segunda-feira, fevereiro 24, 2020

Caminhada Mentoring Walk no Recife

Mentoria é uma excelente forma de desenvolvimento para o seu negócio! Já pensou em fazer isso em um parque com mentoras especialistas?!

Venha participar do Mentoring Walks! Uma caminhada com mentoria da rede Vital Voices, que acontecem todo ano ao redor do mundo em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. No Brasil, a Rede Mulher Empreendedora é a organizadora oficial e já realiza pelo sétimo ano consecutivo.

Inscreva-se e venha tirar suas dúvida nesta mentoria divertida que pode auxiliar no desenvolvimento de seu negócio!

Evento exclusivo para mulheres

Serviço:

Mentoring Walk Recife
Horário: Das 09h00 às 12h00 
Local do Ponto de Encontro: Uninassau Capunga 
Endereço: R. Joaquim Nabuco, 778 – Madalena – Recife/PE 

Ingressos através do Site:
https://www.sympla.com.br/global-mentoring-walk---caminhada-com-mentoring-recifepe-2020__784697?fbclid=IwAR1ULmLtvadAvew_XUmGNqALvswC_-rV8v2HtLTkZ-zv3NtOaft8q-fdAMA

Humorista Leo Lins faz show no Recife

Após turnê recorde de público e de censuras, o humorista Léo Lins, integrante do programa The Noite, com Danilo Gentili, no SBT, lança seu novo show no Recife, dia 14 de março, às 20h, no Teatro Guararapes. O nome do espetáculo será divulgado poucas semanas antes do evento. A única coisa que sabemos é que o show será mais pesado que o anterior. A turnê anterior, Bullying Arte, foi recorde de censura. Teve cidade que o prefeito mandou fechar o teatro mesmo com a pauta paga e ordem judicial dando liberdade para a equipe produzir o evento. Acreditamos que este novo show (que ainda está com o nome surpresa pro publico e grande imprensa) e promete repetir o feito de público e censuras.

Jovem aprende a ler na Funase durante projeto conduzido por agente socioeducativa

Um projeto conduzido por uma agente socioeducativa está ajudando adolescentes a ter outro tipo de relação com as palavras dentro da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Diariamente, socioeducandos participam de um reforço no espaço de leitura do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, onde a iniciativa ocorre. Um dos internos, U.E.G.S., de 18 anos, que chegou à instituição há pouco mais de um ano, sem saber ler, evoluiu tanto ao participar do projeto que decidiu solicitar a emissão de um novo documento de identidade, desta vez, contendo a própria assinatura.

No RG anterior, havia a expressão “não alfabetizado” carimbada em lugar do nome do jovem. Mais que um primeiro passo rumo à alfabetização, conseguir assinar o documento foi um salto para a dignidade. “Na rua, eu tinha vícios, não queria saber de nada. Meu pai me colocava em escolas e eu não queria estudar. Depois que passei a fazer cursos, escola aqui, fui me interessando. Estudei, comecei a escrever meu nome e tirei minha identidade”, afirma o socioeducando, que cursa a Educação de Jovens e Adultos (EJA) equivalente às séries finais do Ensino Fundamental I. “Quero sair sabendo ler e dizer aos outros que vale a pena se dedicar”, diz.

Nas escolas existentes nas 11 unidades de internação da Funase, a necessidade de corrigir distorções idade-série aparece entre os principais desafios das equipes pedagógicas, que recebem jovens, muitas vezes, afastados da rotina escolar por vários anos. O projeto da Funase, batizado de Leitura Mais, passou a ser desenvolvido de forma complementar às ações da escola. “Fico feliz de participar de momentos importantes na vida desses jovens. Queremos que os socioeducandos vejam exatamente isto: que a educação e o estudo são tudo na vida”, avalia a agente socioeducativa Patrícia Maria, responsável pelas ações no espaço de leitura.

Atualmente, o Case Cabo atende 192 adolescentes com idades a partir de 17 anos e seis meses e, excepcionalmente, jovens até 21 anos. Todos estão matriculados na escola que funciona na unidade. “O objetivo do projeto é, justamente, estimular que os socioeducandos ponham em prática a leitura, como extensão da escola. O jovem U.E.G.S., que chegou aqui desmotivado e com receio de mostrar seu documento de identidade, é um exemplo da eficácia dessa ação. Hoje, ele já consegue escrever o nome e ler pequenas frases. É uma história que está tomando novos rumos”, declara a coordenadora técnica do Case Cabo, Midian Borges.

