de descontos em smartphones

 

Para celebrar o Dia das Mães, uma das datas comemorativas mais importantes para o comércio brasileiro, a TIM preparou ofertas especiais de smartphones. O destaque vai para o Samsung Galaxy S20 FE, um aparelho avançado e completo. Ele sai de R$ 4.999 por R$ 1.799 no TIM Black 25GB e com poderoso sistema de câmera tripla traseira e super selfies com 32MP, display infinito super AMOLED de 6.5” Full HD+ e 128GB de armazenamento e 6GB de RAM.

Os clientes TIM Black Família 30GB podem aproveitar o iPhone SE 64GB, que sai de R$ 3.699 por R$ 1.999. Esse iPhone conta com o chip A13 Bionic, modo Retrato e vídeo 4K e tela Retina HD de 4.7”. Outra oferta especial é a do Samsung Galaxy S20, que vai de R$ 5.499 para R$ 1.999. O aparelho possui um conjunto de câmera tripla com principal de 64MP e grava vídeos incríveis em 8K.

Os clientes TIM Controle também poderão aproveitar descontos e escolher o modelo ideal de smartphone, que atenda às suas necessidades e permita aproveitar todos os recursos dos planos e da rede da TIM. O Samsung Galaxy A11, com display infinito de 6.4”, câmera tripla e uma bateria duradoura, sai por apenas R$ 849. Também no Controle, o LG K52, que possui tela infinita de 6.55”, armazenamento de 64GB e bateria de longa duração, está com mais de 30% de desconto, saindo de R$ 1.149 por R$ 799;

A oferta do Samsung Galaxy S20 FE é válida até o dia 31 de maio e as demais ofertas até 11 de maio. Os clientes podem realizar a compra na loja física ou site da operadora www.tim.com.br/lojaonline. Também podem parcelar a compra em até 18 vezes sem juros nos cartões de crédito do C6 Bank.

Recife celebra Dia Internacional da Dança

 

Nesta quinta-feira (29), a esperança vai fazer o passo na capital pernambucana. Para embalar o trabalho das equipes de saúde e dos profissionais empenhados na vacinação contra a covid-19, professores e passistas da Escola de Frevo celebram o Dia Internacional da Dança, em curtas apresentações nos pontos de vacinação espalhados pela cidade, respeitando os protocolos sanitários, com distanciamento social, uso de máscaras e apenas “solos”.

A ação, realizada pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, terá como principal palco o Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, com apresentações de frevo às 14h e 15h. Haverá também apresentações em outros pontos de vacinação da cidade.

Serão intervenções curtas, protagonizadas por um passista de cada vez, com som mecânico, para contar, entre tesouras, dobradiças, ferrolhos e tantos passos da enorme biblioteca do frevo, um pouco da nossa história cultural e celebrar a força de tradições que resistem e nos ajudam a atravessar tempos difíceis.

Como forma de apoiar o segmento cultural, por meio do Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão de Pernambuco (Sated/PE), que integra a ação nacional “No passo do outro”, toda a arrecadação de alimentos realizada hoje nos pontos de vacinação da Prefeitura do Recife será destinada à entidade. A iniciativa beneficiará cadastrados do Sated que estejam enfrentando dificuldades maiores, em virtude das necessárias restrições ainda vigentes, que atingem fortemente a atividade cultural.

No Passo do Outro - A ação artística, uma articulação nacional com atividades em várias cidades do país, no mesmo horário, entre 18h e 18h30 de hoje, no Recife, acontecerá em semáforos da Av. Agamenon Magalhães, contando inclusive com a participação de passistas da Escola de Frevo. A programação busca, além de arrecadar apoio para artistas e técnicos que enfrentam dificuldades, também sensibilizar a sociedade para a importância da solidariedade, neste momento, e do papel fundamental da Cultura nesta luta por superação. A articulação é da bailarina Andréa Carvalho.

lmprensa Recife

terça-feira, abril 27, 2021

#VcNoBlog Osman Andrade

 

Com 20 das de atraso, publico esse texto do jornalista Osman Andrade, de Santos - SP. Como o texto é sobre a nossa profissão, vale muito a pena publcar. Faça como Osman, mande seu texto ou sua arte para o blog e partcpe deste espaço que é totalmente nosso.


Parabéns para todos os jornalistas compromissados com o seu principal objetivo que é informar a população, trazendo sempre à tona a notícia cristalina, desprovido de qualquer outro interesse a não ser informar.

Infelizmente em qualquer profissão há os bons e os maus profissionais, e no jornalismo isso não é diferente, é uma triste realidade.

A mídia de maneira geral nos últimos anos com o advento e ascensão das redes sociais cada dia mais presente, somado também ao comportamento de alguns grupos de comunicação no tocante a cobertura jornalística e midiática e de eventuais preferências setoriais, vem causando um descrédito que a longo prazo pode se tornar irreparável.

A interferência política também é um fator agravante para a criação de um má imagem midiática, com veículos, profissionais e grupos constantemente questionados.

Qual o futuro da mídia para os próximos anos?

Sinceramente eu não sei, porém é preciso urgentemente que todos nós da mídia possamos se reinventar como profissionais, caso queiramos resgatar do lama, essa importante profissão ora ultrajada e desrespeitada.

Segundo cérebro: O intestino pode interferir no seu emagrecimento!

 

Emagrecer parece ser uma simples soma de “fechar a boca” e “se exercitar”. Porém, há quem siga uma dieta, pratique atividades físicas e ainda assim tenha dificuldade de diminuir o ponteiro da balança. Assim, a situação deixa evidente que perder peso pode envolver outros personagens e um dos mais importantes deles é a saúde do órgão que já foi nomeado como segundo cérebro: o intestino. 

Segundo o médico especialista em emagrecimento e qualidade de vida Diego Pascaretta (foto) o equilíbrio do intestino é fundamental para que o organismo funcione bem e absorva os nutrientes necessários. Então, açúcar refinado, farinha branca, alimentos processados e industrializados deixam nosso intestino ‘fraco’ e permeável, gerando um quadro inflamatório que é a origem de problemas como aumento da gordura visceral, obesidade e resistência à insulina. 
Emagrecimento X intestino, entenda a relação:

As bactérias que habitam o intestino humano, ou microbiota, como é chamado o conjunto delas, têm um papel fundamental para a sobrevivência. O intestino tem entre quase mil espécies de bactérias; e quanto mais, melhor é, já que com menos bactérias a absorção de fibras diminui e a massa corporal aumenta. Dessa forma, adotar uma alimentação pobre em nutrientes favorece uma microbiota menos diversa, o que deixa o indivíduo mais propenso ao ganho de peso. 

