Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

segunda-feira, maio 31, 2021

Dor no polegar? Pode ser Rizartrose

 

Será que as articulações das nossas mãos estão preparadas para suportar tantos micro-movimentos como estamos atualmente usando?

Já ouviu falar da Rizartrose? Esse termo corresponde a artrose que afeta a articulação trapézio-metacarpiana, ou a base do dedo polegar. A artrose (Osteoartrite) provoca o desgaste nas cartilagens e articulações.

A principal causa está relacionada ao envelhecimento, mas pessoas jovens e ativas começaram a apresentar esse problema e estudos constataram que o uso de aparelhos celulares, teclados e qualquer eletrônico que necessita de muita movimentação dos dedos, de forma repetida, pode provocar o aparecimento desta doença no polegar.

Uma pesquisa recente apontou que, em média as pessoas ficam cerca de 4 horas por dia no telefone. Dessa forma, o número de casos de rizartroses e outras patologias inflamatórias da mão têm aumentado.

Outros fatores também podem causar a Rizartrose são fraturas, obesidade, doenças reumatológicas, problemas genéticos e que causam frouxidão nas articulações como a síndrome de hipermobilidade ligamentar.

Segundo o ortopedista e cirurgião de mão Fábio Couto os sintomas iniciais de Rizartrose são inchaço e sensação de “juntas travadas”. Com o passar do tempo, a dor na base do polegar pode aumentar com a repetição de alguns movimentos como de torção, de pinça e ao tentar agarrar algo. O paciente pode sentir fortes dores ao tentar escrever, digitar, usar o mouse do computador e outras atividades do dia a dia.

Muitos pacientes só procuram ajuda médica em numa fase mais avançada da doença, ou quando já tentaram outros tratamentos sem sucesso. E nesses casos, de falha do tratamento conservador ou o grau avançado da doença (com dores constantes e incapacidades manuais) o procedimento cirúrgico é o indicado, principalmente quando o paciente apresenta lesões ligamentares ou um processo degenerativo avançado. Os tipos de cirurgias são variados e é de escolha deve ser feita pelo cirurgião de mão.

#RodaVT Em Olinda, 575 rodoviários foram imunizados no Expresso Vacina


O ônibus do Expresso Vacina Olinda levou, nesta segunda-feira (31.05), uma equipe de vacinadores da Secretaria de Saúde do município para iniciar o processo de imunização dos profissionais do Transporte Rodoviário, incluídos nos grupos do Plano Nacional de Imunização (PNI). A primeira parada foi na empresa Cidade Alta, em Rio Doce. Lá, das 9h às 16h, foram aplicadas 241 doses da vacina AstraZeneca.

No mesmo horário, outra equipe cumpria a tarefa na empresa de ônibus Caxangá, em Peixinhos. Mais 334 doses foram aplicadas, totalizando 575 profissionais rodoviários imunizados com a primeira dose da vacina. Nesta terça-feira (01.06), duas equipes vão retornar aos mesmos locais para concluir a meta das empresas.

Ainda nesta terça-feira, também das 9h às 16h, o Expresso Vacina Olinda estará no Nascedouro, em Peixinhos. O objetivo é fazer o rastreamento das pessoas que necessitam da segunda dose de vacina contra a Covid-19. Na quarta-feira (2), o ônibus vai estacionar na garagem da empresa Rodotur, localizada na Avenida Joaquim Nabuco, no Varadouro e, na quinta-feira (3), chega ao bairro do Fragoso.

A iniciativa do Expresso Vacina Olinda é uma parceria da Prefeitura de Olinda com a empresa Conorte, que disponibilizou o ônibus, adesivou e adequou o veículo para imunizar a população da cidade e, dessa vez, os profissionais da área do transporte coletivo.

lmprensa Olinda



 

Você sabe o que é a doença diverticular dos cólons?

 

Difícil de ser diagnosticada por não apresentar sintomas, a menos que os divertículos inflamem ou estejam infectados (diverticulite), o que pode resultar em febre e dor abdominal, a doença diverticular dos cólons é uma afecção onde ocorre herniação ou protusão da mucosa do intestino grosso, em forma de saculações, através das fibras musculares, em geral onde penetram os vasos sanguíneos.

“Quando assintomática é chamada de diverticulose. Ao primeiro sinal de problema, passa a ser conhecida por doença diverticular. Já a diverticulite é a inflamação dos divertículos, e deve ser tratada o quanto antes”, explica o gastroenterologista, Dr. Carlos Bouçanova.

A doença é mais comum em pessoas a partir dos 40 anos e não possui cura. É praticamente nula abaixo dos 35 anos e vai aumentando com a idade, atingindo 15% aos 50 anos, 35% aos 65 anos e 65% aos 85 anos de idade. Pode ser tratada com ajuda de um especialista para que o paciente possa melhorar a qualidade de vida e não sentir maiores incômodos com o passar dos anos. “O diagnóstico da doença acontece por meio da anamnese (entrevista entre o paciente e médico), exame físico, complementados por exames laboratoriais e de imagens”, como enfatiza Bouçanova.

Sendo diagnosticada a diverticulite (uma inflamação), o tratamento pode acontecer por meio da ingestão de uma dieta rica em alimentos repletos de fibras, como cereais integrais, feijões, frutas e legumes e redução de peso nos pacientes obesos. Tudo isso, auxilia a reduzir a pressão dentro do cólon e, então, as complicações serão mais difíceis de ocorrer. Sendo orientado por um especialista, o tratamento também pode acontecer através do uso de antibióticos orais ou venosos, restrições dietéticas e algumas vezes emolientes fecais (laxantes).

Para se obter um diagnóstico preciso da diverticulite, os especialistas orientam realizar uma ultrassonografia de abdômen e tomografia computadorizada. Exames de sangue (hemograma) e de urina também são úteis para ajudar no diagnóstico diferencial. Outro procedimento é a colonoscopia que ajuda, a saber, realmente onde está o problema.

Caso a doença evolua e chegue a sua forma grave, segundo o gastroenterologista, Dr. Carlos Bouçanova, “há necessidade de cirurgia, onde usualmente uma parte do cólon (geralmente o cólon esquerdo ou o sigmóide) é removida e uma colostomia temporária pode ser feita”. A cirurgia nos pacientes que apresentam hemorragia também esta indicada quando já houve mais de um episódio de sangramento, pois o risco de novo sangramento é muito alto.

#SérieAplausos Analu Caldas

 

O Blog vai começar uma série de textos sobre artistas e técnicos que estão brilhando agora nos palcos do outro lado da vida e a primeira homenageada é a atriz Analu Caldas, vitimada pela Covid-19 em janeiro deste ano. Quem escreve o texto é o ator Pedro Dias.