Imprensa Funase PE

Mulheres rurais de Unidade Produtiva do PNCF recebem escrituras individualizadas da SDA

A liderança comunitária da Associação Mulheres Angelicais Construindo Cidadania recebeu da Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco (SDA) nove títulos individualizados de propriedades rurais, após a conclusão do trabalho de georreferenciamento realizado pelo Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe). A entrega, fruto da execução do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) no estado, teve como objetivo beneficiar as mulheres rurais, garantindo maior autonomia e segurança jurídica sobre o direito ao imóvel rural, localizado no município de Buíque, que possui mais de 95 hectares.

As nove beneficiadas foram contempladas, em 2018, com a aquisição de imóvel rural localizado no Sítio Queimada de São Bento. Nesse período, o PNCF contemplava apenas uma escritura única para o grupo de famílias rurais beneficiárias. “Através desse título individual, as mulheres contempladas e suas famílias terão maior segurança jurídica em relação ao patrimônio adquirido e maior autonomia para acessar outras linhas de crédito para incrementar a sua produção”, explicou o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

A entrega foi realizada, em caráter simbólico, na sede da SAD, com a participação do secretário e gestoras e gestores das instituições parceiras dessa ação. Estavam presentes a gerente do Crédito Fundiário do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Alcineide Oliveira; a coordenadora geral da Associação Municipal de Gestoras e Gestores Comunitários de Sistemas de Abastecimento de Água de Buíque, Jessika de Oliveira Araújo; a secretária Municipal de Políticas Públicas da Mulher do município de Buíque, Santina Teresa; os representantes da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Itamar Carvalho e Aldo Siqueira, e a diretora da Fundação Avina, Telma Rocha.

SOBRE O FINANCIAMENTO CONQUISTADO PELAS MULHERES RURAIS

Através do PNCF, as beneficiárias foram contempladas com R$ 479.700,08 no total, desses R$ 229.780,08 representam o valor global do financiamento da aquisição da terra (Subprojetos de Aquisição de Terras – SAT) e R$ 249.920,00 foram recursos não reembolsáveis destinados aos Subprojetos de Investimentos Produtivos (SIC), que serão liberados visando garantir a infraestrutura necessária para alavancar o empreendimento.

O programa possibilita que trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam comprar um imóvel rural por meio de financiamento e adquiram recursos para estruturação da propriedade, do projeto produtivo e contratação de assistência técnica e extensão rural.


Imprensa Iterpe

Pernambuco sedia fórum para discutir exportações do Nordeste

Pernambuco será sede de um mega evento regional que vai reunir empresários, e líderes de entidades ligadas ao setor de logística portuária, além de autoridades governamentais e parlamentares, para discutir ações com o objetivo de estimular a cultura exportadora, reduzir a burocracia que aumenta o "custo Brasil” e incentivar a captação de recursos privados nacionais e estrangeiros para investimentos de infraestrutura.

O evento é o Fórum Nordeste Export, que será lançado no próximo dia 3 de março, durante encontro realizado no auditório do Centro Administrativo do Porto de Suape, às 15h.

O Fórum Nordeste Export acontecerá de 15 a 16 de junho, no Porto Digital do Recife. O evento realizando na capital pernambucana integra uma série de fóruns regionais nos quais serão levantados os temas que serão discutidos no Fórum Nacional Brasil Export, que será realizado de 19 a 20 de outubro, em Brasília.

“O Nordeste Export será um amplo e abrangente centro de discussões com temas relevantes e que vão contribuição para o desenvolvimento de todo o setor logístico portuário nacional, afirma Fabrício Julião, Diretor-Presidente da Una Marketing de Eventos, realizadora dos encontros.

Segundo ele, a programação será definida na reunião do próximo dia 3 pelo Comitê Técnico Orientador, que reúne as principais lideranças e especialistas do setor de logística e infraestrutura portuária, além de autoridades governamentais.