Alimentos que melhoram a saúde do intestino: Alho; Frutas vermelhas - frutas como amora, framboesa e mirtilo; Iogurte - fermentado, é rico em  probióticos; Alimentos integrais - a versão integral de pães e massas têm alta quantidade de fibras; Oleaginosas - nozes, amêndoas e castanhas; Água - O consumo aproximado de 1,5 litro por dia, além de hidratar o organismo, contribui com o funcionamento do intestino e eliminação de toxinas.

Obras da Compesa no lnterior de Pernambuco

 

Cumprindo agenda no Sertão, nesta terça-feira (27), a presidente da Compesa, Manuela Marinho, acompanhada dos diretores Flávio Figueiredo e Mário Heitor, vistoriou a perfuração e os testes das baterias de poços do Sistema Adutor de Tupanatinga. A obra, no valor de R$ 26 milhões, integra o Sistema Adutor do Agreste e levará água para mais de 215 mil pessoas dos municípios de Buíque, Pedra, Venturosa, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas e Iati. A comitiva conferiu de perto as intervenções acompanhada do deputado estadual Marcantonio Dourado Filho, pela liderança política Marcantonio Dourado e pelos prefeitos das cidades de Buíque, Tupanatinga e Águas Belas: Arquimedes Valença, Sílvio Roque e Luiz Aroldo, respectivamente.

A agenda da manhã na região incluiu, ainda, visita à sede municipal de Águas Belas, e seguiu, à tarde, com visita institucional à prefeitura de Garanhuns e vistoria às obras do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do município. A obra consiste na melhoria do sistema de abastecimento do bairro Jardim Petrópolis, com implantação de nova rede de distribuição, beneficiando 1 mil pessoas com água todos os dias nas torneiras. Hoje, essa população é abastecida no regime de três dias com água para três dias sem. Uma primeira etapa da obra tem previsão de conclusão em junho desse ano, mas o projeto completo será concluído em dezembro de 2022. O investimento é de R$ 2,1 milhões.

A presidente da Companhia, Manuela Marinho, destaca os investimentos na região. “Com a obra do SAA de Garanhuns vamos ampliar em 30% a extensão da rede de distribuição da cidade, além da modernizar os equipamentos de controle e medição de vazão e pressão, permitindo monitoramento das perdas de água. Atualmente, 95% do município já conta com abastecimento ininterrupto e temos a expectativa com a obra de ofertar água de maneira contínua também às áreas periféricas. Já o empreendimento dos poços de Tupanatinga levará segurança hídrica a municípios da região que sofrem com ciclos de seca severa”, pontua Manuela.

Ontem, a agenda no interior iniciou no Agreste, com visita às obras da Adutora de Serro Azul, no trecho entre os municípios de Bonito e Camocim de São Félix. A presidente, Manuela Marinho, acompanhada de equipe técnica da Compesa, vistoriou a implantação da adutora acompanhada pelo prefeito da cidade, Gustavo Adolfo, e do deputado estadual Clodoaldo Magalhães. O novo sistema adutor, orçado em aproximadamente R$ 80 milhões, terá capacidade de transportar 500 litros por segundo de água até o ponto de interligação com a Adutora do Agreste entre os municípios de de Caruaru e Bezerros, beneficiando 1 milhão de pessoas. A agenda continuou em Belo Jardim, com vistoria da implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município com presença da liderança política local João Mendonça e do deputado estadual Diogo Moraes. O SES Belo Jardim conta com o investimento de R$ 58 milhões para levar mais saúde e qualidade de vida a 28 mil pessoas.

Na sequência, foi a vez de uma visita técnica às instalações do primeiro Sistema Integrado de Gestão do Saneamento Rural (Sisar) em Pernambuco, localizado na Gerência da Compesa de Arcoverde, no Sertão do Moxotó. Como anunciado na semana passada pelo governador Paulo Câmara e pela secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, a Compesa será uma incubadora do projeto, que visa garantir o permanente funcionamento dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, beneficiando 30 mil habitantes da zona rural dos municípios de Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Itaíba, Manari, Pedra, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa.

lmprensa Compesa

Nota Oficial do SlNTEPE

 

Vamos reproduzir a nota oficial na íntegra, onde mostra os professores que reivindicam o trabalho remoto, afinal de contas, ainda estamos em uma pandemia com quase 400 mil vitimas fatais em todo o Brasil. 



NOTA À IMPRENSA E À SOCIEDADE

Temos direito de lutar por nossas vidas, portanto, a Greve pela Vida continua!

Em assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira, 27 de abril, Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação decidiram por manter a Greve pela Vida que foi deflagrada em 19 de abril do ano corrente. O Sintepe, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco, que representa professores/as, administrativos, analistas e contratos temporários, afirma que a luta pela vida continua e repudia a interrupção das negociações por parte do Governo do Estado.

O Poder Executivo encerra o diálogo com os trabalhadores em educação, ao mesmo tempo em que nos quer em atividades presenciais, expostos ao coronavírus no pior momento da pandemia. O Governo do Estado se fia em ação judicial com multa de R$ 300 mil por dia, o que significa, ao mesmo tempo, negar-se a buscar uma resolução entre os principais atores do processo - trabalhadores em educação e seus empregadores, o governo -, e asfixiar o movimento Sindical com a imposição de multas financeiras exorbitantes para calar nossas bocas! O Sintepe recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de Reclamação Constitucional, alegando que a decisão do TJPE contraria o sagrado direito de greve. Estamos esperando o resultado dessa reclamação.

Para a tristeza do Governo, não vamos nos calar! Falaremos, apesar da negativa do diálogo por parte deles. Falaremos, apesar da tentativa de calar nossas vozes por meio da imposição de multas e do fechamento do Sindicato. Falaremos porque esta categoria só obteve conquistas durante os últimos 31 anos após muita luta.

O Sintepe reafirma que a Greve pela Vida continua e logo em breve divulgará calendário de atividades de monitoramento das escolas e atos públicos simbólicos como forma de mostrar para toda a sociedade nossa indignação.

A DIREÇÃO DO SINTEPE

Starpag agora é Faturepag



A fintech pernambucana Starpag mudou de nome e agora se chama Faturepag. Segundo o CEO, Alan Barros, a empresa de meios de pagamentos viu a necessidade de trazer para o próprio nome, o compromisso em ajudar os seus clientes a, de fato, faturar mais, se adaptando às mudanças que o mundo está vivendo, devido à pandemia do novo coronavírus.

