29/11/2014

É pra torar: Eletroshopping em festa no Shopping Vitória Park

A Eletro Shopping, marca conceituada no ramo de eletroeletrônicos, eletrodomésticos e artigos para o lar inaugurada há poucos dias, no Vitória Park Shopping, realiza hoje (29) ação em comemoração a sua abertura. O evento será aberto para todos que passarem por lá.
A festa contará com dois personagens conhecidos da rede -Dona Irene, popular pelo jargão “É pra torar” e o apresentador Beto Café. Aliás, a ação também será muito especial para Dona Irene. Além de comemorar a inauguração da rede no único shopping de Vitória de santo Antão, a ação celebrará seu aniversário, e ainda um ano de sua participação nas ações da marca. 

Voo direto Recife-Buenos Aires. E não estamos falando da cidade pernambucana...

Ocupando o terceiro lugar no ranking internacional e a primeira posição entre os países da América Latina que mais enviam turistas ao Estado, a Argentina deverá ficar ainda mais próxima de Pernambuco. Nesta sexta-feira (28/11), o governador João Lyra Neto assinou protocolo de intenções com a presidente da TAM Linhas Aéreas, Claudia Sender. O documento prevê que a companhia ofereça, pelo menos, um voo semanal direto ligando a capital pernambucana à Buenos Aires, na Argentina. Hoje, os voos entre Recife e Buenos Aires são realizados com conexão em São Paulo ou Rio de Janeiro.

Com a parceria, o governador acredita que o fluxo de visitantes oriundos da Argentina será ampliado, fomentando o desenvolvimento econômico do Recife e de todo o Estado. "O turismo não é apenas hospedagem, tem uma cadeia ampla e é uma das atividades que mais cresce no Mundo. Pernambuco se insere em um novo contexto nessa ligação com a Argentina. É um processo que vai continuar e render muitos frutos para gente", afirmou Lyra Neto.

A nova rota será operada por um Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros. Com previsão de iniciar as atividades em 24 de janeiro de 2015 e duração estimada em pouco mais de cinco horas, o voo JJ8120 deverá decolar semanalmente, aos sábados, com saída do Recife às 15h10 e chegada no aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, às 20h30, horário local. O retorno a capital portenha será sempre aos domingos, no voo de número JJ8121, com saída às 2h40 de Ezeiza e chegada à capital pernambucana às 7h50, horário local.

A presidente da TAM, Claudia Sender, destacou o potencial de Pernambuco. "Nosso expectativa é de que esse voo seja um sucesso. Acreditamos muito no potencial da demanda de argentinos aqui em Pernambuco, dada a qualidade das praias e as oportunidades de turismo que existem no Estado. E confiante também que a Argentina continua sendo um dos principais destinos para turistas brasileiros", disse, garantindo que a empresa vai "facilitar muito" o acesso dos pernambucanos à cidade portenha, com preços de passagens "bastante competitivos". O valor e a data de comercialização do novo voo serão divulgados posteriormente pela companhia aérea.

Presente na solenidade, o secretário estadual de Turismo, Romeu Baptista, destacou que o protocolo de intenções também contempla, a partir de janeiro, o aumento do fluxo de 20 frequências mensais dos voos de Recife com destino à cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. "Isso dá expansão e elasticidade ao mercado", comemorou Baptista, lembrando que o turismo de saúde e negócios também será impactado. Já o presidente do Recife Convention Bureau, Bruno Herbert, parabenizou a parceria entre o Estado e a companhia aérea. "É uma iniciativa pioneira, um divisor de águas no turismo de Pernambuco", exaltou, estimando um incremento de cerca de 30% no número de visitantes argentinos em Pernambuco, que anualmente já recebe cerca de 40 mil turistas da Capital do Tango.

Com a nova rota Recife - Buenos Aires, Pernambuco passa a contar com cinco voos diretos para destinos internacionais. São eles: Lisboa, operado pela TAP; Miami, via American Airlines; cidade do Panamá, através da Copa Airlines; e Frankfurt, operado pela Condor. No total, Pernambuco está conectado a 62 destinos em 29 países em todo o continente americano.

Secretaria de Imprensa de Pernambuco

Dinheiro da Petrobrás é desbloqueado. Sintepav-PE vai recorrer

O juiz Hélio Galvão, do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, em decisão monocrática, anunciada na tarde desta sexta-feira (28), atendeu ao pedido da Petrobras e revogou a ordem de bloqueio dos R$ 126.667.733,89, expedida pela juíza Josimar Mendes, da 1ª Vara do Trabalho de Ipojuca, e efetivada na última quinta-feira.
“Isso devolve o dinheiro para a Petrobras. Mas vamos recorrer”, argumenta um dos advogados do Sintepav-PE. “Isso só mostra que a Petrobras, ao contrário do que vem afirmando em reuniões e na mídia, não está disposta a resolver e pagar os trabalhadores, que estão cada vem mais passando necessidades. São 4 mil pais e mães de família que estão sem receber. Quem perde é o trabalhador”, afirma o presidente do Sintepav-PE, Aldo Amaral.

Papai Noel chega a Vitória de Santo Antão

O Papai Noel será a grande atração do Vitória Park Shopping a partir do próximo dia 30, domingo. A chegada do Bom Velhinho acontecerá logo pela manhã, no seu “Noel Móvel”, em um tour pela cidade - espalhando o clima natalino do dezembro que se aproxima.
Para as famílias que estão de olhos atentos e com muita expectativa para sua chegada no centro de compras, não precisa se preocupar. A partir das 16h, o Papai Noel e suas “Noeletes” já vão receber as crianças e suas famílias para tirar fotos e anotar todos os pedidos de presentes.
Chame seus amigos e familiares e venha visitar o Papai Noel na sua “Fábrica de Doces”, na Praça de Eventos I, no Vitória Park Shopping.
Horário do Papai Noel no Vitória Park Shopping - (01.12 à 23.12) - 14h às 20h
24.12 - 14h Às 18h.