O coordenador do Comitê Orientador do Nordeste Export, Aluísio Sobreira, conta que, na primeira rodada de reuniões realizadas no Recife, em novembro último, com dirigentes dos portos de Suape e Recife, Federação das Indústrias, Sindicato dos Operadores Portuários, Sindicato das Indústrias de Açúcar e empresários do setor de exportação e importação, a receptividade foi total.

“Todos com quem mantivemos contato vislumbram que o Nordeste Export é uma ferramenta fundamental para promover o comércio exterior na região”, afirmou Sobreira que é diretor da Merco Shipping Marítima, vice-presidente da Câmara Brasileira de Contêineres e diretor da Associação de Comércio Exterior do Brasil.

“Estamos diante de perspectivas muito positivas em relação à necessidade de investimento em infraestrutura logística do País. Em razão disso, considero fundamental a realização em Pernambuco de um fórum com lideranças dos estados do Nordeste para discussão dos principais gargalos que dificultam a comércio exterior na região”, afirma Manoel Ferreira, vice-presidente da Federação Nacional dos Operadores Portuários (Fenop) e diretor do Sindicato dos Operadores Portuários de Pernambuco (Sindope).

Luiz Alberto Barros, Diretor de Desenvolvimento de Negócios de Suape, aponta os principais desafios para o setor: “Considerando o potencial logístico do Porto de Suape, tão importante quanto o desafio de atrair novos investimentos geradores de emprego e renda para toda a região Nordeste, será a criação de soluções socioeconômicas por meio da inovação, fortalecendo assim nossos equipamentos portuários e toda a comunidade logística.”

Para Javier Ramirez, diretor-presidente do Tecon Suape, o Nordeste Export vai ampliar o potencial de crescimento do setor: “O desafío é abrir novos mercados diretos de exportação desde o nordeste, desenvolvendo uma cadeia logística eficiente, independente dos portos do sul do Brasil, além de continuar desenvolvendo a boa infraestrutura portuária, aproveitando assim os enormes recursos humanos e naturais da região”.

Além do Nordeste Export, que acontecerá no Recife dias 15 e 16 de junho, serão realizados os eventos regionais Norte Export (27 e 28 de abril, Macapá), Sudeste Export (18 e 19 de maio, São Paulo), Sul Export (3 e 4 de agosto, Curitiba) e Centro-Oeste Export (24 e 25 de agosto, Cuiabá). Inscrições pelo site http://forumbrasilexport.com.br

Grupo Dislub Equador inaugura no Recife 1º posto verde do Nordeste

O Grupo Dislub Equador - uma das maiores distribuidoras de derivados de petróleo independentes do País - inaugura no Nordeste o primeiro posto mais ‘verde’ da empresa. Localizada na Avenida Dezessete de Agosto 2290, bairro de Casa Forte, no Recife (PE), a nova unidade está gerando 20 empregos diretos. Entre as iniciativas sustentáveis está a recuperação de gases eliminados durante o abastecimento dos veículos. A intenção é evitar a inalação dos mesmos pelo cliente e frentista. É o primeiro da região Norte/Nordeste a contar com esse recurso.

Outra novidade é o aproveitamento da luz solar na cobertura do posto para gerar energia voltada ao seu funcionamento. Com a abertura dessa nova unidade, a Dislub amplia sua marca na região, alcançando 435 postos entre Norte e Nordeste. Desse total, além das novas unidades, mais de 100 postos fraqueados na região já passaram pela conversão da bandeira e receberam a nova imagem do grupo.

No portfólio de produtos, a nova unidade conta com combustíveis DuraMais - gasolina e diesel – menos poluentes, mais limpos e que permitem ampliar em torno de 10% o desempenho do motor. O objetivo é reduzir as emissões de gases de efeito estufa, com a diversificação de matriz energética. “Faz parte de nosso DNA buscar formas de amenizar os impactos ambientais e também incentivar a rede de postos a adotarem boas práticas sustentáveis na operação”, adianta o sócio-diretor do Grupo Dislub Equador, Humberto Carrilho.

Além dos combustíveis de transição energética da marca DuraMais (gasolina e diesel), que tem homologação dos organismos da ONU (UNITAR), outra opção é o GNV (Gás Natural Veicular), produto menos poluente ao meio ambiente.

O executivo informou que, no novo posto, há ainda a coleta seletiva de resíduos e a adoção de um sistema inovador de contenção de ruídos, através de uma cabine acústica no compressor de GNV, para evitar poluição sonora no entorno do posto.