Na gravação, o diretor de Marketing da Faturepag, Eduardo Viana

Está no Ar o Podcast Tas Paranhos 003

sábado, abril 24, 2021

MAMAM oferece minicurso gratuito pela internet

 

O Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (MAMAM) promove, a partir do próximo dia 28 de abril, um minicurso com quatro encontros virtuais para discutir a arte contemporânea a partir de conceitos como filosofia, gênero e política dos corpos. A iniciativa integra a programação do projeto "Das coisas políticas e das políticas das coisas", aprovado pelo Funcultura PE 2018-2019.

Facilitado por Ana Luísa Lima, crítica de arte, editora, escritora e integrante do conselho curatorial do MAMAM, o curso tem carga horária de 16 horas, distribuídas em 4 encontros, nos dias 28 de abril e 5, 12 e 19 de maio. Os encontros serão virtuais, pela plataforma Google Meet. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no link da bio do Instagram do MAMAM (@mamamrecife) até o próximo dia 25 de abril. Na segunda (26), o museu divulga a relação de inscritos.

Das coisas políticas - Reunindo um grupo de estudos curatoriais formado por 13 pesquisadores, que se encontram desde setembro de 2020, o projeto dedica-se a investigar as questões que atravessaram e pautaram a construção do acervo do MAMAM ao longo do tempo, do ponto de vista de gênero, classe social e etnia, para tecer diálogos entre o acervo do MAMAM e as demandas sócio-políticas contemporâneas sobre representatividade, gênero e lugar de fala.

A programação, aprovada no Funcultura, inclui ainda a realização de minicursos e debates, culminando numa exposição que ocupará todos os salões do MAMAM e deverá entrar em cartaz no próximo semestre, reunindo obras de 71 artistas mulheres integrantes do acervo do museu, mantido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

A equipe curatorial é formada por: Ana Luísa Lima, Kalor, Letícia Barbosa, khadyg fares, Marcel Diogo, Michelle Bastos, Aline Oliveira, Eduarda de Oliveira, Priscila Barros, Michele Medina, Emmanuelle Oliveira, Letícia Asfora Falabella Leme e Flavia Gomes.

Serviço
Minicurso “Das coisas políticas”
Facilitadora: Ana Luísa Lima
Data: 28 de abril, 5, 12 e 19 de maio
Carga horária: 16h
Vagas: 30
Plataforma: Google Meet
Inscrições: Até o próximo dia 25 de abril, na bio do Instagram do MAMAM

lmprensa Recfe

Síndrome de dependência química

 

Desde o início da pandemia, há pouco mais de um ano, especialistas apontam que o número de dependentes químicos dobrou em todo o Brasil. De acordo com dados da Unidade de pesquisas em álcool e drogas (UNIAD), além do crescimento, foi percebido também que houve uma mudança de público, onde as mulheres colaboraram para esse crescimento. Um dos fatores que tem contribuído com esse aumento é o fato das pessoas estarem mais tempo em casa, entediadas, muitas delas tem buscado certo animo através do excesso de bebidas alcoólicas entre outras drogas lícitas ou até mesmo ilícitas.

“Tudo isso, em longo prazo, pode gerar uma dependência química que é caracterizada pelo uso sem controle de determinado produto, provocando um sofrimento clinicamente significativo, manifestado por três ou mais sintomas e sinais nos últimos doses meses, como explica o psicanalista especializado em dependência química, Fabrício Selbaman.”

O primeiro sintoma característico é a compulsão, onde o individuo usa em grandes quantidades ou em períodos maiores que os intencionados a bebida alcoólica, por exemplo. Logo em seguida vem a tolerância, que é a capacidade do fígado metabolizar onde está. É o aumento constante para atingir o mesmo nível de embriagues. Após os dois pontos iniciais, o individuo pode atingir a síndrome da abstinência, onde pode passar a tremer os membros inferiores ou superiores, obcecado em busca da droga, seguido do quarto ponto, onde o mesmo entende que o vício está prejudicando o seu bem estar, mas não consegue parar. Esses são apenas alguns dos pontos citados pelo psicanalista especializado em dependência química, Fabrício Selbaman, que levam uma pessoa a está com dependência química.

Tratamento - Ainda segundo Fabrício Selbaman, “a escolha de tratamentos para dependência química começa com um diagnóstico criterioso e precoce, realizado por uma equipe multidisciplinar, que deve levar em consideração as especificidades de cada caso. A partir daí, é montada uma estratégia de tratamento personalizada, que deve ser revista sempre, visando o atendimento das múltiplas necessidades do paciente e a reorganização de sua vida como um todo, enfatiza o especialista.”

Os principais entraves para a busca de uma orientação especializada são a negação da doença, a falta de apoio e o medo do estigma social negativo. Além disso, muitos amigos e familiares não sabem como ajudar um dependente químico ou desconhecem a existência de tratamentos especializados. Alguns exemplos de tratamentos são por meio da desintoxicação, outro método utilizado é os medicamentos, a psicoterapia, internação voluntária, involuntária ou compulsória, que é a internação determinada pela justiça a pedido de um médico.

Ainda sobre os mais diversos tipos de internação, Fabrício Sebman diz que, hoje, a própria legislação brasileira fala que é necessária uma intervenção|internação por no mínimo 90 dias.

Carla Rio comemora 186 mil visualizações de Samba Arretado

 

A cantora Carla Rio está que é só sorriso, e o motivo são as 186 mil visualizações de seu clipe “Samba Arretado”, canção que tem a participação especial do cantor e compositor Dudu Nobre.

Lançado no dia 02 de Dezembro de 2020, no canal oficial do YouTube da cantora, Samba Arretado faz uma homenagem ao Dia Nacional do Samba, data muito importante e especial para todos os sambistas brasileiros. Lembrando que o single é de autoria de Carla Rio em parceria com Alceu Maia, seu cavaquinhista e produtor musical.

Disponível em todas as plataformas digitais, a canção Samba Arretado também está tocando nas principais rádios dos estados do Norte e Nordeste. Além do YouTube, os fãs e admiradores de Carla Rio também podem conferir o clipe pelos canais por assinatura, Music Box Brasil e Canal BIS.

Carla Rio é considerada uma grande referência do samba de raiz, uma legítima representante do gênero em Pernambuco. “É muito gratificante ver que o público brasileiro está curtindo o samba com sotaque nordestino. Penso que hora de nos unirmos para fortalecer a bandeira do samba”, finaliza a cantora..