Você conhece algum artista ou técnico (cenógrafo, sonoplasta, maquiador, bilheteiro, artesão, bailarino, músico, capoeirista, poeta, etc) que foi vitimado pelo coronavírus no Brasil? Me conte a sua história que eu publico por aqui. Para que este artista

A Analu era portadora da síndrome de Down, mas sua condição não a impediu de mostrar o seu talento. Vamos ler o texto do Pedro, a seguir:


Analu, minha amiga, minha atriz. Muito querida e amada essa atriz de grande talento. 

Analu já tá no Céu, fazendo teatro.

Ela gostava muito de mim, me chamava de "Tio Predo", e dizia "Tio Predo o babado é forte!"

Me bateu uma saudade dessa menina...

Convivemos por uns 10 anos. A mãe dela é Tina Caldas, uma grande mulher e militante politica.

Analu participou de vários espetáculos como O Baile do Menino Deus; Chamada para um Natal; Uma Fogueira para São João; Celebração da Criação, Salve a Nau Catarineta e lntegrarte - 10 anos de Arte

Conheci Analu quando recebi um convite na época da Drª Vera Santos (médica), Drª Laise Resende (advogada) e Drª Cristina Camarotti (psicopedagoga). O  convite veio especificamente de Drª Vera, que assistia os espetáculos que eu fazia parte do elenco, com o seu esposo Vital, e o seu filho lindo e muito especial Vitalzinho, que hoje tá fazendo com muito talento o seu trabalho de ator.

Então surgiu a proposta de se fundar o  Intergrante, cuja proposta era fazer a integração através da arte, com meninos e meninas com Síndrome de Down e considerados normais. Um projeto lindo e e que até hoje existe.  Gostaria de registrar a brilhante participação do diretor e professor de teatro Vicente Monteiro. 

Nesse grupo conheci uma menina, uma mulher, amiga e uma sobrinha do coração de nome Ana Luiza Caldas Pordeus, nossa Analú amada e querida.

A convivência e a relação com ela enquanto professor, diretor e tio foi a melhor possível.  Analu sempre foi uma atriz dedicada, profissional e de muito talento.  Como o teatro fazia bem pra ela, e como ela fazia bem pra gente. Analú decorava o texto dela e de todo elenco em uma semana, ela poderia fazer um .monólogo. 

Conviver com Analu era maravilhoso , uma menina carinhosa e que gostava muito de mim. Na verdade a gente se gostava muito. 

Outra coisa era que conviver com Analu era tbm conviver com um kit maravilhoso de família do bem, como; Tina Caldas, mãe de Analú, Tina uma mulher maravilhosa, inteligente, poderosa e uma militante politica; Rodrigo irmão de Analú, muito cuidadoso e carinhoso com a urmã, Zé Carlos tio avô de Analú, gente boa e de belas histórias, e sua tia Ana Paula, figura linda e querida por todos, os meninos a chamavam de Tiazinha.

Na verdade a família sempre foi muito presente e atuante na vida de Analú.  Havia um revezamento de levar Analú pra todo o lugar que faziam bem pra ela..

No começo deste ano, ela foi mais uma vitima da covid 19. Após sua morte sua mãe muito fragilizada tbm teve a covid 19, mas conseguiu se salvar , e agora cuida do seu filho lindo Rodrigo.

Minha Simples homenagem a minha jovem diva do Teatro Pernambucano Ana Luiza Caldas Pordeus. 

Paulo Câmara recebe Liana Cirne

 

O governador Paulo Câmara recebeu, no início da tarde desta segunda-feira (31.05), a vereadora do Recife Liana Cirne, agredida por policiais militares durante a manifestação ocorrida no último sábado, na capital pernambucana. O governador se solidarizou com a vereadora e ratificou a determinação de investigação rigorosa do caso.

Liana Cirne esteve no Palácio do Campo das Princesas, acompanhada do presidente da Câmara de Vereadores do Recife, Romerinho Jatobá. A vice-governadora Luciana Santos e o secretário da Casa Civil, José Neto, também participaram do encontro.

“Prestei minha solidariedade à vereadora Liana Cirne e assegurei a ela que o ocorrido no último sábado não é a postura institucional da Polícia Militar de Pernambuco. Todos os envolvidos já identificados foram afastados e a Corregedoria e a Polícia Civil estão atuando para apurar as demais responsabilidades. Repudiamos a violência e teremos uma investigação rigorosa de todos os fatos”, afirmou Paulo Câmara.

Liana Cirne entregou uma representação disciplinar contra os policiais envolvidos nos acontecimentos do último sábado e uma solicitação de acompanhamento da sindicância instaurada pela Corregedoria da Secretaria de Defesa Social.


Secretaria de lmprensa de Pernambuco

Pernambuco autoriza vacinação de pessoas a partir dos 50 anos

 

O Governo de Pernambuco autorizou a ampliação da vacinação contra a Covid-19 de todas as pessoas com 50 anos ou mais no Estado, independente de comorbidade ou categoria profissional. A decisão foi tomada na tarde desta segunda-feira (31.05), em reunião extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e pactuada com os secretários municipais de Saúde. Com a nova deliberação, as cidades estão autorizadas a avançar de forma progressiva, de acordo com a realidade de cada município, a imunização do público de 50 a 59 anos.

“Precisamos dar velocidade ao processo vacinal no Estado por meio do critério de faixa etária. Por isso, decidimos ampliar a imunização das pessoas a partir dos 50 anos. Cada município deve definir a estratégia de operacionalização de acordo com disponibilidade de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. Ao balizar essa faixa de idade, estaremos contemplando também grande parte das pessoas com comorbidades, sem a necessidade de atestado, dando celeridade ao processo de imunização”, explicou o governador Paulo Câmara.

A decisão também levou em conta as análises epidemiológicas, que apontam que a faixa etária entre 50 e 59 anos registra, atualmente, o maior número de pessoas internadas em leitos de UTI. O quantitativo representa 25% do total de internados em leitos de terapia intensiva na rede pública, além de responderem por 20% do total de óbitos.

Os gestores municipais também foram orientados sobre a importância de organizar a logística para avanço da imunização em seus territórios. Para a nova faixa etária, a recomendação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) é que sejam utilizadas apenas as vacinas recebidas para a 1ª dose. As segundas doses devem continuar sendo administrados para o término do esquema vacinal.

“Estamos deflagrando uma série de medidas para conter o avanço da pandemia em Pernambuco, como a ampliação do número de leitos, a distribuição de concentradores de oxigênio, a montagem da Central Emergencial de Oxigênio e as inúmeras restrições no Plano de Convivência, e as estratégias de vacinação também são essenciais. Continuaremos monitorando os indicadores e certamente faremos uma nova avaliação nos próximos dias para analisar o resultado da ampliação da vacina por faixa etária”, reforçou o secretário de Saúde, André Longo.

Secretaria de lmprensa de Pernambuco

Narrador Luiz Roberto indignado com a Copa América

 


PE: Não haverá jogos da Copa América em Pernambuco

 

NOTA OFICIAL

O Governo de Pernambuco monitora, de forma permanente, por meio do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, os indicadores da doença no Estado. Nas últimas semanas, foi identificada uma nova aceleração dos casos, que motivou novas medidas restritivas no Agreste e na Região Metropolitana.