Gasolina DuraMais - Desde que foi lançada ano passado pela Dislub, a DuraMais vem se consolidando e ganhando mais mercado nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O diferencial tem sido a melhor opção para quem busca economia, desempenho e menos poluição. Trata-se de uma gasolina eco aditivada, exclusiva, reconhecida internacionalmente e fabricada com a tecnologia GreenPlus. Polui até 50% menos e traz uma economia de combustível de até 10%.

Diesel DuraMais - Para atender também veículos que utilizam outros combustíveis e inovar o setor, a Dislub lançará, este ano, o diesel DuraMais. “Vai revolucionar o mercado assim como a gasolina DuraMais, já que também possuirá atributos únicos de economia e menos poluição”, afirmou Humberto Carrilho.

Sistema FIEPE abre inscrições com 151 vagas para profissionais de diversas áreas

O Sistema FIEPE está com as vagas abertas nas áreas administrativa e educacional, além de oportunidades de estágios, para as unidades da Região Metropolitana do Recife, Agreste e Sertão do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Pernambuco (SENAI-PE) e do Serviço Social da Indústria de Pernambuco (SESI-PE). Ao todo, são 151 vagas abertas com inscrições disponíveis até o dia 26 de fevereiro.

Segundo a gerente de Gestão de Pessoas do Sistema FIEPE, Milena Godoy, as inscrições devem ser realizadas por meio dos sites do SENAI (www.pe.senai.br) e do SESI (www.pe.sesi.br) na seção ‘Trabalhe conosco’ . “Lá, todas as vagas estão detalhadas com as respectivas orientações para candidatura, como cargo e forma de se inscrever para as oportunidades disponíveis em cada instituição”, destacou.

Os requisitos variam de acordo com as oportunidades, porém é preferível que os interessados tenham ensino superior completo e especialização em sua área de atuação. Os candidatos deverão passar, ao menos, por cinco etapas de seleção, como análise curricular, provas técnicas e práticas, avaliação didático-pedagógica e entrevistas.

Imprensa FIEPE

Iterpe prestigia celebração de famílias rurais beneficiárias do PNCF em Iati

Durante agenda de qualificação do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF), no Agreste Meridional, os gestores do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe), Alcineide Oliveira (PNCF/PE) e Ivison Souza (Ações Fundiárias), prestigiaram a festa de comemoração da liquidação do imóvel rural adquirido pelos 90 agricultores da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Iati. O momento festivo foi realizado pelas famílias rurais da Fazenda Santa Rosa, que foram beneficiadas com a concessão de descontos para a liquidação de dívidas originárias de operações de crédito rural.

Durante a celebração, os gestores anunciaram que o Iterpe irá realizar o georreferencimento dos lotes e a regularização do quadro social, com o objetivo de conquistarem, em breve, os títulos individuais de propriedade rural, instrumento que amplia as chances de outros créditos agrários aos beneficiários do programa junto às instituições financeiras.

Propriedade Legal - Em 2019, o Iterpe, junto com a Prefeitura de Iati, firmou parceria por meio de Termo de Cooperação Técnica para promover a Regularização Fundiária de 500 imóveis rurais do município. A implementação das ações fazem parte do Propriedade Legal, programa do Governo do Estado que visa a titulação de 65 mil imóveis rurais e urbanos.

A parceria está viabilizando a execução do trabalho de georreferenciamento das áreas, cadastro das famílias rurais e emissão dos títulos de terra. Para otimizar as ações, o Iterpe utilizará os recursos por meio do convênio nº 851671 firmado entre o Iterpe e a União, através de infraestrutura e recursos humanos a ser fornecido pela Prefeitura Municipal de Iati, que por sua vez agilizará o trabalho.

Imprensa Iterpe

Funase capacita sobre política de saúde voltada a jovens em conflito com a lei

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) promove, até esta quinta-feira (20), uma capacitação quanto à Política Nacional de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes em Conflito com a Lei (PNAISARI). O objetivo é atualizar os funcionários das unidades socioeducativas em um cenário de mudanças nas políticas públicas no campo de saúde mental, álcool e outras drogas. O evento está ocorrendo no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos de Pernambuco (Cefospe), no Recife.