Paço do Frevo oferece atividades educativas virtuais e gratuitas

 

Semeando saberes culturais e ancestrais do povo pernambucano, o Paço do Frevo está com inscrições abertas para ações educativas gratuitas e virtuais, voltadas para públicos escolares, como a Abre-Salas, que convida educadores e estudantes a conhecer o museu pela internet. As iniciativas reafirmam o caráter do museu como centro de formação, já contemplado pelo Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural, em 2016, e pelo Prêmio Darcy Ribeiro de Educação, em 2017 e 2019.

Dentro da programação do Abre-Salas, cada visita tem duração média de uma hora, conduzindo os participantes numa experiência digital interativa pela plataforma Google Arts & Culture, com a utilização de outros recursos tecnológicos e mediação dos educadores do Paço.

A iniciativa é voltada para grupos escolares a partir do 7º ano e contempla conhecimentos de história, geografia, educação física, artes, ciências, música, dança e sociologia. O agendamento é gratuito e pode ser feito no perfil do museu no Instagram (@pacodofrevo). Os dias e horários são acertados diretamente com o grupo interessado, mediante disponibilidade de agenda do Paço.

O Abre-Salas se propõe a instigar o público através de uma narrativa exploratória de descobertas, envolvendo os elementos originários do Frevo (dança e música), suas organizações/expressões (clubes, troças, blocos; frevos de rua, de bloco e canção) para gerar processos pedagógicos pautados na experiência, com total segurança sanitária.

Passo a Paço - Outro programa pedagógico que também teve início neste mês de abril, com apoio da White Martins, foi o Passo a Paço, destinado a professores e educadores de qualquer parte do mundo, com a proposta de educar através do frevo.

Partindo do tema “Frevo, patrimônio da humanidade”, a edição de 2021 aborda pedagogicamente o frevo, numa perspectiva multidisciplinar, para tratar questões como acessibilidade, diversidade e meio ambiente,

Os encontros são virtuais e abertos para professores e educadores que falem português e residam em qualquer lugar do mundo. A partir de amanhã, iniciam inscrições para o segundo módulo, também pelo Instagram do Paço (@pacodofrevo).

Dia da dança - Em celebração ao Dia Internacional da Dança, comemorado em 29 de abril, o Paço do Frevo e a Escola Municipal de Frevo Maestro Fernando Borges, equipamentos mantidos pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, convidam os internautas a cair no passo. No próximo sábado (24), será oferecida uma oficina online de dança gratuita, das 16h às 17h, ao vivo, via Zoom. Inscrições no link: https://tinyurl.com/oficinasdedancadopaco.

Ainda para celebrar e praticar a dança como antídoto contra a angústia e toda dureza da vida, o Paço do Frevo disponibilizará playlists exclusivas, inspiradas e assinadas por personalidades da dança, ao longo de todo o mês de abril. Nas próximas sextas-feiras, Carlinhos de Jesus, Antonio Nóbrega e Flaira Ferro invadem os perfis do Paço no Spotify e no Deezer com suas seleções de clássicos de frevo.

lmprensa Recife

Documentário marca 10 anos de carreira do trio “As Severinas”

 

Os fãs de “As Severinas”, e aqueles que querem conhecer mais da trajetória do trio musical de mulheres pajeuzeiras, já podem assistir ao documentário As Severinas - 10 anos, disponível no canal do youtube da banda. Sob a direção de Eduardo Crispim; Isabelly Moreira (triângulo, vocais e declamações), Monique D'Angelo (vocal e sanfona) e Marília Correia (zabumba) detalham como a espontaneidade e a amizade foram a base para surgimento da Banda há 10 anos e para o seu amadurecimento ao longo desse tempo.

O universo do pé de serra, forró, cantoria de viola, xote, xaxado, baião está presente na obra do trio como lembram os depoimentos de músicos, produtores e amigos e amigas no documentário, a exemplo do poeta Antonio Marinho e do Patrimônio Vivo de Pernambuco, o poeta Dedé Monteiro, além da artista Luna Vitrolira. A edição também traz registros de shows e uma conversa descontraída com As Severinas.

"Nós buscamos cultivar as nossas raízes, refazendo o modo de cantar a obra de artistas consagrados como Marinês, Anastácia, Dominguinhos e tantos outros nomes. Também introduzimos trabalhos que gostamos, como Vander Lee, Elton Moraes, Chico César, e por aí vai, dando uma nova roupagem, misturando as formas”, comenta Isabelly Moreira. Os shows do trio também são marcados por declamações de poetas populares, com versos autorais e de Rafaelzinha, Simone Passos, Mocinha de Passira, João Paraibano e tantos mais...

O documentário “As Severinas - 10 anos”tem o incentivo da Lei Aldir Blanc, do Governo de Pernambuco e conta com o apoio da Fundação Cultural Cabras de Lampião.

Ficha Técnica:

Documentário: As Severinas - 10 anos
Roteiro e Produção: Isabelly Moreira
Direção e Fotografia: Eduardo Crispim
Som direto e Elétrica: David Oliveira
Tratamento de Roteiro: Maria Rufino
Execução: Madre Filmes
Apoio: Fundação Cultural Cabras de Lampião

O Sumiço': um Brasil com o Nordeste excluído do mapa

 

Entre os dias 25 e 30 de abril de 2021, sempre às 21h, será exibida a temporada de Ex-NE - O Sumiço, recorte da pesquisa e experimentação em território online do espetáculo Ex-nordestines. Na trama, transmitida gratuitamente pelo Youtube do Coletivo Estopô Balaio, a frase proferida por uma estudante paulista nas suas redes sociais em 2010, "Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado", se concretiza e o Nordeste some do mapa, permanecendo na lembrança de apenas quatro pessoas - Laura, Mazé, Towe e Salda. O texto é de Henrique Fontes, a direção é de Quitéria Kelly e a trilha sonora é de Marco França. A peça foi elaborada com recursos da Lei Aldir Blanc, ProAC 36/2020.

Na distopia, o mapa do Brasil já não apresenta os nove estados que compõem a região do Nordeste. Não se sabe se eles foram afogados pelo Oceano Atlântico ou se essa é a próxima etapa de um plano de dominação. A história não guarda palavras sobre o território que sumiu e as quatro pessoas que ainda se recordam do que foi essa região se questionam se o que a liquidou foi um golpe, um tsunami, um leilão ou até se o Nordeste realmente existiu ou foi uma ilusão coletiva.

"Ex-NE - O Sumiço é o começo da jornada de quatro personagens tentando entender por que o Nordeste sumiu do mapa no Brasil de 2032. É uma distopia que fala de um fato antigo - a xenofobia no país e o hábito de ainda se colocar nordestinos como cidadãos de segunda categoria", conta Henrique Fontes, autor da peça.