Apesar de ainda não ter sido procurado oficialmente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Governo do Estado reforça que o atual cenário epidemiológico não permite a realização de evento do porte da Copa América no território de Pernambuco.

Secretaria de lmprensa de Pernambuco

CEPA AMÉRlCA: Conmebol anuncia que Copa América será no Brasil.

 

Após Argentina e Colômbia terem aberto mão de serem sedes da Copa América deste ano, a Conmebol anunciou que evento deverá ser no Brasil e deixou claro quem articulou para isso: a presidência da República e a Confederação Brasileira de Futebol: CBF. Detalhe: o Pais ainda sofre com a pandemia, a lentidão nas vacinas, quase 500 mil mortos e o grande "feito" do dia foi o anúncio da sede da Copa América. Realmente, como se diz por ai, "não é só futebol". Sugeriram ressuscitar essa hashtag #NãoVaiTerCopa.

Veja a seguir a repercussão do anúncio nas redes sociais:


domingo, maio 30, 2021

#RodaVT #29MNasRuas [3]

 


Nota do Blog: A família de Daniel Campelo passa por dificuldades financeiras. Ele tem filhos pequenos, um menino de três anos, que é autista e uma menina recém-nascida. Sua esposa Evelyn pede que, quem puder fazer doações para a família, que o faça através do PIX é 70951990438 (Evelyn Maria).

#RodaVT O Aniversário do Teatro Paulo Freire

 



#RodaVT O alerta do infectologista Bruno lshigami

 




#29MNasRuas Nota de Repúdio à violência no Recife [2]

 


#29MNasRuas Nota de Repúdio à violência no Recife [2]

 

NOTA DE REPÚDIO 

O senador e presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado, Humberto Costa, pediu a apuração rigorosa das agressões feitas por integrantes da Polícia Militar contra manifestantes durante a dispersão do ato contra o presidente Jair Bolsonaro, no Recife.

Do mesmo modo como ocorreu em todo o país, o ato vinha sendo realizado de forma pacífica. Entre os manifestantes atacados de forma truculenta, está a vereadora e líder do PT, Liana Cirne Lins (PT), que foi covardemente agredida e teve que receber atendimento médico de emergência.

O senador presta solidariedade a ela e a todos os outros manifestantes que sofreram com a truculência. O ato ocorreu com respeito às normas de distanciamento social e de proteção individual.

O senador cobra do governo e do governador a apuração rigorosa dos fatos e exemplar punição aos responsáveis por este ato violento.

Humberto Costa
Senador (PT-PE)
Foto: Agência JCMazella

#29MNasRuas Nota de Repúdio à violência no Recife [1]

 

O Brasil inteiro foi às ruas neste sábado. Atos ainda limitados em participação, por causa da pandemia, mostraram toda a indignação com o Governo Bolsonaro e a solidariedade com as vítimas da Covid-19, do desemprego e da fome. Nada mais urgente e pelo bem do povo brasileiro.

Em Pernambuco, o ato pacífico que caminhou em fila indiana pelo trajeto tradicional da nossa luta, foi interrompido pela brutalidade gratuita da Polícia Militar. Bombas de efeito moral, metralhadoras em punho, gás de pimenta foram alguns dos equipamentos exibidos e usados.

Vários manifestantes e a vereadora do PT, Liana Cirne, saíram feridos do ato. Na condição de deputada estadual, líder do PT na Assembleia Legislativa, cobro as devidas explicações ao governador Paulo Câmara.

Nosso estado vem sendo vítima de toda política bolsonarista em relação ao tratamento da pandemia. Tem encontrado no governador e sua base aliada, forte voz de denúncia e de reivindicação.

Como se explica um ato pacífico contra isto ser reprimido com tamanha violência pelo aparato policial do Estado? Espero que o governador se posicione e tome as providências cabíveis.

Recife, 29 de maio de 2021


Teresa Leitão
Deputada Estadual e líder do PT na Alepe
Foto: Agência JCMazella

quinta-feira, maio 27, 2021

Pernambuco autoriza a vacinação de todos os grupos prioritários e pessoas com 59 anos


O governador Paulo Câmara anunciou, nesta quinta-feira (27.05), que o Estado vai avançar na imunização contra a Covid-19, com a vacinação de todos os grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI) e de pessoas com 59 anos de idade. Segundo o governador, a partir de agora trabalhadores da educação, motoristas e cobradores do transporte público, agentes penitenciários, entre outras categorias, já podem começar a ser vacinados.

“Nossa luta contra a Covid-19 vai entrar numa nova fase. Ajustamos nosso plano estadual de imunização, pactuamos com as secretarias municipais de saúde e vamos acelerar a vacinação da nossa população. Estamos autorizando todas as prefeituras pernambucanas a iniciar, a partir de hoje, a imunização de todos os grupos prioritários previstos no PNI”, informou Paulo Câmara.

De acordo com o governador, o Estado continua empenhando esforços para otimizar ao máximo os estoques de vacinas que permitam avançar o mais rápido possível e alcançar mais pessoas, inclusive reduzindo a faixa etária, que estava em 60 anos. “Vários países do mundo, que estão com a imunização avançada, já mostraram que é possível superar essa pandemia e retomar o crescimento econômico e o convívio social”, explicou.

O agendamento dos novos grupos prioritários e o avanço para a faixa etária de 59 anos de idade estão devidamente autorizados e serão organizados de acordo com o esquema de cada município.

Grupos prioritários já autorizados:
Pessoas com 60 anos ou mais abrigadas em instituições
Pessoas com Deficiência abrigadas em instituições
Povos indígenas
Trabalhadores de Saúde
Pessoas com 60 anos de idade ou mais
Povos e Comunidades tradicionais Quilombolas
Pessoas com comorbidades e gestantes e puérperas com ou sem comorbidades
Pessoas com Deficiência Permanente
Forças de Segurança e Salvamento
Trabalhadores de Transporte Aéreo
Trabalhadores Portuários

Autorizados a partir de agora:
Pessoas com 59 anos ou mais (nova faixa etária autorizada em Pernambuco)
Trabalhadores da Educação do Ensino Básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA)
Trabalhadores da Educação do Ensino Superior
Forças Armadas
Trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário de Passageiros
Trabalhadores de Transporte Metroviário e Ferroviário
Trabalhadores de Transporte Aquaviário
Caminhoneiros
Trabalhadores Industriais
Trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos
Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade
População Privada de Liberdade
Pessoas em Situação de Rua (18 a 59 anos)


Secretaria de lmprensa de Pernambuco

terça-feira, maio 25, 2021

2º Festival Canavial Artes Cênicas e Cultura Popular apresenta 14 espetáculos pernambucanos online

 