A PNAISARI foi desenvolvida em 2014 pelo Ministério da Saúde em parceria com a então Secretaria dos Direitos Humanos e prevê a articulação entre entes estaduais e municipais para o atendimento de saúde voltado a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Da capacitação da Funase, estão participando agentes socioeducativos e profissionais técnicos que atuam no Grande Recife e no Interior. Alguns são dos Grupos de Orientação sobre Drogas (GOD) existentes nas unidades socioeducativas.

“Tem sido um encontro de quatro dias, em que abordamos, por exemplo, a questão da redução de danos, linha do cuidado de acordo com a política estadual sobre drogas. O intuito é dialogar com esses profissionais que estão na ponta do atendimento aos socioeducandos e construir novas formas de cuidado”, explica a coordenadora do Eixo Saúde da Funase, Mirtes Martins.

Imprensa Funase PE

Catadores de latinhas faturam no Carnaval

Somente no sábado e domingo de Carnaval, a Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Olinda já conseguiu recolher das ruas 50 toneladas de latinhas descartadas pelos foliões. A estimativa é atingir a meta de 100 toneladas até o fim dos festejos. Os produtos estão sendo armazenados nas casas Três Marias, localizadas no Carmo.

A gestão municipal numa parceria com a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis (Coocencipe) cadastrou 800 pessoas para trabalhar no recolhimento do material deixado nos nove polos de folia instalados em vários pontos da cidade. Elas recebem café da manhã e lanche ao longo do dia, e ganharam uma camisa padronizada.

Cada quilo de latinha é comprado por R$ 3,00 aos catadores. Esse ano, a Prefeitura e a Coocencipe também estão recebendo garrafas plásticas. Cada quilo do produto é adquirido por R$ 0,70.

Imprensa Olinda

Exercícios físicos na água: SESI-PE abre turmas de natação e hidroginástica

A prática de exercícios físicos é essencial para adquirir uma melhor qualidade de vida. Com as altas temperaturas do verão, uma boa opção é investir em atividades em piscinas, que, além de refrescantes, trazem uma série de benefícios a pessoas de todas as idades. De olho em estimular hábitos saudáveis, o SESI-PE abriu turmas de natação e hidroginástica em sete unidades: Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Ibura, Escada, Goiana, Paulista e Petrolina.

Os alunos podem optar por duas ou três aulas semanais da modalidade pretendida. Para os trabalhadores da indústria e seus dependentes, a mensalidade custa a partir de R$ 43,50, enquanto que para o público geral é R$ 63. Os interessados em realizar a inscrição devem comparecer à unidade que deseja praticar a atividade física, portando CPF, um documento de identificação com foto, duas fotos 3x4, comprovante de residência; e cópia da certidão de nascimento ou casamento.

De acordo com o professor do SESI Paulista, Eduardo Braga, a natação é um dos esportes mais completos para o corpo humano e ajuda a desenvolver habilidades motoras fundamentais. “A natação melhora a função pulmonar e o sistema cardiorrespiratório, principalmente em pessoas asmáticas, além de aperfeiçoar a coordenação, o equilíbrio, a autonomia e a segurança no meio líquido”, disse.

Outro ponto positivo é que o aluno também vivencia técnicas de salvamento aquático, podendo diminuir as chances de afogamento, que, segundo a Organização Mundial da Saúde, é uma das principais causas de morte em adultos e crianças de até quatro anos.

Já a hidroginástica fortalece os músculos e os ossos, aumenta o metabolismo, previne doenças cardiovasculares e permite a sociabilização entre os alunos. Para quem quer fugir do sedentarismo e entrar em forma, as atividades físicas no meio líquido são uma ótima opção, pois apresentam menor índice de dor muscular pós-exercício e reduzem os impactos sobre as articulações. Além disso, aliviam o estresse e melhoram a postura.



Presente em todo Estado, desde a capital até o Sertão pernambucano, o SESI-PE possui unidades com excelente infraestrutura, dispondo de campo de futebol e society, quadras de areia, pistas de atletismo e quadras poliesportivas. A instituição oferece, ainda, outras atividades físicas e esportivas, tais como futsal, voleibol, mat pilates, ginástica funcional e musculação. Mais informações pelo telefone 0800 600 9606.