Sai lista dos concursados da PMPE

A Comissão de Concurso do Instituto de Apoio da Universidade de Pernambuco -CONUPE/IAUPE e a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco – SDS/PE, em atendimento ao contido na Portaria Conjunta SAD/SDS nº 105, de 17 de novembro de 2014, convocam os 2.000 (dois mil) candidatos melhores classificados em ordem decrescente, que confirmaram o interesse em continuar participando do Concurso Público instituído pela Portaria Conjunta SAD/SDS nº 101, de 31 de agosto de 2009, para realização da fase de Avaliação Psicológica, da 1
​ª​
 
​e​
tapa do concurso público para o ingresso no cargo de 
​s​
oldado da Polícia Militar de Pernambuco.


Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

Prometidas para a Copa, obras de mobilidade ficam para 2015 em PE

Meses após o fim da Copa do Mundo, muitas das obras que pretendiam garantir a mobilidade dos torcedores nos dias de jogo não ficaram prontas no Grande Recife. Os corredores exclusivos de ônibus são o maior exemplo, mas o atraso também atinge equipamentos como a Via Mangue e o Ramal da Copa. Todos operam na base do improviso até hoje, pois só tiveram um trecho concluído. Depois do campeonato mundial, a expectativa era que tudo ficasse pronto em dezembro deste ano. Entretanto, nesta semana a Secretaria das Cidades de Pernambuco admitiu que parte das obras só será concluída em 2015.

(Confira no final da reportagem a tabela completa com os novos prazos de todas as obras de mobilidade previstas para a Copa no estado.)
“Vamos terminar quase tudo até o final do ano, mas muita coisa vai ficar para 2015. As estações de BRT de Camaragibe, que integram o Corredor Leste/Oeste, por exemplo, só serão concluídas em maio do próximo ano”, admitiu o secretário-executivo das Cidades, Gustavo Gurgel. Por isso, a operação completa dos corredores de Bus Rapid Transit (BRT) da Região Metropolitana do Recife só será possível na metade do próximo ano, quase um ano após o fim da Copa. Além das estações da Avenida Belmino Correia, ficarão para o próximo ano as estações da Avenida Cruz Cabugá, o Terminal Integrado de Ônibus da 4ª Perimetral e o Ramal Externo da Copa.
Ainda segundo Gurgel, os atrasos foram motivados por uma série de problemas técnicos. Em Camaragibe, foram as dificuldades na desapropriação dos imóveis que ficam na Belmino Correia e as chuvas fora de época que atrapalharam o decorrer dos serviços. Os mesmos problemas afetaram a construção do Ramal da Copa. Nos dois locais, as obras estão paralisadas e só devem ser retomadas em janeiro do próximo ano. “Nesse momento, estamos concentrando os esforços nas estações da Avenida Caxangá. Com o término dessa obra, será possível colocar uma carga em Camaragibe”, explica o secretário-executivo.
Já na construção do TI 4ª Perimetral, o maior problema foi o solo. De acordo com Gurgel, o piso encontrado nas escavações era pior que o esperado. Por isso, foi necessário realizar procedimentos adicionais para viabilizar o serviço. “Além disso, houve dificuldade na aquisição de materiais. O mercado de construção está muito aquecido e foi difícil encontrar certos produtos”, alega. O terminal será construído na esquina com a Avenida Caxangá e deve ficar pronto em fevereiro do próximo ano. Já o TI da 3ª Perimetral, que ainda está em construção, será finalizado neste ano, de acordo com o secretário.
Abaixo, o G1 preparou uma lista com a situação de cada uma das obras de mobilidade que deveriam ter ficado prontas para a Copa do Mundo, na Região Metropolitana.
Corredor Norte/Sul
21 estações do Norte/Sul ainda estão em construção (Foto: Marina Barbosa / G1)Norte/Sul passa por cinco cidades, mas hoje só
funciona em duas delas (Foto: Marina Barbosa/ G1)
O maior atraso é justamente o da obra que mais deve influenciar o fluxo de veículos e passageiros do sistema de transporte público da Região Metropolitana do Recife: o corredor Norte/Sul. São 33 quilômetros de via expressa de ônibus passando por cinco cidades: Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda e Recife. O equipamento vai ligar Igarassu à estação central de metrô da capital pernambucana e será finalizado mais de um ano depois do prazo inicial. Iniciadas em janeiro de 2012, as obras deveriam ter ficado prontas em dezembro de 2013. O prazo foi estendido para julho passado, para o final deste ano e agora para fevereiro de 2015.
Semanas antes da Copa, o corredor foi parcialmente inaugurado, com duas das 29 estações funcionando. Hoje, oito delas estão em operação em Olinda e Paulista. Das 21 que ainda estão em construção, apenas 12 serão finalizadas neste ano, como foi prometido após o mundial. As últimas estações a ficarem prontas serão as da Avenida Cruz Cabugá, no Centro do Recife. Até fevereiro de 2015, o tráfego na via continuará com os desvios implantados em outubro, que vêm dificultando o trânsito na região. Hoje, a avenida apresenta um dos pontos de maior engarrafamento da capital pernambucana na pista sentido Olinda-Recife.
Além das estações, a Secretaria das Cidades precisa finalizar o terminal integrado de ônibus de Abreu e Lima para concluir o projeto do Norte/Sul. A expectativa é que o terminal comece a operar ainda neste ano. Por conta desses atrasos, somente 19 mil dos 180 mil passageiros que serão beneficiados pelo corredor podem usufruir das vias expressas de ônibus atualmente. Quando tudo estiver concluído, serão 90 veículos BRTs operando oito linhas de ônibus e circulando a uma velocidade de 24 km/h. Hoje, são 26 veículos, duas linhas e uma velocidade de 19 km/h. Tudo isso ao custo de R$ 151 milhões.
Corredor Leste/Oeste
Das 26 estações do Leste/Oeste, 15 ainda estão sendo finalizadas (Foto: Marina Barbosa / G1)Das 26 estações do Corredor Leste/Oeste, 15 ainda precisam ser finalizadas (Foto: Marina Barbosa / G1)
Nos mesmos moldes do Norte/Sul, o corredor Leste/Oeste também não ficou livre dos atrasos. Ao contrário, será a última obra do pacote prometido para a Copa a ser finalizada. É que as estações de BRT de Camaragibe ainda nem começaram a ser construídas e só ficarão prontas em maio. A obra foi atrasada devido às dificuldades na desapropriação dos imóveis da Avenida Belmino Correia, que gerou revolta entre os moradores da região. Agora, que cerca de 120 imóveis foram desapropriados e as chuvas fora de época parecem ter chegado ao fim, a previsão é que as obras comecem em janeiro e durem cinco meses. Até lá, os operários trabalham para terminar a construção das estações da Avenida Caxangá.