A 2ª edição do Festival Canavial Artes Cênicas e Cultura Popular (FCAC), promete agitar a internet nesta sexta-feira (28), sábado (29) e domingo 30 de maio. O evento tem como premissa mapear, valorizar, registrar e divulgar os espetáculos culturais e artísticos produzidos nas cidades do interior do estado de Pernambuco. Durante três dias, o evento vai exibir cerca de 14 espetáculos. Entre eles: teatro adulto, teatro infantil, teatro de bonecos e teatro de rua A programação inclui, ainda, apresentações de seminário, contação de história e dança. Por conta da pandemia de covid-19, as atividades serão transmitidas gratuitamente, pelo canal do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=zJbHBdNFQME

O festival reúne apresentações de seis regiões de desenvolvimento do estado: Aliança, Itambé, Glória de Goitá e Goiana na Mata Norte; Vitória de Santo Antão, na Mata Sul,; Limoeiro, no Agreste Setentrional; Gravatá e Caruaru, no Agreste Central; Serra Talhada no Sertão do Pajeú; e Recife, na Região Metropolitana. Além dessas cidades há, também, um convidado ilustre de Brasília (Distrito Federal - DF), o mestre Chico Simões, artista pernambucano, que há mais de 40 anos encanta o público do Brasil e do exterior com o seu espetáculo: Mamulengo Presepada.

O Festival Canavial Artes Cênicas nasceu da ideia e parceria entre o artista, professor, especialista em gestão cultural, escritor, coreógrafo, diretor de teatro, produtor e gestor cultural, Cleiton Carlos Santiago da Silva (Santiago) e, também, do produtor e gestor Cultural, professor, curador, pesquisador, projetista expográfico e designer gráfico, Alexandre Ribeiro de Lima Veloso. (Alexandre Veloso).

Formação - No sábado (29), acontecerá o Seminário Online: A produção Cultural das Artes Cênicas nas Cidades do Interior de Pernambuco. O evento terá a participação de vários convidados do estado: Karl Marx, ator, historiador e membro do Grupo de xaxado Cabras de Lampião, em Serra Talhada – Sertão do Pajeú; Ricardo Lima, diretor de teatro, produtor cultural, Gravatá – Agreste Central; Radamés Moura, co-fundador da Companhia De Eventos Lionarte, Limoeiro, no Agreste Setentrional; Agricélia Genuíno, especialista em Gestão de Políticas Públicas de Cultura pela UFBA, do Recife – RMR.

Também estão entre os debatedores: Edjane Lima / Mestra Titinha – co-fundadora da Associação Cultural dos Mamulengueiros e Artesãos de Glória do Goitá e Fundadora do Mamulengo Flor do Mulungu, composto apenas por mulheres, de Glória Goitá; Williams Santana, coordenador Artístico e Pedagógico do Centro CARCARÁ, membro do Conselho Estadual de Políticas Culturais, Assessor de Gestão Pública da Cultura e Parecerista de Projetos Culturais, Recife; e Washington Santos, ator, diretor e dramaturgo da Companhia de Teatro ATO da cidade de Itambé. Programação também recebe Afonso Oliveira, produtor cultural, idealizador do Movimento e Método Canavial. A transmissão será realizada por meio do canal do festival no Youtube, às 10h. A mediação será de Cleiton Santiago, idealizador do FCAC.

Homenageados - Neste ano, a mostra homenageia o político, patrocinador da primeira edição do festival, e incentivador das artes e cultura pernambucana, Osvaldo Rabelo Filho ( Osvaldinho), que foi ex-prefeito da cidade de Goiana, falecido em janeiro deste ano. A programação também reverencia o ator, diretor e professor de teatro, Ricardo Lima, responsável por contribuir na formação de atores e atrizes nos municípios do interior do estado.

Acessibilidade - Com a proposta de realizar uma programação inclusiva e acessível, a segunda edição do festival traz, em todos os espetáculos, o recurso de tradução em LIBRAS.

O evento é realizado com incentivo da Lei Aldir Blanc - PE, Secretaria de Cultura de Pernambuco, Governo Estado e Governo Federal.

PROGRAMAÇÃO

2º Festival Canavial Artes Cênicas – Lab 2021

ONLINE:

Canal no YOUTUBE - festivalcanavialartescenicas

Dia 28 de Maio de 2021 – Sexta-feira

19:30h – Chega! - Valéria Vicente – RECIFE/PE

- Espetáculo de Dança – Classificação LIVRE



20:20h - A Feira de Gonzaga – Grupo Ato / Itambé-pe

Teatro Adulto – Classificação 12 anos



21:00h – E, antes de tudo seria fim – Cia De Eventos Lionarte / Limoeiro

Teatro – Classificação 14 anos



Dia 29 de abril de 2021 – Sábado





SEMINÁRIO:

10:00h – A produção Cultural e das Artes Cênicas nas Cidades do Interior de Pernambuco.



15:00h - Mamulengo Arte Da Alegria / Mestre Bel – Glória De Goitá

(Teatro de Bonecos – Classificação - 10 anos



16:00h - Contação de História: A Lua Do Barqueiro - Classificação Livre

Projeto Tenda de Histórias - ANDRÉ SANTOS – VITÓRIA DE SANTO ANTÃO-PE



19:30h - Cavalo Marinho Mestre Batista – Chã De Camará – Aliança-pe

Cultura Popular – Classificação LIVRE



20:20h – Iandê – Adri Popular / Upatininga – Aliança-pe

Espetáculo de Dança – Classificação LIVRE



21:00h – 3º DEGRAU – Trupe Alumiarmente / CARUARU

Teatro Adulto – Classificação 14 anos.



Dia 30 De Maio De 2021 – Domingo

15:00h - MAMULENGO Presepada – Chico Simões – Olho D’água/DF

Tetro de Bonecos – Classificação LIVRE



16:00h - Mamulengo Nova Geração / Mestra Titinha – Glória De Goitá (Teatro De Boneco) – Classificação 10 Anos



17:00 h – A Fantástica Máquina de Escrever – Pirilampos Produções De Entretenimento/ Vitória De Santo Antão - Teatro Para Infância E Juventude – Classificação Livre



19:00 h – Diário de Um Passista – Gil Silva - Serra Talhada

Espetáculo de Dança - Classificação LIVRE



20:00 h – A Chegada de Lampião do Inferno

Cabras de Lampião – Serra Talhada - Teatro Adulto – Classificação 14 anos



21:00h – Para Sempre Teresina –

Filó Produções / GRAVATÁ - Teatro Adulto – Classificação 14 anos

Espetáculo de Dança

CHEGA! - Classificação LIVRE

Valéria Vicente (Recife-PE)



Adentrar no presente e conectar com as forças que movem e que imobilizam. Através da dança adentrar memórias profundas e coletivas. Localizar o gesto que encerra tudo que precisa ser resolvido e o gesto que abre espaço para o que traz renovação. Chega de genocídio, Chega! Chega o tempo em que o presente é o que nos conecta com a vida, chega.