Imprensa Fiepe

Olinda tem serviço de apoio a vítimas de violência no Carnaval

Mulheres que sofrerem algum tipo de violência ou abuso no Carnaval, em Olinda, contam com suporte profissional. A Secretaria de Desenvolvimento, Cidadania e Direitos Humanos montou uma estrutura para o funcionamento do Centro Especializado de Atendimento à Mulher Márcia Dangremon (CEAM). A unidade, que atende das 9h às 16h, fica na Praça do Carmo, no Sítio Histórico. Além de prestar assistência ao público feminino que passou por algum tipo de importunação, as equipes do CEAM realizam customização de camisas e oferecem adereços para embelezar ainda mais as mulheres. 

Imprensa Olinda

PCR divulga cronograma de Pré-conferências municipais de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos da Prefeitura do Recife e o Conselho Municipal de Políticas de Álcool e Outras Drogas (Compad) convocam interessados em participar dos encontros de pré-conferência da 1º Conferência Municipal de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas do Recife. A mobilização tem o objetivo de promover encontros entre os atores da sociedade civil para discutir as políticas públicas municipais sobre álcool e outras drogas entre os indivíduos que convivem no mesmo território da cidade. As reuniões preparatórias acontecem na primeira quinzena do mês de março (vide tabela abaixo) e a participação nesses encontros garante poder de voto na eleição dos delegados que irão representar cada Região Político-Administrativas (RPA) do Recife na Conferência. Cada pré-conferência poderá eleger até 40 delegados por RPA. 

A secretária executiva de Políticas sobre Drogas do Recife, Ana Paula Marques, acredita que o diálogo entre a gestão a sociedade civil é esencial para tratar de um tema tão específico e polêmico, que é o uso abusivo do álcool e de outras drogas. "Os encontros que antecedem a Conferência são importantes para, junto com a sociedade, estudamos nossas ações realizadas até agora e pensar em novas estratégias para trazer mais prevenção e cuidado para os usuários mais fragilizados", afirmou a gestora. 

A realização dos encontros de pré-conferências tem o intuito de viabilizar discussões entre a sociedade civil, instituições e movimentos sociais acerca da necessidades da população sobre o tema de álcool e outras drogas. Considerando que é um tema complexo, as possibilidades de soluções precisam ser construídas coletivamente com a sociedade civil e governo. Dessa forma, os encontros preveem a elaboração de propostas que irão nortear grupos de trabalho na 1º Conferência Municipal de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas do Recife, que acontecerá em 25 e 26 de março, na Faculdade Católica Imaculada Conceição do Recife, no bairro da Caxangá.

"O acontecimento da 1ª Conferência Municipal de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas do Recife pode ser considerada um marco histórico, porque vai permitir que sociedade e poder público debatam e reflitam, juntos, quais as estratégias poderão ser utilizadas para o fortalecimento da política pública no enfrentamento aos desafios postos para a prevenção e no cuidado dos cidadãos Recifenses", destacou Anamaria Carneiro, presidenta do Compad e representante do Conselho Regional de Psicologia. 

Os encontros também têm a finalidade de eleger, entre o grupo de participantes por RPA, os delegados que irão para a Conferência. Delegados são representantes eleitos nas pré-conferências que levarão as propostas aprovadas pela maioria dos participantes para a Conferência. Em novembro de 2019, foram realizados encontros preparatórios para a Conferência, que seria realizada em dezembro, mas precisou ser adiada. Entretanto, é importante destacar que as fichas de trabalho elaboradas nesse encontros estão legitimadas e também serão levadas para as pré-conferências.

Para participar das reuniões de pré-conferência, o interessado não precisa ter vínculo com associações de moradores, basta ser residente do Recife e estar disposto a realizar discussões saudáveis e pertinentes ao tema. Ao chegar no local da reunião, é preciso apresentar um documento com foto e informar o endereço de sua residência ou em alguns casos, o serviço de referência. É importante ressaltar que a população em situação de rua também pode participar dos encontros. O comparecimento em alguma das etapas da pré-conferência é obrigatório para garantir a participação da Conferência.