De acordo com o projeto inicial, o corredor deveria ter sido inteiramente concluído em março deste ano. O prazo passou para maio, dezembro e agora para maio de 2015. Durante todo esse tempo, as obras afetaram o dia a dia de quem circula de carro ou ônibus pela capital pernambucana. Desde que foram iniciadas, provocaram mudanças no fluxo das avenidas Caxangá, Dantas Barreto, José Osório e Agamenon Magalhães. Hoje, continuam em andamento na Caxangá.

Até dezembro, devem ser construídos o Terminal Integrado da 3ª Perimetral, as últimas estações da Caxangá e as que vão ligar a avenida até a a Belmino Correia. Em 2015, será a vez do TI da 4ª Perimetral e as quatro estações de Camaragibe. “Cada estação leva cinco meses para ser concluída, então tudo deve ficar pronto em maio”, garantiu Gurgel.
Durante a Copa, o corredor Leste/Oeste também operou na base do improviso, com apenas duas estações. Ao invés de ligar Camaragibe ao Centro do Recife, ia só até o Derby. Hoje, 11 estações estão funcionando. Outras 15 precisam ser finalizadas. Quando estiverem prontas, 155 mil passageiros devem usar diariamente as sete linhas que vão operar no corredor de 12 quilômetros de extensão. Serão 96 veículos circulando a 21 km/h. Hoje, são 36 mil beneficiados, duas linhas e 33 veículos trafegando a 16 km/h. Assim como o tempo de execução, o orçamento do projeto também cresceu. Passou de R$ 74 milhões para R$ 145 milhões.
Túnel da Abolição
Construção do Túnel da Abolição ainda interdita trecho da Rua Real da Torre (Foto: Marina Barbosa / G1)Obra do Túnel da Abolição está na última etapa e deve ser finalizada em dezembro (Foto: Marina Barbosa / G1)
O Túnel da Abolição é um dos principais equipamentos previstos pelo Corredor Leste/Oeste e está sendo construído desde o início de 2013 na Madalena, Zona Oeste do Recife, para desafogar o fluxo de veículos no cruzamento da Rua Real da Torre com a Avenida Caxangá. Ainda hoje, um trecho da Real da Torre está interditado para viabilizar a obra e deve continuar assim até o término do serviço, em dezembro. O bloqueio afeta toda a circulação de veículos da região e provoca engarrafamentos constantes. “É um absurdo, quase um ano de atraso e sofrimento para nós que moramos por aqui”, reclama o aposentado Celso Ribeiro, 61.
Segundo o projeto inicial, o túnel seria construído em um ano, ou seja, ficaria pronto em janeiro de 2014. No entanto, as obras atrasaram por causa das fortes chuvas de junho de 2013 e 2014. Algumas máquinas ficaram submersas e tiveram que passar por manutenção para retornar ao serviço. Com isso, o prazo de conclusão das obras foi estendido três vezes: passou para junho, outubro e agora dezembro deste ano – quase um ano depois do previsto. Segundo Gurgel, desta vez o prazo não será adiado novamente. “O último trecho de pavimento está sendo concretado e deve ser finalizado nesta semana. Depois, é só esperar o concreto secar e ficar pronto para receber veículos. Acreditamos que até o Natal o tráfego será liberado”, afirma o secretário.
Via Mangue
Em Boa Viagem, Zona Sul da capital pernambucana, as queixas também são comuns quando se fala em Via Mangue, que ao contrário das outras obras é de responsabilidade da Prefeitura do Recife. Quem mora na região reconhece que a via facilitou a ida do Centro até a Zona Sul, mas não entende porque o caminho contrário ainda não foi liberado. A população ainda reclama da falta de iluminação noturna na via.