O sumiço da região é um gatilho para a discussão sobre a invisibilização de diversas nações indígenas que compõem a região, sobre a naturalização de erros exploratórios consequentemente repetidos e sobre a racialização do nordestino. Diante dos inúmeros e históricos ataques ao Nordeste e aos nordestinos, principalmente nas regiões Sul e Sudeste do país, nascem as perguntas: até que ponto nós, enquanto sociedade, sabemos que o Nordeste é uma invenção com fins políticos, econômicos e sociais?

A diretora da montagem, Quitéria Kelly, conta que o trabalho nasce a partir de um convite do Coletivo Estopô Balaio, que se volta para a discussão em torno da palavra Nordeste. A diretora, que já transita pelo tema em sua companhia, o grupo Carmin, aqui se junta aos artistas migrantes do Estopô em São Paulo.

"No Nordeste há várias culturas apagadas, já que a região foi simbolizada por homens brancos, parte de uma elite açucareira que apagou do imaginário do povo a cultura indígena, a dos africanos que chegaram escravizados, a de judeus, entre muitas outras", conta Quitéria.

Entre os dias 25 e 30 de abril de 2021, sempre às 21h, será exibida a temporada de Ex-NE - O Sumiço, recorte da pesquisa e experimentação em território online do espetáculo Ex-nordestines. Na trama, transmitida gratuitamente pelo Youtube do Coletivo Estopô Balaio, a frase proferida por uma estudante paulista nas suas redes sociais em 2010, "Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado", se concretiza e o Nordeste some do mapa, permanecendo na lembrança de apenas quatro pessoas - Laura, Mazé, Towe e Salda. O texto é de Henrique Fontes, a direção é de Quitéria Kelly e a trilha sonora é de Marco França. A peça foi elaborada com recursos da Lei Aldir Blanc, ProAC 36/2020.

Na distopia, o mapa do Brasil já não apresenta os nove estados que compõem a região do Nordeste. Não se sabe se eles foram afogados pelo Oceano Atlântico ou se essa é a próxima etapa de um plano de dominação. A história não guarda palavras sobre o território que sumiu e as quatro pessoas que ainda se recordam do que foi essa região se questionam se o que a liquidou foi um golpe, um tsunami, um leilão ou até se o Nordeste realmente existiu ou foi uma ilusão coletiva.

"Ex-NE - O Sumiço é o começo da jornada de quatro personagens tentando entender por que o Nordeste sumiu do mapa no Brasil de 2032. É uma distopia que fala de um fato antigo - a xenofobia no país e o hábito de ainda se colocar nordestinos como cidadãos de segunda categoria", conta Henrique Fontes, autor da peça.

O sumiço da região é um gatilho para a discussão sobre a invisibilização de diversas nações indígenas que compõem a região, sobre a naturalização de erros exploratórios consequentemente repetidos e sobre a racialização do nordestino. Diante dos inúmeros e históricos ataques ao Nordeste e aos nordestinos, principalmente nas regiões Sul e Sudeste do país, nascem as perguntas: até que ponto nós, enquanto sociedade, sabemos que o Nordeste é uma invenção com fins políticos, econômicos e sociais?

A diretora da montagem, Quitéria Kelly, conta que o trabalho nasce a partir de um convite do Coletivo Estopô Balaio, que se volta para a discussão em torno da palavra Nordeste. A diretora, que já transita pelo tema em sua companhia, o grupo Carmin, aqui se junta aos artistas migrantes do Estopô em São Paulo.

"No Nordeste há várias culturas apagadas, já que a região foi simbolizada por homens brancos, parte de uma elite açucareira que apagou do imaginário do povo a cultura indígena, a dos africanos que chegaram escravizados, a de judeus, entre muitas outras", conta Quitéria.

SERVIÇO
EX-NE - O Sumiço
Temporada online de 25 a 30 de abril, às 21h, no canal do Youtube do Coletivo Estopô Balaio
Duração: 23 min. | Classificação: 12 anos
Grátis*

*Temporada contemplada com recursos da Lei Aldir Blanc, ProAC 36/2020.

Pesquisa da USP sobre comunicadores e Covid-19 aceita respostas até dia 30 de abril

 

O formulário da pesquisa Como trabalham os comunicadores no contexto de um ano da pandemia da Covid-19?, que pode ser acessado aqui, fica disponível para preenchimento até o próximo dia 30 de abril (6ª feira). A iniciativa, promovida pelo Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho (CPCT) da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), pretende compreender as condições de trabalho dos comunicadores brasileiros nesse período de enfrentamento da doença.

O estudo ocorre exatamente um ano após a realização de investigação inicial, que diagnosticou o momento vivido por esses profissionais ainda no começo da pandemia. O relatório dessa análise, feito no primeiro semestre de 2020 e transformado em e-book, pode ser consultado aqui.

Nessa segunda etapa, a pesquisa tem o apoio de 21 entidades e instituições da área, que também divulgaram o formulário entre seus associados, além de disponibilizar em seus sites e redes sociais o link para preenchimento, que pode ser feito anonimamente, de modo a preservar o sigilo dos respondentes.

“Queremos verificar nesse momento, passado um ano em que o Brasil sofre com o agravamento cada vez maior da Covid-19, como está a situação de trabalho dos comunicadores que, muitas vezes, a exemplo dos jornalistas, ocupam o pelotão de frente do combate à doença ao assumir o árduo papel de informar corretamente a sociedade sobre os riscos e tentar dissimular, infelizmente, as fake news e o negacionismo que ainda perduram nessa terrível fase da doença”, afirma a professora Roseli Figaro, coordenadora do CPCT.

CENÁRIO GRAVE – De acordo com ela, a expectativa é superar a amostra do estudo inicial, que teve 557 participantes de todo o país e do exterior, o que permitirá um diagnóstico mais amplo do cenário que, ao que tudo indica, só fez piorar nesse período.