Mesmo de longe, chega junto.



Ficha Técnica:

Concepção, direção e performance: Valéria Vicente

Assistente de direção e operação de som: André Dib

Trilha sonora: Isaura Tupiniquim

Figurino: Valéria Vicente e Tereza Raiz




Espetáculo de Dança

DIÁRIO DE UM PASSISTA - Classificação LIVRE

Gil Silva (Serra Talhada-PE /Sertão do Pajeú

O “Diário de um Passista” é uma produção solo que conta o encontro do artista Gil Silva com os ensinamentos do Mestre Nascimento do Passo, trazendo sua história no frevo e nas demais danças populares. No seu solo, Gil Silva faz a leitura da brincadeira de carnaval “la ursa”, tradicional na sua infância, no bairro em que morava em Olinda. Depois conta o encontro com Nascimento do Passo por meio de um programa de TV, onde pôde ver o casamento da música e do passo. A interpretação se volta para os momentos em que o artista acompanha o mestre, difundindo seu trabalho em comunidades, descobrindo novos talentos e participação em projetos. Por fim, Gil Silva mostra aquilo que Nascimento sempre dizia “O frevo está contido em todas as danças, e todas as danças, contém o Frevo.”




Ficha Técnica:

Direção: Carlos Silva

Concepção e performance: Gil Silva



Espetáculo de Dança

ÎANDÉ - Classificação LIVRE

Adri Popular (Upatininga – Aliança-PE / Mata Norte)



Îandé é uma palavra do tupi antigo, que significa nós. O espetáculo solo do artista aliancense Adri Popular é uma adaptação do vídeo-arte, homônimo, premiado no Edital Arte do Quilombo, da Fundação Cultural Palmares, em 2020, em que questões sobre políticas e culturais são trazidas à tona através de histórias, da gestualidade e musicalidade da cultura afro brasileira, fazendo refletir sobre pertencimento, posicionamento, aceitação e participação social no movimento de reparação histórica com negros e indígenas. O espetáculo surgiu a partir das vivências culturais do artista, que desde criança participa de ações sócio educativas na comunidade e reconhece a importância dessas ações para a cidadania e valorização da cultura.

Ficha Técnica:

Concepção, direção e performance: Adri Popular






Teatro adulto

A CHEGADA DE LAMPIÃO NO INFERNO - Classificação 14 ANOS

Cabras de Lampião (Serra Talhada-PE /Sertão do Pajeú)



O espetáculo “A Chegada de Lampião no Inferno” é uma adaptação da obra de José Pacheco, considerada um clássico da Literatura de Cordel. Após tentar ajudar uma viúva, Lampião é morto pela polícia. Acorda no inferno e descobre que o lugar não é tão ruim quanto pensava e que no Sertão tem muito mais problemas que no inferno.



Ficha Técnica:

Autor: Antonio Alexandre

Direção: Anildomá Willans

Iluminador: Sebastião Costa

Sonoplastia: Pedro Póla

Atores/Atrizes: Karl Marx, Gorete Lima, Sandino Lamarca, Emanuel Carvalho, Gil Silva, Gildo Gildo Alves, Laísa Magalhães, Otávio Alexandre, Suzane Stéfany, Luíza Moura, Diego Adones.




Teatro adulto

A FEIRA DE GONZAGA - Classificação 12 anos

Companhia de teatro ATO (Itambé-PE / Mata Norte)

O Espetáculo A Feira de Gonzaga vem trazendo em suas entrelinhas, o dia a dia na feira do interior, com situações engraçadas e fomentando também, a linha característica de cada personagem que lá existe. O espetáculo em si tem sua base de criação na música; Feira de Mangaio (Marinez), Feira de Caruaru (Luiz Gonzaga), Dia de Feira (O Rappa), e Comadre Sebastiana (Jackson do Pandeiro), do qual traz, em suma situações diversas e dos quais foram suporte para a criação. O mesmo contém 09 (Nove) personagens que como base tiveram suas personagens, na Comédia Dell’Art.








Ficha Técnica:

Autor e Diretor: Washington Santos

Atores/atrizes: Emanuel Senna, Raniery Maria, João Lucas, Camily Souza, Kaju Soares, Clessiano Amorim, Gilberto Santos, Washington Santos e Antonio Paulo.



Teatro adulto

PARA SEMPRE TERESINA – Classificação 14 anos

Filó Produções (Gravatá-PE / Agreste Central)



Nascida em 1949, Maria Tereza de Aguiar, molestada pelo próprio pai e desacreditada por sua mãe, em meio a uma briga, resolve fugir de casa em busca de liberdade. Dormindo em um banco de praça, a menina de apenas 14 anos é encontrada por Madame Valdete, dona de um luxuoso prostíbulo frequentado por poderosos clientes da alta sociedade.

Tendo vocação pra prostituição e gosto pela vida no bordel à jovem desconhecia a dura realidade de envelhecer, e mesmo tendo um filho, a mesma não conseguiu construir laços de família tradicional, e hoje aos 70 anos de idade, revive os melhores momentos e lembranças do seu passado, revela seu presente, e chora seu futuro, tendo como objetivo alertar os riscos ocorridos por quem decide viver em prostituição, em suas pluralidades e formas de acesso.



Ficha Técnica:

Autor/Diretor e Ator: Ricardo Lima

Maquiagem: André Santos

Fotografia: Lucivânio Moura




Teatro adulto

3º DEGRAU – Classificação 12 anos

Trupe Alumiarmente (Caruaru-PE / Agreste Central)

Se a vida fosse uma escada, ela teria quatro degraus. A partir dessa metáfora, “3º DEGRAU” conta a história de Elias e Emanuel, dois velhos amigos que acabaram de ganhar R$ 10.000.000,00 (dez milhões) de reais num bolão de loteria. A amizade e os preceitos morais são colocados à prova quando um deles tem a ideia de ficar com a parte de Douglas, o terceiro amigo que também participou do bolão.

Num misto de tensão e suspense, Elias e Emanuel vão desvendando o mistério que permeia o terceiro degrau da metáfora.



Ficha Técnica:

Autor e Diretor: Emerson Deyvison

Atores/atrizes: Wendel Mendonça e Charles Belo

Sonoplastia: Ronaldo Leal

Iluminação: Rhamon Gutierrez.




Teatro adulto

E, ANTES DE TUDO, SERIA O FIM – Classificação 14 anos

Companhia Lionarte (Limoeiro-PE / Agreste Setentrional)



Em ‘E, Antes de Tudo, seria o fim’, fala do universo particular que cada personagem vive, a partir do prisma de uma Matriarca, presa em suas convicções, tradições criadas por suas sombras e recalques. Ela mantém suas sete filhas agrilhoadas às suas normas de sobrevivência; comendo da sua comida, dormindo sobre sua proteção e devendo-lhe obediência.