Segundo o plano inicial, a segunda faixa da Via Mangue seria inaugurada em setembro. Mesmo assim, continua sem receber veículos. Com um quilômetro de extensão, esta etapa vai ligar as ruas Félix de Brito e Henrique Capitulino, no sentido subúrbio-cidade. De acordo com a Secretaria das Cidades, 25 mil moradores serão beneficiados pelo projeto, principalmente aqueles que utilizam as avenidas Boa Viagem e Conselheiro Aguiar. Hoje, segundo a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), 33 mil veículos passam diariamente pela via oeste do equipamento, que foi inaugurada em junho e absorve parte dos veículos que circulam pela Avenida Domingos Ferreira.
Segundo a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano do Recife, a via leste da Via Mangue será liberada em dezembro. Segundo o projeto executivo, também será inaugurada neste mês a segunda faixa da via oeste, que fará o caminho cidade-subúrbio. O trecho vai ligar a Avenida República do Líbano à Rua Doutor Gilson Machado Guimarães e pretende desafogar ainda mais o fluxo da Domingos Ferreira. Toda a obra está orçada em R$ 431 milhões.
Pista do Ramal Externo da Copa ainda precisa ser concluída no acesso ao TI Camaragibe (Foto: Marina Barbosa / G1)Obras do Ramal Externo da Copa estão paradas
desde julho e só serão retomadas em dezembro
(Foto: Marina Barbosa / G1)
Ramal da Copa
Em Camaragibe, outra obra prometida para o campeonato mundial de futebol caminha a passos lentos. É o Ramal da Cidade da Copa, que vai completar a estrutura viária à Arena Pernambuco e será a principal via de acesso ao município de São Lourenço da Mata. O trecho interno, que permite a circulação nos arredores do estádio, foi concluído um mês antes da Copa das Confederações, em junho de 2013. Já o externo ainda não foi finalizado, justamente o que vai beneficiar a população da área.
O Ramal Externo vai ligar o Terminal Integrado de Camaragibe, na Avenida Belmino Correia, à Arena Pernambuco e contará com via expressa de ônibus, faixas para veículos comuns e ciclovia. O trecho funcionou durante a Copa do Mundo, mas voltou a ser interditado porque não estava totalmente pronto. Mesmo assim, as obras não foram retomadas. “Estão paradas desde julho por conta das chuvas, que não permitiram a realização das obras de pavimentação”, explicou o secretário-executivo das Cidades de Pernambuco.
Antes disso, a obra já havia atrasado por causa da demora nas desapropriações dos imóveis da Avenida Belmino Correia, que também alterou os prazos do Corredor Leste/Oeste. No entanto, segundo Gurgel, tudo já foi resolvido e as obras serão retomadas em dezembro. Até abril, tudo deve ficar pronto. Hoje, a pista de acesso ao TI Camaragibe ainda precisa ser finalizada, assim como o viaduto que está sendo construído em São Lourenço da Mata. O orçamento inicial do Ramal era de R$ 99 milhões, mas já alcança R$ 131 milhões.
  •  
OBRAPRAZOS
Corredor Norte/SulObras iniciadas em janeiro de 2012. Deveriam ter ficado prontas em dezembro de 2013. O prazo foi estendido para julho passado, para o final deste ano e agora para fevereiro de 2015.
Corredor Leste/OesteDeveria ter sido inteiramente concluído em março deste ano. O prazo passou para maio, dezembro e agora para maio de 2015.
Túnel da AboliçãoSeria construído em um ano: ou seja, deveria estar pronto em janeiro de 2014. O prazo de conclusão das obras foi estendido três vezes: passou para junho, outubro e agora dezembro deste ano.
Via MangueA segunda faixa deveria ter sido entregue em setembro. A previsão é que ela e toda a pista leste da Via Mangue seja liberada em dezembro deste ano.
Ramal da CopaO trecho interno foi concluído em junho de 2013. O Ramal Externo está com as obras paradas desde julho. O serviço deve ser retomado em dezembro e concluído até abril de 2015.