“Passado um ano nossa esperança era de que pudéssemos retomar essa pesquisa na perspectiva de um pós-pandemia. Infelizmente, por tudo que temos visto, o quadro é ainda mais dramático pelo modo totalmente errático com que o governo federal tratou e continua tratando a Covid-19, que teve um aumento exponencial dos casos de contaminação e de vítimas fatais. A percepção de que as condições de trabalho dos comunicadores se agravou se deve à grande quantidade de pessoas sem trabalho, o que só piora com o próprio adoecimento dos profissionais e de seus familiares. Entender a situação desses trabalhadores pode auxiliar a diagnosticar os problemas advindos do quadro de precarização do trabalho e, a partir disso, cogitar possíveis alternativas para combater os graves impactos na área da comunicação”, diz Roseli Figaro

APOIO NACIONAL – A importância do estudo pode ser medida pelo fato de que 21 entidades e instituições profissionais fecharam parceria para divulgação do levantamento: Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), Associação Brasileira de Ensino de Jornalismo (ABEJ), Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas (Abrapcorp), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), Sindicato dos Publicitários, Agenciadores de Propaganda e Trabalhadores em Empresas de Publicidade do Estado do Rio Grande do Sul (SINPAPTEP-RS), Conselho Federal de Relações Públicas (Conferp), Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas 2ª Região (CONRERP 2ª Região – SP/PR), Sindicato das Agências de Propaganda de Minas Gerais (Sinapro-MG), Associação Mineira de Propaganda (AMP), Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e de Publicidade no Estado da Bahia (SINTERP/BA), Sindicato dos Jornalistas no Ceará (Sindjorce), Associação Cearense de Agentes Digitais (ACADi), Oboré Projetos Especiais, Jornalistas&Cia, Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba), Sindicato dos Trabalhadores em Empresa de Radiodifusão, Televisão, Publicidade e Similares do Estado de Mato Grosso do Sul (Sintercom/MS) e Associação Profissão Jornalista (APJor).

Ninguém solta a mão do Povo Brasileiro [3]

Essa iniciativa é em São Paulo - SP. E se na sua cidade tiver alguma ação semelhante pra matar a fome do povo, avisa pra o Blog. Ah! E sigam o lnstagram deles @instaetudopraonten



Mananciais da Mata Norte de Pernambuco se recuperam com as chuvas no Estado

 

Os mananciais da Mata Norte do Estado começam a dar os primeiros sinais de recuperação com o acumulado das últimas chuvas. A Compesa vem monitorando os reservatórios que formam o sistema de abastecimento dos municípios da região e tem boas perspectivas para iniciar a redução dos rodízios a partir de ajustes operacionais nos sistemas.

As chuvas permitiram que a Barragem Vundinha, localizada no município de Ferreiros e que estava em pré-colapso, alcançou 15% de acumulação. A barragem tem capacidade total de armazenamento de 90 mil metros cúbicos de água. O aumento das precipitações também elevou o volume total acumulado na Barragem Mucambo, que é de 120 mil metros cúbicos de água. O reservatório, também localizado na cidade de Ferreiros, registrava, no mês passado, volume de 60% de água acumulada e agora atingiu 70%. As duas barragens respondem pelo abastecimento do próprio município de Ferreiros e Camutanga.

Outra barragem que apresenta sinais de recuperação é Morojozinho, localizada no município de Buenos Aires. O reservatório entrou em colapso em fevereiro deste ano, mas com as chuvas da semana o nível de água registrado já é de 19,5%. A Barragem de Morojozinho atende o município de Nazaré da Mata, um dos mais impactados pela ausência de chuvas durante o verão.

A Compesa seguirá acompanhando diariamente o volume de chuvas acumulado nos principais mananciais da Mata Norte a fim de iniciar as intervenções necessárias para o retorno da captação de água nesses e em outros reservatórios da região, tão logo alcancem níveis adequados.

lmprensa Compesa

Agricultores de São João e Lagoa do Ouro comemoram recebimento de sementes

 

“As sementes entregues hoje vão melhorar muito o roçado de muita gente”, a frase é do agricultor Manoel José Gomes, presidente da Associação dos Produtores Rurais de São João, no Agreste de Pernambuco. O Instituto Agronômico de Pernambuco através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário entregou na última quinta-feira (22), no município 13.700 quilos de sementes, sendo 1.500 quilos de sorgo, 9.200 quilos de feijão e 3.000 quilos de milho.

A entrega foi realizada durante o lançamento do Programa Campo Novo. Participaram da cerimônia o Presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco, Kaio Maniçoba, o prefeito do município, Wilson Lima, o deputado Federal, Eduardo da Fonte, o presidente da Juventude Progressista, Lula da Fonte e o gerente do DEAT – Departamento de Assistência Técnica do IPA, Maviael Fonsêca, além dos extensionistas locais, Azarias de Assis, Mayrkon Correia, Joseval Assis e Josias Gomes.

À tarde, a entrega foi realizada em Lagoa do Ouro. No município foram entregues 6.500 quilos de sementes, sendo 1.000 quilos de sorgo, 500 quilos de feijão e 5.000 quilos de milho. Neste primeiro momento, no Agreste, serão entregues 20.200 quilos de sementes de sorgo, feijão e milho. Ainda de acordo com presidente do IPA, Kaio Manoçoba, as sementes irão beneficiar mais de mais de 3.400 agricultores na região.

O presidente do IPA ressaltou também os esforços do Governo de Pernambuco em manter o Programa Campo de nova brilhante. “Mesmo diante da pandemia, o Governo de Pernambuco e a SDA mantêm o compromisso de apoiar a Agricultura Familiar, mantendo a distribuição de sementes, observando as normas de segurança sanitária e a entrega no período da quadra chuvosa do Sertão”, explica o presidente do IPA, Kaio Maniçoba.

Ao todo, para o Agreste, serão distribuídos 355.410 quilos de sementes, beneficiando em torno de 60 mil famílias de agricultores familiares do Agreste Central, Agreste Meridional e Agreste Setentrional. Serão 259.310 quilos de sementes de milho, 50.000 quilos de sementes e sorgo e 46.100 quilos de sementes de feijão.

Nos dois municípios do agreste o deputado Eduardo da Fonte e o presidente da Juventude Progressista Lula da Fonte anunciaram tratores e máquinas retroescavadeiras para fortalecer a agricultura familiar das localidades. Em todo o estado, foram investidos R$ 1.984.935,00 no Agreste e R$ 2.376.800,00 no Sertão, totalizando R$ 4.361.735,00. No Sertão, foram distribuídas, em fevereiro, 385.000 quilos de sementes milho, e 124.000 quilos de sorgo, contemplando o Sertão de Itaparica, Jatobá, Moxotó, Central. São Francisco e Araripe. Foram beneficiadas cerca de 85 mil famílias de agricultores familiares.

Criado em 2019, o Programa Campo Novo tem como foco a entrega das sementes exatamente no início da quadra chuvosa, permitindo o plantio durante esse período no Semiárido do Estado. Só no ano de 2020, o programa distribuiu 75 toneladas de sementes de sorgo, que permitiu o cultivo de 7.500 hectares de sorgo forrageiro, produzindo cerca de 337 mil toneladas de matéria verde.

lmprensa lPA

Belo Jardim recebe duas novas unidades de saúde

 

A Prefeitura de Belo Jardim, por meio da Secretaria de Saúde, entregou, nesta quinta-feira (22), as novas sedes das unidades básicas de saúde do Bom Conselho e da Cohab II. A inauguração simbólica contou com a presença do prefeito Gilvandro Estrela; da secretária de Saúde, Aline Cordeiro; da coordenadora da Atenção Básica, Janailma Souza e de profissionais de saúde das unidades.