A trama apresenta sentimentos variados como a solidão, a paixão, o ódio, a humilhação, o arrependimento e a traição, que se completam e compõem a narrativa dramática de um drama burguês e épico, diante da relação familiar, principalmente interiorana, agregada a um discurso opressor, segregador e discriminador, que perpetua toda história, criando um leque de possibilidades para debates, propondo análises ao discurso que as mulheres, obrigadas ou não, tiveram ou tem que reproduzir a cada minuto, a cada hora, a cada dia, ferindo sua dignidade, sua história.



Ficha Técnica:



Direção: Edinaldo Ribeiro e Cleiton Santiago

Atores/atrizes: Ially Pollyne, Luiz Pereira Neto, Luanna Santos, Paullino Henryque, Karla Catyara, Radaméis Moura, Rosângela Maria e Wallace Hallan

Sonoplastia: Alisson Almeida

Iluminação: Elivelton Amorim

Contrarregragem: Lillian Lima






Teatro Infanto - Juvenil

A FANTÁSTICA MÁQUINA DE ESCREVER - Classificação LIVRE

Pirilampos Produções e Entretenimento (Vitória de S. Antão-PE / Mata Sul)



Uma aventura mágica, moderna, poética, onírica, num universo surreal, onde sons, cores, luzes, performances e tecnologia, criam o universo imaginário de Zárabe, uma escritora, que tenta encontrar uma história para escrever, como num passe de mágica, uma Bruxa, faz ressurgir os contos de fadas, que haviam sido extinguidos pelo Reizinho Mandão. Uma fada nasce e na fuga das garras do Reizinho, ela percorre o mundo imaginário, onde encontrar personagens, que a ajudam e ensinam sobre ética, honestidade, amor, superação, Máquina de Escrever e diversos personagens que à ajudam a fugir do Reizinho Tirano, assim vivendo uma aventura mágica, fantástica e empolgante.








Ficha Técnica:

Autor e Diretor: Cleiton Santiago

Maquiagem: André dos Santos Silva, Ilhantina Islanditini

Atores/atrizes: Elizabete Feliciano, André Santos, Josicleide Aragão, Ivo Vicente, Kénya Taynara, Cecília Lopes, Cecília Marçal, Ilhantina Islanditini, Ricardo Lima, Mikael

Músicos Sonoplasta: Alexandre Alexsandre, Jhonatan Silva

Fotografia: Lucivânio Moura

Apoio: Nielle Ferreira

Assessoria de Imprensa/Designer: Neto Pereira







Teatro de Bonecos

OS ENCANTOS DA FAZENDA PACARU – Classificação LIVRE

Mamulengo Arte da Alegria - Mestre Bel - (Glória de Goitá-PE / Mata Norte)



O espetáculo é uma festa de bonecos, como um casal de agricultores Caroca e Catirina e com a força que ela tem de ter uma profissão e passar no vestibular para direito saindo com uma música e loas. Entra o compadre Caso Sério a procura da cobra Chibana até achar e dançar com ela; logo depois vem o Cego e a guia pedindo esmola e quando ninguém dar ele fica bravo e briga com as pessoas. Em seguida entra os caboclos da Jurema cantando, fazendo versos e toadas e o espetáculo encerra com a despedida de Quitéria dançando.



Ficha Técnica:

Autor: Mestre Bel – Mestre mamulengueiro

Direção: Mestre Bel e Mestra Titinha – Contra-mestra mamulengueira

Músicos: Tonho dos Oito Baixos (oito baixos), Nido (zabumba) e Jacy Mateus (triangueira)




Teatro de Bonecos

A FAZENDA DE MANÉ PACARU, TEM FESTA NA ROÇA - Classificação LIVRE

Mamulengo Nova Geração – Mestra Titinha (Glória de Goitá-PE / Mata Norte)

O espetáculo é uma noitada para comemorar com muita música e brincadeira dos bonecos como, Mané Pacaru que está atrás de um trabalhador e aparece o Simão onde é encontrado pra tomar conta da esposa a Quitéria e acaba se aproveitando e dançando com ela. Tem João Carcundo dançando e animando, logo depois aparece o Janeiro com sua Alegria ó Janeiro, vai ó Janeiro vem feliz daqueles que Deus quer bem. Ele fica bravo e briga com as pessoas. Em seguida entra os caboclos da Jurema cantando versos e loas e encerra com a Quitéria dançando.



Ficha Técnica:

Autor/Direção: Mestra Titinha – Mestra mamulengueira

Contra mestre: Mestre Bel

Músicos: Tonho dos Oito Baixos (oito baixos), Nido (zabumba) e Jacy Mateus (triangueira)




Teatro de Bonecos

O ROMANCE DO VAQUEIRO BENEDITO - Classificação LIVRE

Mamulengo Presepada - Chico Simões (Olho D’Àgua – DF)



Alguns personagens do Romance do Vaqueiro são clássicos da cultura popular, e trazem parentesco próximo com os personagens da Commedia Dell`Arte; Benedito, Margarida, João Redondo, Doutor Mané Vou Lá Hoje e Briguelinha. Outros já são bem brasileiros; Zé da Sanfona, Rosinha do Bole-bole, Palhaço da Vitória e Janeiro Vem Janeiro Vai . Alguns são mitológicos; Alma da Defunta Sem Vergonha e Jaraguá. Outros são animais simbólicos como a cobra grande Carpina, o Bumba-meu-boi Estrela e o passarinho Boa Nova. Esses são básicos, mas outros podem entrar ao sabor dos improvisos e da comunicação direta com o público.



Ficha Técnica:

Autor/Direção: Chico Simões



Cultura Popular

Cavalo Marinho Mestre Batista - Classificação LIVRE

Ponto de Cultura Estrela de Ouro - (Chã de Camará-Aliança-PE / Mata Norte)

O Cavalo Marinho é um Teatro encontrado em quase toda a Zona da Mata Norte de Pernambuco, região fronteiriça com a Paraíba. Nele são retratados momentos da vida dos moradores dos engenhos em pequenos dramas teatrais; sob a direção de um capitão, um baile é realizado, apesar dos diversos problemas que são apresentados pelos personagens, culminando com a morte e a ressurreição de um boi.

Fundado na Chã de Camará em setembro de 1950, por Severino Lourenço da Silva – o grande Mestre Batista – profundo conhecedor desse brinquedo, que durante décadas desempenhou o seu papel ensinando diversos mestres e brincantes da região; vindo a ser uma referência para os atuais mestres de Cavalo Marinho de toda a Zona da Mata Norte de Pernambuco. Isto, porque, Mestre Batista fez escola para importantes mestres, grandes personalidades da cultura popular pernambucana, nomes como: João Salustiano (rabequeiro) e seu filho Manoel Salustiano (rabequeiro) – mais conhecido como Mestre Salú; Luiz Rosa (Figureiro), Biu Roque (Tocador de Bajé) e seu filho Mané Roque (Tocador de Bajé), Mané Deodato (Pandeirista), Sidrak (Mineirista), Luiz Paixão (rabequeiro). E na qualidade de brincantes e capitão, mestrando a brincadeira, estiveram presentes: Domício, Grimário, Biu Alexandre e Mestre Mariano Teles, todos formados naquele terreiro.