Portal G1

Lula chama de "elitistas" críticos do IPTU Progressivo em SP

Jornais como Folha e Estadão chamaram atenção para "aumento de até 35%" na alíquota do IPTU de São Paulo; na verdade, porém, forte da notícia é a isenção, com descontos de até 17,2% sobre tabela atual, em 51 regiões da maior cidade do País; 44 outras grandes áreas urbanas, que obtiveram valorização imobiliária, serão oneradas com alíquotas entre 0,2% e 15%; imóveis com valor de mercado de até R$ 160 mil ficam isentos; alta de 35% é apenas para imóveis comerciais no centro da capital; "mídia ataca 'aumento' do IPTU de maneira injusta e elitista", reagiu, em sua página no Facebook, o ex-presidente Lula na defesa de seu pupilo, o prefeito Fernando Haddad; Fiesp e PSDB correm (mais uma vez) ao tapetão da Justiça para anular medida que resultará em R$ 800 milhões aos cofres municipais.

Impedido de reajustar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no ano passado, em razão de uma ação movida pela Fiesp que foi parar no STF, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, finalmente conseguiu atualizar a Planta Genérica de Valores. Ele ganhou esse direito na mesma Justiça, após quatro derrotas, na quarta-feira 26. Com isso, conseguiu fazer com que nada menos que 51 regiões da cidades – notadamente nos nos bairros mais pobres e na periferia da capital – ficassem isentos de reajuste, que passará a incidir sobre 44 outras regiões que obtiveram valorização imobiliária. Imóveis com valor de até R$ 160 mil estarão isentos da cobrança. É a chamada tabela progressiva na qual, em tese, quem ganhou mais com o seu imóvel, paga mais, em benefício dos menos aquinhoados. Uma iniciativa tipicamente do que se pode chamar de uma administração de esquerda.
A mídia tradicional, no entanto, apressou-se em abrir manchetes, como fez o jornal O Estado de S. Paulo (aqui), em sua edição online da mesma quarta 26, informando que o 'IPTU de Haddad' fará o cidadão sofrer com reajustes de até 35%. Esse percentual, de fato, existe, mas se aplica apenas para imóveis comerciais na região central de São Paulo. A taxa mais pesada foi aplicada exatamente para desestimular a manutenção de grandes prédios vazios, mas cujos proprietários, ao mesmo tempo, se negam a aceitar propostas de venda, feitas pela própria Prefeitura, para que passem a ser ocupados com moradias sociais. Em lugar de travar negociações sobre preços e condições, muitos recorrem à Justiça para obter decisões de reintegração de posse quando seus imóveis são invadidos pelos chamados 'sem teto'.
A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), que no final do ano passado conseguiu impedir Haddad de aplicar o IPTU progressivo, anunciou que outra vez irá aos tribunais contra o que considera uma injustiça. O PSDB igualmente deixou claro que atuará pelo mesmo caminho para impedir a iniciativa. O novo IPTU renderá aos cofres municipais uma verba extra de R$ 800 milhões em 2015.
Desta vez, no entanto, Haddad despertou um forte aliado para sua causa. O ex-presidente Lula ocupou nesta sexta-feira 28 sua página no Facebook para protestar contra o enfoque "injusto e elitista" que a mídia tradicional vem, "como de costume", noticiando e analisando a questão.
- Como de costume, a mídia ataca o "aumento" do IPTU de maneira injusta e elitista" iniciou Lula.
- A medida defendida por Haddad reduz e até isenta a cobrança em bairros pobres de São Paulo, além de promover aumentos coerentes com a valorização dos imóveis das regiões mais ricas, completou o ex-presidente.
Agora, além de não estar sozinho, o prefeito terá uma explicação bastante simples para que o público entenda o que sua administração fez. Afinal, de 95 regiões da cidades, 51 ficaram isentas – exatamente aquelas nas quais vive a população mais carente.

Portal Brasil 247

Audiência pública do projeto Novo Recife começa com vaias e bate-boca

Vaias e bate-bocas marcaram a fase de discussão da audiência onde o consórcio Novo Recife apresenta, na manhã desta quinta-feira (27), o redesenho do projeto imobiliário destinado à área do Cais José Estelita, na área central da capital pernambucana. A audiência pública começou às 9h20, no Clube Internacional, com cadeiras ainda sobrando no espaço.  "Temos aqui técnicos do Consórcio que vão explicar as alterações feitas e depois abrir para a população se posicionar", aponta o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano do Recife, Antônio Alexandre.

Compareceram ao local 210 pessoas - o número foi fornecido pelo Novo Recife e confirmado pela Prefeitura. A apresentação levou cerca de 20 minutos e, ao término, integrantes do movimento Ocupe Estelita vaiaram e ergueram cartazes, reclamando do projeto e do processo conduzido pela Prefeitura para redesenho. Ao abrir para os posicionamentos, o primeiro a falar foi Jorge Roma, representante do Sindicato dos Urbanitários. Defendendo o projeto, ele foi vaiado e interrompido, chegando a discutir brevemente com alguns integrantes do movimento. Na plateia, algumas pessoas indicavam que ele estava ultrapassando o horário. A cada defesa do projeto, mais vaias.
Antônio Alexandre precisou interromper e cortar o microfone, explicando que o tempo a mais dado nas falas de algumas pessoas era devido às interrupções. “As mesmas pessoas que estão cobrando o respeito ao tempo de fala são as que estão interrompendo a fala dele. Estamos em uma audiência pública e não se pode esperar que todos tenham a mesma opinião”, aponta o secretário.
Representante do grupo Direitos Urbanos, que integra o movimento Ocupe Estelita, o professor Lucas Alves explica que, do ponto de vista do movimento, o redesenho é "ilegítimo a partir do que a gente reinvidica". "Ele não contempla as reinvindicações da população em termos de urbanismo, mas acima de tudo a gente pede é um processo de participação popular, onde todas as entidades públicas e privadas participem da discussão para saber o que vai ser aquilo ali", aponta Alves.
Ele lembra ainda que a questão da habitação e a revitalização do centro histórico ainda têm de ser abordada com mais clareza. "A gente não tem como ratificar um redesenho desse, que além de a gente entender que é danoso urbanisticamente, socialmente e em vários pontos a ilegalidade, o processo é cheio de ilegalidades", afirma Alves, recordando os processos que correm no Ministério Público Federal sobre a venda da área.
O redesenho apontou o uso de um espaço do pátio operacional da Rede Ferroviária Federal, que ainda está em uso, e consequentemente não existe, lembra o professor. "O pátio ferroviário, enquanto estiver funcionando, aquela área tem que continuar murada. A decisão é em nível ministerial, que depende de política pública. Aquela é uma ferrovia que desenvolveu as cidades da Zona da Mata Sul, é a segunda ferrovia do Brasil, a primeira que ligou o interior", lembra.