Os dois postos de saúde precisaram mudar de espaço físico devido às péssimas qualidades do antigo local, sendo, inclusive, interditados pela Defesa Civil. “Hoje entregamos um espaço humanizado para os pacientes e para os nossos profissionais. Melhor estrutura e melhor condição de atendimento. Na UBS da Cohab II, por exemplo, agora tem uma sala de vacina, que há anos não funcionava na comunidade. Era preciso se deslocar para outras unidades para realizar a vacinação”, explicou Janailma Souza.

A população pode procurar as unidades básicas para: aplicação de vacinas em crianças, idosos e adultos; citologias; pré-natal; puericultura; exames laboratoriais; além de consultas médicas e de enfermagem. Na UBS Narcísio Vital de Melo, na Cohab II, também tem atendimento odontológico.

“Os moradores dos bairros Bom Conselho e Cohab II agora terão atendimento humanizado, além de mais conforto e infraestrutura para a população e os profissionais de saúde. Nossa gestão se preocupa, sempre, com o bem-estar de todos”, disse a secretária de Saúde, Aline Cordeiro.

As unidades de saúde funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h, sem fechar para almoço. A UBS Padre José Miguel fica localizada na avenida Bom Conselho,84 - Bom Conselho e a UBS Narcísio Vital de Melo, fica na rua Hermenegildo Rodrigues da Costa,71 - Cohab II.

“É um dia de muita alegria saber que, verdadeiramente, nosso povo está recebendo o atendimento que merece. Estamos prezando pela dignidade do belo-jardinense e, se Deus quiser, esse é um primeiro passo diante de tudo o que estamos trabalhando para conseguir. Hoje foram duas novas UBS’s e trabalhamos para conseguir muito mais”, explicou o prefeito Gilvandro Estrela.

lmprensa Belo Jardm PE

Pernambuco recebe mais 142.150 doses de vacinas contra a Covid-19

 

Pernambuco recebeu, nesta sexta-feira (23.04), mais 142.150 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 28.400 doses da Coronavac/Butantan e 113.750 da Astrazeneca/Fiocruz. O novo lote – que chegou ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre às 10h15 – será destinado à imunização de idosos a partir dos 60 anos de idade, trabalhadores de forças de segurança e salvamento, em ambas as doses, e trabalhadores de saúde (apenas 2º dose).

“Cada lote de vacinas que recebemos, nos deixa mais otimistas quanto à eficácia da imunização da nossa população como melhor forma de controlarmos a pandemia. Mas precisamos que o governo federal tenha mais agilidade na distribuição dos imunizantes, porque o volume ainda está aquém do necessário para garantir o sucesso do enfrentamento à doença”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Do aeroporto, as vacinas foram encaminhadas à Central de Armazenamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A superintendente de Imunização do Estado, Ana Catarina de Melo, destacou que o Estado recebeu um quantitativo bem menor do que o esperado. “Pernambuco tinha uma expectativa de receber 120 mil doses da vacina Coronavac/Butantan, mas só recebemos pouco mais de 28 mil”, enfatizou.

A distribuição das vacinas para todas as 12 Gerências Regionais de Saúde do Estado (Geres) começou a ser feita às 13h e será finalizada ainda hoje, deixando as doses à disposição das secretarias de saúde dos municípios. Com mais essa remessa, sobe para 2.418.230 o número de doses de vacinas contra a Covid-19 já recebidas em Pernambuco. Desse total, 1.770.760 foram da Coronavac/Butantan e 647.470d a Astrazeneca/Fiocruz.

Secrcetaria de lmprensa de Pernambuco

SOS Maternidade: O desafio diário de transformar a rotina no lar

 

A campanha do mês das mães do Home Center Ferreira Costa conta com uma homenagem para lá de especial. Cada vez mais, o desafio da maternidade é o de se reinventar e transformar o seu lar, numa extensão do mundo lá fora.

E nesse momento tão desafiador, milhares de mulheres mudaram suas rotinas e estão conciliando trabalho home office com cuidado dos filhos pequenos, full time. E temos que admitir, não é uma tarefa nada fácil. Principalmente, quando se tem que se abrir mão do autocuidado ou dos momentos de relaxamento, que são essenciais para manter a saúde física e mental.

E o Home Center Ferreira Costa dá algumas dicas para trazer leveza e serenidade nesse momento. E o segredo é encarar toda a situação, com uma verdadeira rotina diária e um lar funcional. Onde a organização é fator primordial para que tudo aconteça da melhor forma possível.

O primeiro passo é manter a estrutura do dia como era antes. Além do benefício de já estar acostumado àquela rotina, uma programação regular ajuda a organizar o dia entre o trabalho e os cuidados com os filhos. Deixar a casa mais funcional com mais conforto, praticidade e segurança é o diferencial, para que o dia-a-dia fique menos estressante. E a afetividade é a grande tendência atual. E para que a organização da casa seja mais afetiva, é preciso você determinar um lugar para cada coisa. Com os objetos tendo um local definido para ficar, é mais fácil manter tudo sempre bem arrumado.

Outra dica da Ferreira Costa é o cantinho do home office e do home Scholl, como estão chamando hoje em dia, que também é essencial. A ideia é criar um ambiente tranquilo, com uma boa iluminação, com um espaço relativamente amplo (não precisa ser gigante) para colocar uma escrivaninha e uma estante. Um pouco de espaço para locomoção sempre é bom. Entendendo de forma ampla os horários e as tarefas.

Incorporando as rotinas firmemente, mas sem deixar de adaptar modificações levando em conta os períodos de trabalho e as novas responsabilidades, como cozinhar, cuidar da casa e das crianças. Também ajuda a não deixar esse novo momento tão desgastante.

Outra dica do Home Center é envolver as crianças. Chamando-as para ajudar a preparar as refeições ou até mesmo, arrumar uma linda mesa posta. Além de envolvê-los nas responsabilidades, também acaba criando um momento gostoso e especial, garantindo a diversão.

Criar o clube do livro ou noites assistindo a Tv também é importante e faz parte da interação familiar, além de ser extremamente relaxante.