Ficha Técnica:

Presidente: Mestre José Lourenço

Mateu: Mestre Luiz Caboclo

Rabeca: Luiz Paixão

Contação de história - Infantil

A Lua do Barqueiro - Classificação LIVRE

Projeto Tenda de Histórias (Vitória de Santo Antão-PE / Mata Sul)



Uma dupla de viajantes contadores de histórias, escolhe entre uma folia e outra a história de era uma vez, da vez, que “A Lua do Barqueiro!” Um barqueiro em busca de uma amizade inusitada, com uma figura irreverente, a lua. O barqueiro que teme o mar, veleja a noite para tentar encontrar e levar pra casa a lua, sem muita conversa a lua que tem suas fases, lhe diz que não é possível ser amiga de um barqueiro. No meio da história um peixe lanterna se aventura na superfície do mar, saindo das profundezas do oceano em busca de uma amizade, é aí que nasce uma grande amizade entre o peixe e o barqueiro. Uma lição sobre amizade, resiliência e superação.



Ficha Técnica:

Autor: Cleiton Santiago

Diretor: André Santos

Maquiagem: Alessandra Cristine, André Santos

Figurino/Adereços: André Santos

Contador (a) de história: André dos Santos Silva, Alessandra Cristine

Músicos Sonoplasta: Alexandre Alexsandre, Jhonatan Silva e Ilhatina Slanditini

Apoio: Elizabete Feliciano

Assessoria de Imprensa/Designer: Neto Pereira




Foto divulgação em anexo.

---------------------------------------------------------------------------------

Serviço

O quê: 2º Festival Canavial Artes Cênicas apresenta 14 espetáculos pernambucanos online


Quando: Dias 28, 29 e 30 de maio.

Classificação: Livre para todos os públicos.

Paulista retoma vacinação em grávidas e puérperas com o imunizante da Pfizer nesta quarta-feira (26)

 

A Prefeitura de Paulista, através da Secretaria de Saúde, retoma nesta quarta-feira (26) a vacinação contra a Covid-19 para gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com idade a partir de 18 anos. O agendamento já está disponível no site e aplicativo. Serão disponibilizados 100 agendamentos para esta quarta-feira (26) e 100 agendamentos para a quinta-feira (27).

O imunizante administrado é o da Pfizer. A vacinação ocorre das 9:00 às 13:00, em dois pontos. As gestantes precisam levar uma cópia do comprovante de residência e cartão de gestantes e as puérperas devem levar cópia do resumo de alta ou a declaração de nascido vivo e comprovante de residência.

O agendamento já está disponível para nesta terça-feira (25), através do site www.agendamentovacinapaulista.com.br ou através do aplicativo Cidadão Digital, disponível para download em dispositivos Android na página inicial do site. Os pontos de vacinação funcionam das 9h00 às 13h00.


Confira os locais de vacinação (9h00 às 13h00):

FASUP
Av. Doutor José Claudio Gueiros Leite, 5380

Policlínica Manoel Caldas (Adolfo Speck)
Rua Mimoso, 35 - Arthur Lundgren I


Informações sobre a imunização da segunda dose da CoronaVac

Até o momento, Paulista já completou o ciclo de imunização da Coronavac em 3152 pessoas até a última terça-feira (25). A Secretaria de Saúde do município informou que continuará administrando a segunda dose do imunizante até que o saldo chegue ao fim. O agendamento para segunda dose encontra-se disponível no site e aplicativo.

O município do Paulista disponibilizou o agendamento da segunda dose da CoronaVac para idosos que já podem receber a segunda aplicação. As vagas estão sendo preenchidas através do site www.agendavacinapaulista.com.br ou pelo aplicativo Cidadão Digital, disponível para download em dispositivos Android na página inicial do site.

A vacinação ocorre das 9h00 às 16h00, nos pontos disponíveis no site e aplicativo. O idoso precisa levar o cartão de vacinação no dia e hora marcados.

Informações sobre a vacinação com o imunizante da AstraZeneca

Paulista ampliou a vacinação contra a Covid-19 para contemplar pessoas de 50 a 54 anos com diversos tipos de comorbidades definidas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina. O agendamento continua disponível para este grupo através do site www.agendavacinapaulista.com.br ou pelo aplicativo Cidadão Digital, disponível para download na página inicial do site.

Os pontos de vacinação funcionam das 9h00 às 16h00. Confira no site os locais para agendamento e as comorbidades contempladas nesta etapa.

lmprensa Paulista PE

Eme Barbassa estreia novo espetáculo via Instagram

 

Após o sucesso de "Phantasmagoria", espetáculo criado em pleno ápice da pandemia do coronavírus no Brasil, os artistas Eme Barbassa e Davi Tostes repetem a parceria no inédito "Antropotomia ou a Delicadeza nos Tempos do Ódio". Desta vez, a dupla pesquisa o lugar da corporalidade nas redes sociais e desenvolve um trabalho criativo fomentado pelo Centro Cultural da Diversidade (@ccdiversidade), de São Paulo.

"Antropotomia" aborda questões de identidade, gênero e sexualidade a partir de um futuro distópico onde uma mulher trans (Barbassa) é capturada por cientistas após se revelar imune a um novo vírus que vem dizimando a população. Sua rotina diária inclui exames e lives transmitidas por uma plataforma de entretenimento, além da visita de um enigmático cuidador (Tostes).

"Nos interessa pensar o papel dos corpos dissidentes nas redes sociais, local onde somos constantemente apresentados a imagens manipuláveis e impressionantes o tempo todo. Isso acaba por interferir em nossas percepções acerca de nós mesmos, dos nossos desejos e afetos", fala Eme Barbassa. "Com o avanço tecnológico, fomos ganhando vantagens e maior liberdade social e pessoal. Por outro lado, ficamos cada vez mais expostos e vulneráveis ao poder e ao controle dessas relações interativas", afirma Davi Tostes.

A pesquisa inédita da dupla de Ribeirão Preto conta com provocação da diretora Mika Lins. "Considero a Eme uma artista inquieta e talentosa. Sua escrita é bastante interessante e reflete questões do aqui e agora. Gosto muito dela como atriz também. Nessa nossa experiência, vi sua entrega e disponibilidade para ser dirigida e percorrer novos caminhos", afirma Mika. Junto aos criadores do projeto, ela participa no próximo dia 28, às 19h, de uma live mediada pelo jornalista e apresentador Pedro Leão e que será exibida no Instagram do CCD (@ccdiversidade). Os quatro vão falar sobre o processo de criação e sobre os desafios dessa temática no contexto atual.