O projeto
O secretário aponta que a audiência é voltada para apresentação das mudanças feitas pelo Consórcio Novo Recife, a partir das diretrizes elaboradas pela Prefeitura do Recife. “Essas diretrizes foram resultado de um trabalho desenvolvido a partir de outra audiência pública e mais cerca de 300 sugestões que chegaram depois. Após essas diretrizes, o consórcio e sua equipe técnica fizeram as alterações apresentadas aqui”, afirma o secretário.
A apresentação do redesenho do projeto foi feita pelos técnicos do Consórcio Novo Recife, que destacaram as novas vias, como a ampliação da Avenida Dantas Barreto e a derrubada do viaduto do Forte das Cinco Pontas, e principalmente o aumento da área voltada para o uso público. “Temos a inversão da relação público-privada. A Lei federal prevê que nesses processos tem que deixar 35% para área pública, usando 65% para as áreas privadas. O novo desenho do projeto inverte essa relação, com 65% da área de uso público”, aponta o arquiteto Jerônimo da Cunha Lima.
Jerônimo lembrou ainda que havia um vazio naquela área e que a expectativa é atrair pessoas para moraram ali, assim com serviços e negócios. “A gente tem muitas barreiras hoje, como os muros da Rede Ferroviária, nossa ideia é derrubar e permitir a permeabilidade e fluxos no território”, aponta Lima. Ainda de acordo com o plano das construtoras, haverá ampliação no Parque das Cinco Pontas, com demolição do Viaduto do Forte das Cinco Pontas, além da construção de um café, livraria e centro de artesanato nas três casas do terreno. Os dois silos (antigos tanques de melaço) que ficam no local serão ocupados por uma biblioteca e um espaço cultural; a oficina eletrotécnica será transformada em anfiteatro. O valor das medidas de mitigação não foi alterado, e elas permanecem orçadas em R$ 62,750 milhões.

Após a audiência pública, o Consórcio Novo Recife precisa entregar um projeto formal à Prefeitura, que vai analisar se ele está de acordo com as diretrizes apresentadas. Em seguida, a Prefeitura elabora um Plano Específico de Ocupação da área do Cais José Estelita, Cais de Santa Rita e Cabanga, que é um projeto de lei que orienta as obras no local e precisa ser aprovado também pela Câmara dos Vereadores. Só após aprovação desse plano na Câmara dos Vereadores é que o processo de construção pode começar.
A primeira audiência pública para apresentação do redesenho havia sido suspensa no dia 6 de novembro por ordem da juíza Mariza Borges, da 3ª vara da Fazenda Pública, alegando que a gestão municipal não teria respeitado o tempo mínimo de 15 dias entre a convocação e o evento, previsto em lei.
O redesenho do projeto já havia sido apresentado a jornalistas no dia anterior à primeira audiência pública. Segundo a proposta do consórcio, do espaço total do terreno (101,7 mil metros quadrados), 65% terão ocupação pública e 35% de ocupação privada, com áreas destinadas para comércio, hotelaria, moradias populares, residenciais e áreas de esportes, espaço cultural e lazer. O projeto inicial previa que 45% do terreno fosse área pública e 55%, privada. Dentro da área pública, 10,6 mil m² serão para uso comercial e de serviços.
O número de andares dos prédios mais altos foi também alterado. Os 13 prédios terão de 12 a 38 andares e vão de 42 a 137 metros de gabarito. Em relação à altura dos edfifícios, o projeto aprovado anteriormente tinha prédios de até 140 metros de gabarito (cerca de 40 andares), em toda a extensão. Dez dos edifícios serão residenciais, com 1.042 unidades habitacionais; outro será um empresarial; mais um de uso misto (empresarial e flat) e, por fim, um hotel com 308 leitos.
Cancelamento
A decisão da Justiça de cancelar a primeira audiência foi anunciada no mesmo dia em que o Movimento Ocupe Estelita havia convocado a imprensa para anunciar que havia entrado com representação junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) contra a Prefeitura do Recife para anular o edital de convocação. O grupo acusou a gestão de desrespeitar a Lei Municipal 16.745, que prevê a convocação de audiência com pelo menos 15 dias de antecedência e ainda a disponibilização à população do material a ser descutido no encontro.
Procurada pelo G1 na ocasião, a Prefeitura do Recife informou que a audiência tinha como objetivo promover uma primeira apresentação pública das adequações do projeto às diretrizes urbanísticas estabelecidas pela prefeitura e que "não havia material prévio a ser disponibilizado como acontece nas audiências públicas vinculadas a processos administrativos regulamentados em lei específica".
Histórico
Em 2012, quando o projeto do Novo Recife ganhou corpo e veio a público, os ativistas recifenses promoveram a primeira edição do Ocupe Estelita, inspirados pelo movimento “Occupy Wall Street”. A ideia era realizar atividades culturais na área do Cais, para que a população conhecesse esse terreno tão estrategicamente localizado, mas abandonado há muito tempo. Desde então, o local foi palco de shows, aulas públicas e atividades de lazer, além de diversas manifestações e conflitos.
Desde que o projeto foi criado, em 2012, provoca polêmica e é discutido judicialmente. Cinco ações tramitam questionando o Novo Recife: uma civil pública do Ministério Público estadual, uma do Ministério Público federal e três ações populares. As ações populares pedem a nulidade do ato administrativo do Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU), que aprovou a proposta imobiliária, no fim de 2012.
O Novo Recife afirma que o projeto foi muito estudado, respeita os parâmetros legais do estado, do município, e cumpre a lei. Durante o processo de negociação realizado no primeiro semestre deste ano, o grupo de construtoras disse estar de acordo em fazer um redesenho do projeto. Segundo eles, o desenho da obra imobiliária prevista para o Cais foi concebido a partir de informações coletadas desde 1970 e foi elaborado por três arquitetos.
Portal G1