COMPAD – O Conselho Municipal de Políticas sobre Álcool e outras Drogas (Compad) foi instituído pela Lei Municipal nº 18.420/2017 e tem o objetivo de garantir a governança democrática da política de drogas do Recife, por meio do controle social e representação da sociedade civil, do poder executivo e do poder legislativo. A 1ª Conferência Municipal de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas do Recife será realizada sob o tema "As políticas públicas sobre drogas na consolidação da prevenção e promoção como direito de cidadania", que pretende avaliar a implementação das políticas públicas sobre drogas e as capacidades de resposta governamental, garantir a participação social na formulação e no controle da execução das políticas públicas sobre drogas e, sobretudo, subsidiar a formulação das Políticas Públicas sobre álcool e outras Drogas.

Imprensa Recife


DATA
RPA
LOCAL
HORÁRIO
03/03
RPA 03
CAPP
Av. Norte Miguel Arraes de Alencar, 5600 - Casa Amarela
13h
05/03
RPA 02
SEST/SENAT
Avenida Beberibe, 3212 - Porto da Madeira
13h
10/03
RPA 01
CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE
Rua dos Palmares, 239 - Santo Amaro
13h30
12/03
RPA 05
POLICLINICA AGAMENON MAGALHÃES
Praça da Paz, S/N - Afogados
13h
13/03
RPA 04
CAPS AD EULAMPIO CORDEIRO
Rua Rondônia, 100 - Zumbi
13h
16/03
RPA 06
UNIVERSO Centro Universitário
Av. Mascarenhas de Morais, 2169 - Imbiribeira
13h30

Iterpe realiza I Capacitação de Regularização Fundiária no Sertão do Pajeú

Nos dias 18 e 19, o Iterpe realizou a I Capacitação de Cadastro e Georreferenciamento de Imóveis Rurais de Regularização Fundiária, nas sedes das prefeituras dos municípios de Afogados da Ingazeira e Solidão. A capacitação compõe o conjunto de ações previstas na parceria firmada, em 2019, junto às prefeituras desses municípios, com vistas a implementar as ações do Propriedade Legal no Sertão do Pajeú, programa do Governo de Pernambuco que prevê a regularização fundiária de 65 mil imóveis rurais e urbanos em todo o estado.

“A capacitação contou com um conteúdo programático teórico e prático, voltado a formar novos técnicos de campo para atuar nos trabalhos de geocadastramento dos imóveis e famílias rurais que vivem em áreas consideradas passíveis da regularização fundiária”, explicou o gerente de Ações Fundiárias e Engenheiro Agrimensor do Iterpe, Ivison Silva.

A programação contou com Seminário de Instrução de Cadastro, Seminário de Instrução de georreferenciamento e visita técnica para Cadastro e Georreferenciamento dos Imóveis em áreas devolutas, ministrado por Ivison Silva; Aline Priscilla (analista de cadastro do SNCR e contadora), Margarida Cerqueira (chefe da Unidade de Titulação ITERPE); José Nelmont (especialista de Georreferenciamento e técnico agrícola) e Ricardo Góes (técnico agrícola do Iterpe).

Os investimentos das ações da Regularização Fundiária, nas regiões do Sertão do Pajeú e do Agreste Meridional, são resultado do convênio firmado, em 2018, entre o Iterpe e a União, voltado a promover a titulação definitiva e contribuir para a permanência de 3,5 mil famílias rurais. Com o intuito de expandir a execução dos trabalhos, o Iterpe firmou, em 2019, parceria com as prefeituras municipais de Iati; Bom Conselho; Jupi; Exu; Carnaíba; Afogados e Solidão, firmadas por meio de Termos de Cooperação Técnica, instrumento utilizado para fomentar o Propriedade Legal nas regiões do Agreste Meridional, Sertão do Araripe e Pajeú.

Imprensa ITERPE

Abertas inscrições para a 13ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos

A 13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos acaba de abrir as inscrições para trabalhos audiovisuais criados a partir de 2017. A mostra tem previsão de exibição em maio e junho de 2020. A Mostra é uma ação de promoção da educação e da cultura em Direitos Humanos por meio do audiovisual, com apresentação de filmes sobre o tema.