"Antropotomia", termo que significa dissecação do corpo humano, nasce a partir de uma série de ataques virtuais que a diretora e atriz Eme Barbassa sofreu ao falar em entrevista ao jornal O Globo, em março de 2020, por ocasião da estreia de "Phantasmagoria". Trans, gorda e feminista, ela abordou o lugar dos corpos marginalizados nas representações audiovisuais, teatrais e midiáticas em geral.


Antropotomia ou a Delicadeza nos Tempos do Ódio
Quando: dia 30/5, às 19h, no Instagram do CCD (@ccdiversidade)

Live com a provocadora cênica Mika Lins e os criadores
Dia 28/5, sexta-feira, às 19h, no Instagram do CCD (@ccdiversidade)

Ficha técnica
Direção e Dramaturgia: Eme Barbassa
Elenco: Davi Tostes e Eme Barbassa
Produção: Davi Tostes
Provocação Cênica: Mika Lins
Visagismo: Louise Helène
Design de Luz: Michel Mika Masson
Figurino (Eme): Robes Britto
Trilha Sonora: Jonas Tostes e Davi Tostes
Participação especial: Katia Calsavara
Social Media: Rafael Corrêa
Fotos: Cleber Corrêa

Geraldo Maia comemora aniversário com live-show gratuita

 

No dia 28 de maio (sexta-feira), às 20h, Geraldo Maia faz uma live-show especial, no YouTube, para comemorar o aniversário.

Com um repertório diverso, e mais intimista, Geraldo vai cantar e tocar violão. Além disso, ele terá a participação especial de Renato Bandeira, que o acompanha na viola e no violão, em algumas músicas, e, pela primeira vez, o cantor faz um dueto com Leila Maria (RJ) que, juntamente com ele, foi finalista do programa The Voice Mais, exibido recentemente pela TV Globo, pelo mesmo time, o de Mumuzinho.

A live-show de aniversário será, como sempre, realizada de forma democrática. O acesso é gratuito, através do Sympla, porém, por conta da pandemia, e dos artistas e músicos ainda estarem impossibilitados de trabalhar, a live também terá espaço para contribuições, seja através de valores pré-definidos, disponíveis no Sympla, ou através de contribuição espontânea, através do PIX, no dia da live.

O objetivo da live-show, é que a música de Geraldo Maia chegue a todos, sem exceção, e que o público possa ter um momento de entretenimento e arte, em meio a esses tempos tão difíceis.

SERVIÇO:
Quando: 28 de maio de 2021
Horário: 20h
Onde: Youtube Geraldo Maia Oficial (inscrições pelo Sympla)
Evento gravado em 18/05/2021, no estúdio Mau Mau, no Recife (PE).
Participações especiais: Leila Maria (RJ) e Renato Bandeira (PE)
Comunicação: Manu Siqueira
Mídias Sociais: Agência Raro
Edição: Maurício Barreto
Edição de Áudio: Azula

ECI/SCGE divulga programação online do mês de junho

 

A Escola de Controle Interno Professor Francisco Ribeiro (ECI), da Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), oferecerá no mês de junho seis cursos – um deles com duas turmas – e uma oficina. Realizada de forma online, a programação terá 148 horas de conteúdo ministrado e deve promover 310 capacitações de servidores públicos do Poder Executivo estadual.

A agenda será aberta na semana de 7 a 11, com os cursos “Prestação de Contas Eletrônica através do SEI Pernambuco” – primeira turma – e “Módulo A do SICONV – Atos preparatórios e execução”, que terão a instrutoria de Simone Leite, chefe da Unidade de Contas do Governo da Diretoria de Orientação ao Gestor e Informações Estratégicas (DOGI/SCGE), e de Ana Catarina Machado, coordenadora de Convênios de Receita da Diretoria de Convênios e Regularidade (DCON/SCGE), respectivamente.

No período de 7 de junho a 5 de julho, será realizado o curso “Introdução à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)”. Nova na grade da ECI, essa programação será no formato de Ensino à Distância (EAD) com tutoria de Renato Cirne, gestor governamental de Controle Interno e coordenador de implantação da LGPD na SCGE. Já a segunda turma do curso “Prestação de Contas Eletrônica através do SEI Pernambuco” será ministrada por Jamerson Souza, coordenador de Orientação e Contas de Governo da DOGI/SCGE, na semana de 14 a 18 de junho.

Dia 17 tem a oficina “Sistema de atualização das Páginas de Acesso à Informação (LAI)”. Direcionada exclusivamente para ouvidores e autoridades da LAI das secretarias e órgãos do Governo de Pernambuco, essa capacitação será dada por Luiz Geraldo Albuquerque, que integra a equipe da Diretoria da Ouvidoria-Geral do Estado (DOGE/SCGE).

Também ministrado por Ana Catarina Machado, da DCON/SCGE, o curso “Módulo B do SICONV – Execução e prestação de contas” será promovido nos dias 21, 22, 28, 29 e 30 de junho. Direcionado especialmente para servidores das Unidades de Controle Interno (UCIs), o novo curso “Gerenciamento de Riscos em 7 passos: Aspectos práticos” será realizado de 28 de junho a 1 de julho, com aulas proferidas por Pedro Hilário, que integra a equipe da Diretoria de Monitoramento, Avaliação e Controle (DMAC/SCGE). Finalizando a programação, no período de 28 de junho a 02 de julho, terá o curso “Tomada de Contas Especial: Aspectos da Resolução TC Nº 36/2018”, com Daniel Tiné, diretor de Correição (DCOR/SCGE).

PARCERIAS – Para viabilizar a capacitação permanente dos servidores do Estado, no enfoque do Controle Interno, a Escola conta com o apoio de várias instituições, dentre elas o Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), a Controladoria-Gerl da União (CGU), a Associação dos Servidores de Controle Interno de Pernambuco (Ascipe), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), o Tribunal de Contas da União (TCU), o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).


SERVIÇOS

Inscrições – Público Interno e Externo

- Prestação de Contas Eletrônica através do SEI Pernambuco: www.sgic.pe.gov.br/Sgic/public/pages/login.jsf

- Módulo A do SICONV - Atos Preparatórios e Execução: www.sgic.pe.gov.br/Sgic/public/pages/login.jsf

- Introdução à Lei Geral da Lei de Proteção de Dados - LGPD): credencial.imasters.com.br/cefospe-ead

- Prestação de Contas Eletrônica através do SEI Pernambuco: www.sgic.pe.gov.br/Sgic/public/pages/login.jsf

- Sistema de Atualização das Páginas de Acesso à Informação - LAI: doity.com.br/oficina-sistema-de-atualizacao-das-paginas-de-acesso-a-informacao-1

- Módulo B do SICONV - Execução e Prestação de Contas: www.sgic.pe.gov.br/Sgic/public/pages/login.jsf

- Tomada de Contas Especial: Aspectos da Resolução TC Nº 36/2018: www.sgic.pe.gov.br/Sgic/public/pages/login.jsf

lmprensa SCGE PE