Chespirito morreu. Mas Chaves e Chapolin são eternos

O ator Roberto Bolaños, criador de personagens como Chaves e Chapolin, morreu aos 85 anos nesta sexta-feira (28), em sua casa em Cancún, no México.
A causa da morte não foi divulgada. Segundo Edgar Vivar, intérprete de Seu Barriga, o corpo será transportado para a Cidade do México, onde será velado.
Com problemas respiratórios, dificuldades para se locomover e se mexer, o ator e comediante havia se isolado com a família em Cancún em busca de ar puro, segundo informações divulgadas em abril. Em suas últimas aparições públicas, Bolaños se deslocava com o auxílio de uma cadeira de rodas.
Bolaños era casado com Florinda Meza, a atriz que interpretava a maioria dos personagens femininos, inclusive a Dona Florinda, desde 2004. Ele era pai de Roberto, Paulina, Graciela, Marcela, Teresa e Cecília, frutos do primeiro casamento, com Graciela Fernández Pierre. 
"El Chavo del Ocho", nome original da série "Chaves", foi exibida pela primeira vez em 20 de junho de 1971 no México. No Brasil, "Chaves" é o seriado infantil de maior longevidade da TV. No ar no SBT desde 1984, o programa conta a história de um menino órfão que vive dentro de um barril, em um cortiço.
O personagem e seus amigos Quico, Chiquinha, Nhonho, seu Barriga, seu Madruga, dona Florinda, professor Girafales e dona Clotilde, conhecida como "a bruxa do 71", conquistaram crianças e adultos de todas as gerações no país com seu humor ingênuo, cheio de bordões e sem qualquer palavrão. As histórias de Chaves e sua turma ganharam adaptações em desenho animado, videogames e peças de teatro.
O SBT interrompeu a exibição de um episódio de "Chaves" para noticiar a morte do artista. À noite, a emissora divulgou uma nota lamentando a morte e anunciou a exibição de um especial em homenagem a Bolanõs, às 21h15. "É com muito pesar que a direção do SBT confirma o falecimento do ator Roberto Bolaños, o Chaves, na tarde desta sexta-feira. O SBT lamenta a perda do grande artista que faz parte da programação da emissora há 30 anos. Lamentamos a perda do ator e deixamos nossos sentimentos aos familiares, amigos e admiradores de Roberto Bolaños", dizia o comunicado.

Lágrimas e ComoçãoIntérprete do Seu Barriga, Edgar Vivar despediu-se aos prantos de Roberto Gómez Bolaños, o criador do Chaves, morto nesta sexta-feira (28) em Cancún, no México. O ator foi entrevistado por telefone pela Televisa, mas estava muito emocionado e não pôde terminar o adeus ao amigo. Outros atores de Chaves e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, também lamentaram a morte do comediante.

"Recordo [Roberto Gómez Bolaños] sempre com um sorriso e um brilho nos olhos. Agradeço a Deus pelo trabalho que fez", disse na Televisa Edgar Vivar, ofegante e sem conseguir conter as lágrimas. No Twitter, o ator disse que Chaves continuará em seu coração. "Roberto, não se vá, permanece em meu coração e em todos os corações de tantos que nos fizeram felizes. Adeus, Chaves, até sempre", escreveu na rede social.

Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, também publicou no Twitter uma mensagem de despedida a Roberto Gómez Bolaños. "Obrigado por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo. Descanse em paz, Roberto", escreveu.
Ricardo de Pascual, que interpretou Senhor Calvillo, Senhor Furtado e outros personagens secundários de Chaves, escreveu em sua página no Facebook que a memória de Chespirito, como Bolaños é conhecido, estará viva: "Aqui vamos sentir sua falta. Enquanto te recordemos, viverá, amigo".

Graciela Gómez, filha de Roberto Gómez Bolaños, publicou no Instagram uma faixa preta de luto. O comediante deixa seis filhos, todos do primeiro casamento com Graciela Fernández, morta em 2013.

Presidente do México, Enrique Peña Nieto lamentou no Twitter a morte de Roberto Gómez Bolaños e reconheceu a importância do comediante para a cultura mexicana: "Lamento profundamente o falecimento de Don Roberto Gómez Bolaños, Chespirito. Minhas condolências à sua família. México perdeu um ícone, cujo trabalho transcendeu gerações e fronteiras".

Compartilhando Post - "Fica aqui o nosso carinho. Vai deixar saudades."  Com estas duas simples frases a Globo prestou sua homenagem no Facebook ao humorista Roberto Bolãnos, conhecido como Chespirito, intérprete dos lendários Chaves e Chapolim. Ele morreu nesta sexta (28) no México.

A mensagem por si só já seria um momento único, quando uma concorrente lembra de uns principais programas da outra, mas além disso esta foi a primeira vez que a página oficial do plim-plim compartilhou sua maior rival nas redes sociais.

Jornal Nacional também falou sobre o assunto na TV. Direto de Nova York, o jornalista Jorge Pontual deu as informações sobre a morte do humorista. Ele lembrou a comoção que Bolãnos despertou com seus personagens nos mais de 100 países em que foram transmitidos os programas criados por ele.

Em 2005, 'Chaves' quase foi para Globo. Na tentativa de combater a audiência fiel do programa, uma oferta milionária foi feita à Televisa, informou a Folha na época. A especulação era de a emissora carioca colocaria o seriado nas madrugadas.
A negociação não foi finalizada, e diariamente as história das vila continuaram a ser transmitidas nas tardes do SBT, inclusive hoje quando foi interrompida a exibição do programa para o plantão que anunciou a morte de Bolaños.

Causa Mortis - A causa da morte, ocorrida às 14h30 (horário do México) em casa em Cancún, não foi confirmada. Em fevereiro deste ano, quando Roberto Bolaños completou 85 anos, um parente confirmou à agência de notícias Efe que a saúde dele era “frágil” e que ele permanecia quase o tempo todo na cama, com acompanhamento 24 horas por dia. A última mensagem divulgada pelo perfil oficial de Bolaños no Twitter foi: "Todo meu amor para o Brasil". Ele escreveu em resposta a uma fã brasileira no microblog.