Mas, a Ferreira Costa não esquece sobre a importância da mãe em ter um momento de tranquilidade como válvula de escape. Tirar um tempo para fazer algo que faz bem, como ioga, exercícios físicos, ver aquela série que tanto ama ou até mesmo ler um bom livro.

Falando em dicas, praticar jardinagem também ajuda a proporcionar momentos felizes e tranquilos. Antes, ela era vista como um hobby, hoje é exercida como terapia para muitos. Cultivar é a palavra-chave do momento. Não só as boas relações e pensamentos positivos, mas, cuidar de plantas também é uma atividade bastante recomendada. O contato com a natureza tem um potencial de relaxamento imenso. É também um momento de se desligar do mundo e se desconectar de notícias ruins, que podem trazer uma sensação de angústia, muito comum nesse momento que estamos vivendo. Cultivar um lindo jardim ou até mesmo ter uma hortinha. A jardinagem é uma verdadeira terapia, porque além de limpar o ar e decorar a casa, atrai boas energias.

E o Home Center Ferreira Costa sabe o quanto é importante esse cuidado com as mamães, nesse momento tão difícil. E o que não falta são produtos para aproveitar bem todas essas dicas e presentear essas lindas mamães que se reinventam diariamente, seja na cozinha, na decoração da casa, na mesa posta, no home office e até mesmo na jardinagem. Você encontra tudo isso e muito mais, em todas as lojas físicas ou no www.ferreiracosta.com.

A Charada Sincopada é o novo lançamento do pernambucano Nelson Brederode

 

As melodias e arpejos do cavaquinho são figuras principais no EP A Charada Sincopada, do pernambucano Nelson Brederode, lançado ontem (23) nas plataformas digitais de música pelo selo Solto no Tempo. No entanto, o músico, criado no samba, compõe misturas sonoras que vão dos gêneros mais tradicionais em que o cavaquinho é personagem, como pagode e chorinho, a experimentações ousadas com cumbia, rock progressivo, swingueira e tecnobrega.

Produzido por Rogério Samico, mixado e masterizado por Bruno Giogi, o material de quatro faixas é fruto de intensa pesquisa musical conduzida ao longo dos 18 anos de carreira de Nelson Brederode. Natural de Igarassu, litoral de Pernambuco, o cavaquinista tem trabalho não apenas com nomes consagrados do samba - como Jorge Riba, Monarco e Tantinho da Mangueira -, mas também com artistas de forró (Mestre Camarão, Edmílson do Pifano, Josildo Sá), frevo (Bloco da Saudade), samba rock e MPB (Madeira Delay) e com o experimentalismo da Rua do Absurdo.

O trabalho de quase uma década com a Rua, em que explora compassos compostos, texturas, polirritmias e uso de pedais de efeito (como wah wah, chorus, Delays e flanger), tem influência decisiva no som da Charada Sincopada. “Na busca por encontrar meu próprio som, descobri um amálgama das várias experiências minhas com os diversos grupos e artistas com os quais toquei e estudei. Somado a isso, houve o estímulo por tirar sons diferentes do cavaquinho, apreendido principalmente nas obras com a Rua”, sintetiza Nelson.

Além de Samico (que assina produção musical, guitarra, baixo e teclado das canções), o EP ainda conta com participação de Marina SIlva (contrabaixo), George Rocha (percussão) e os bateristas Ricardo Fraga, Bruno Tenório e Hugo Medeiros. Junto a Nelson - que toca viola machete, além do cavaquinho -, o desafio dos músicos foi criar unidade nas músicas enquanto as fazem passear pela extensão de tantos gêneros distintos.

“Na música brasileira, o cavaquinho costuma ser ligado à tradição. Mas é uma tradição que é disruptiva em sua origem. Desde a chegada ao país, ele esteve presente em gêneros genuinamente brasileiros. Portanto, se colocou também em um lugar de vanguarda”, acrescenta.

Além do álbum, Nelson lança na mesma ocasião o videoclipe da música “O Tesouro do Gato”. Gravado em Igarassu, com direção, roteiro, captação e edição de imagens de Bruno Soares, e participação dos dançarinos Ferreirinha do Frevo e Joel Carlos e produção de Thays Melo, da Epahey Produções Culturais.

A Charada Sincopada tem o incentivo da Lei Aldir Blanc, por meio da Fundarpe, Secretaria Estadual de Cultura, Governo de Pernambuco, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Link do EP: 

Ficha Técnica

Equipe Principal
Músico e compositor: Nelson Brederode
Produção musical: Rogério Samico
Mixagem e masterização: Bruno Giorgi
Produção: Epahey Produções Culturais | Thays Melo
Produção executiva e assessoria jurídica: Lígia V. F. da Silva (Lígia Verner)
Assessoria de imprensa: Thaísa Espíndola

Missa homenageia delegado morto em operação policial

 

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), Francisco Rodrigues, defendeu nesta sexta-feira (23), durante a missa de 7º dia do delegado Flávio Anderson Liberato, que haja uma contínua atualização dos procedimentos operacionais realizados pelos policiais civis de Pernambuco. Delegado titular do município de Brejo da Madre de Deus, Liberato foi alvejado a tiros no último sábado (17) durante uma ação policial no município de Jataúba.

“Anderson faleceu em virtude de um crime organizado cada vez mais ousado, que não mais respeita a autoridade da Polícia. Ele tombou diante do cumprimento de uma medida legal, no estrito cumprimento de seu dever funcional e isso revela o grau de risco que nossa profissão está submetida. Por isso eu ressalto a necessidade de se promover constantemente os treinamentos e as atualizações necessárias para que a gente possa evitar que eventos como esse ocorram no futuro”, enfatizou o presidente da Adeppe.

“Estamos na linha de frente, enfrentando de peito aberto muitas vezes essa criminalidade cada vez mais equipada, cada vez mais ousada, e esse fato não deve ficar despercebido. Todos nós temos a capacidade e a responsabilidade de tentar evitar que fatos como esse aconteçam novamente”, completou Rodrigues.

Natural do Ceará, Anderson Liberato, 32 anos, começou sua carreira na segurança pública aos 18 anos, quando prestou concurso para a Guarda Municipal de Fortaleza. Em seguida, ingressou no cargo de investigador no seu estado natal. Aos 28 anos de idade, foi aprovado como Delegado para a Polícia Civil de Pernambuco.

A missa foi celebrada pelo Bispo Dom Limacedo Antônio, auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, e também teve a presença do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, do chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Nehemias Falcão, e do diretor de Recursos Humanos da Polícia Civil de Pernambuco, Benedito Anástacio, além de delegados e delegadas que eram colegas de Liberato.

lmprensa ADEPPE