Biografia - Bolaños nasceu na Cidade do México em 21 de fevereiro de 1929. Estudou engenharia, mas nunca exerceu a profissão. Praticou boxe e era um fanático torcedor do clube de futebol América. Começou sua carreira profissional na publicidade, onde começou a trabalhar em roteiros.

Casou-se pela primeira vez com a escritora Graciela Fernández, com quem teve seis filhos. Só em 2004 oficializaria seu casamento com a atriz Florinda Meza, a Dona Florinda, com quem começou a viver em 1977. Aos 80 anos, perguntaram a ele sobre a sua relação de décadas com a atriz Florinda Meza. "Já estamos há 30 anos casados", respondeu. "Temos um casamento sólido que só a morte acabará com ele... ou a Shakira!". Ganhou o apelido de Chesperito do diretor de cinema Agustín P. Delgado por causa do 1,60 de altura.

Foi só em 1968 que começou sua carreira de ator, na emissora TIM, em séries como “Los Supergenios de la Mesa Cuadrada” e “El Ciudadano Gómez”, em espaços de 30 minutos de duração aos sábados.


Foi só na década de 1970 que começaram a ser exibidos as séries que fizeram de Bolaños um gigante do humor: "Chespirito", "Chapolin" e "Chaves". A partir de 1973, quase todos os países da América Latina tinha na programação de TV episódios dos programas.

O jornal mexicano "Excelsior" cita a seguinte declaração de Bolaños a um TV espanhola sobre seu personagem mais famoso no Brasil: "Chaves, ainda que carecendo de quase tudo, é otimista, aproveita a vida, brinca, se emociona e tem o maravilhoso dom que é a vida"
No começo da década de 1990, Bolaños decidiu aposentar "Chaves" e "Chapolin" e resolveu apostar em "Los Caquitos", em que interpretava o ladrão Chómpiras (que ganhou no Brasil o nome de Chaveco).

Chaves era um dos personagens e segmentos do programa "Chespirito" que começou a ser exibido no México em 1971. O primeiro capítulo de "El Chavo del Ocho" (como era conhecido o personagem nos outros países de língua espanhola) foi transmitido em 20 de junho de 1971.

O sucesso das histórias do menino sardento de 8 anos que vive dentro de um barril foi tanto que seu programa era transmitido para quase todos os países da América Latina já em 1973. Chaves foi dublado para mais de 50 idiomas e transmitido em países distantes como Tailândia, China, Japão e Grécia.

A série foi produzida originalmente entre 1971 e 1980, como programa independente, e entre 1980 e 1992 como esquete do programa de variedades "Chespirito", que Bolaños estrelou na rede de TV Televisa. Foram mais de 300 episódios, segundo a rede Televisa. A série "Os Simpsons" homenageou Bolaños com o personagem Pedro Chespirito, que aparece sempre vestido de abelha e fala frases em espanhol.

Valores - Apesar de ter vivido em concubinato com Florinda por 27 anos, os valores de Bolaños eram conservadores. Inclusive, chegou a participar de uma campanha contra a legalização do aborto na Cidade do México.

Nunca escondeu suas convicções políticas e apoiou a campanha do conservador Vicente Fox, cuja eleição em 2000 rompeu com mais de 70 anos de governo do Partido da Revolução Institucional.
Apaixonado por futebol, Bolaños chegou a se encontrar com o astro argentino Diego Maradona, que o agradeceu por tê-lo divertido com os seus personagens e ele aproveitou para retribuir por tê-lo deleitado com suas proezas dentro do campo.

Carinho de fã - O jornalista e professor Adriano Portela escreveu o seguinte texto no Facebook, resumindo o sentimento dos fãs em meio à perda do ídolo: Uma piada repetida vai perdendo a graça, mas não quando essa piada é escrita, produzida, dirigida e contada por Chespirito, um verdadeiro pequeno-grande Shakespeare do humor. Lá se foi o meu preferido; o melhor de todos os humoristas. Esse sim, um verdadeiro fenômeno. Milhares e milhares ainda darão boas gargalhadas dos seus tão nossos textos. E sem querer querendo ele chega ao plano superior, de lá vai solicitar ao poderoso que o mundo continue a sorrir, mesmo sem a presença do menino do barril na terra. Adeus Bolaños e vida longa aos imortais Chaves e Chapolin.

Para matar as saudades, assistam o episódio Chaves em Acapulco:




Com informações do Portal UOL, Brasil Post, G1, Agência Reuters e do jornalista Adriano Portela

27/11/2014

Pernambucanos no Sul-Americano

A seleção brasileira que participará do Campeonato Escolar Sul-Americano em Aracajú/SE, de 04 a 11 de dezembro, está formada. E três atletas pernambucanos fazem parte: Erycles Lindomar da Silva Souza (EREM Maria Cavalcanti) e Yasmim Gomes da Cruz (Escola Prof. Fernando Mota), ambos do atletismo, e Leonardo D’Agostin de Azevedo (Escola de Aplicação do Recife - na foto), do judô. 
A convocação foi realizada com base nos resultados obtidos nos Jogos Escolares da Juventude – Etapa 12 a 14 anos, realizados de 04 a 13 de setembro na cidade de Londrina/PR. A competição é promovida pelo Consude – Conselho Sul-Americano de Desportes, do qual o Brasil é integrante. Esta vigésima edição reunirá estudantes/atletas de 11 países, competindo nas modalidades de: atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, judô, basquetebol, handebol, voleibol e futsal, todas nos naipes masculino e feminino.
A organização do evento está a cargo da Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE, em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Secretaria de Estado do Trabalho de Sergipe e com o apoio financeiro do Ministério do Esporte.
Secretaria de Esportes de Pernambuco