Uma das novidades este ano é que as obras serão exibidas por meio de plataforma própria de vídeo on demand, além da reprodução de DVDs que compõem o Circuito Difusão. Os trabalhos audiovisuais inscritos não possuem restrição quanto à duração, gênero ou suporte de captação e finalização, mas devem ter sido finalizadas a partir de 2017 e cuja temática contemple aspectos relacionados aos Direitos Humanos, como:


Direitos das pessoas com deficiência;
Direitos da população LGBT/enfrentamento da LGBTfobia;
Memória e verdade;
Liberdade religiosa;
Direitos de crianças, adolescentes e juventude;
Direitos de pessoas idosas;
Direitos da população indígena;
Direitos da população negra;
Direitos da população em situação de rua;
Direitos das mulheres;
Direitos Humanos e segurança pública;
Proteção aos defensores de Direitos Humanos;
Direito à participação política;
Combate à tortura;
Situação prisional;
Democracia e Direitos humanos;
Saúde mental e juventude;
Cultura e educação em Direitos Humanos;
Corrupção e direitos humanos;
Direito à vida;
Conservação ambiental.


Inscrições

As inscrições podem ser feitas de forma rápida por meio deste formulário online até 15 de março de 2020. Além disso, também é preciso enviar uma cópia assinada, junto com uma cópia em DVD do filme, para:

13ª Mostra Cinema e Direitos Humanos
Fundação Rádio e Televisão Educativa de Uberlândia
Av. João Naves de Ávila, 2121. Bairro Santa Mônica. CEP: 38408-144
Bloco 1S – 2º Andar.



Realização
A Mostra é realizada pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH) e a Secretaria Nacional de Proteção Global e do Governo Federal brasileiro, com produção da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEXC) e da Fundação Rádio e Televisão Universitária de Uberlândia, por meio de sua produtora de conteúdo ARCO Produções e das emissoras TV Universitária e Universitária FM de Uberlândia.

Meio Ambiente de Olinda segue com serviço de troca de recipientes de vidro durante o Carnaval

Para garantir a segurança dos foliões nesses sete dias de festa, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento Urbano de Olinda está espalhada em mais de 10 pontos de bloqueio fixos montados nos principais pontos da cidade com o serviço de troca de garrafas. Segundo o secretário da pasta, André Botelho, os agentes concentrados nos bloqueios verificam quem chega com garrafas de vidro e realizam a troca por recipiente de plástico na mesma hora.

Imprensa Olinda

sábado, fevereiro 22, 2020

#SendoProsperidade

Olá gente linda que acompanha o #SendoProsperidade também aqui no blog da Taís Paranhos. Tudo bem? Positividade sempre nas nossas vidas! Nesta semana vamos falar das pseudo precauções produzidas pelas nossas mentes, as paranoias da cabeça, a desconfiança, é uma arma silenciosa que só prejudica quem as carrega dentro de si. 

Às vezes, pode ser até confundida com precaução mas, na verdade, a pessoa q a usa em excesso está se destruindo, deixando de construir vínculos, criando dores e alimentando sofrimentos imaginários. Não é porque uma determinada pessoa nos fez mal que todas as outras vão fazê-lo. Cuidado para não terminarmos projetando os nossos traumas em quem não merece. 

A desconfiança nas relações têm inúmeras causas e, muitas vezes,elas surgem de episódios de mentiras, promessas frustradas, infidelidades - motivos reais q quebram a confiança. Mas a desconfiança tb pode ser reflexo das feridas emocionais ainda ñ cicatrizadas oriundas de experiências passadas que acabam sendo projetadas em novos relacionamentos. A pessoa desconfiada pode ter sido traída e por isso desconfia, ou já pode ter traído alguém e por isso projeta no outro o medo de sofrer o que ele mesmo é capaz de fazer. As pessoas desconfiadas acabam se sentindo inseguras em relação aos seus parceiros e isso acaba gerando conflitos que afasta o 💑 casal. 

A falta de confiança, muitas vezes, está relacionada a questões interiores e não ao comportamento do outro. Então, prestemos atenção na nossa desconfiança e descubramos de onde ela está vindo. Refletir sobre isso é um passo para encontrar os reais motivos que nos levam a sermos inseguros em relação aos outros e, de uma certa forma, devolver esse nosso poder de confiar. Temos a capacidade de inventar tantas histórias mirabolantes em nossas cabeças. Perdemos horas, dias e até mesmo a nossa paz fazendo suposições. 

Se quisermos construir algo, ñ permitamos q os fantasmas das nossas cabeças terminem destruindo os relacionamentos. Não tem como andar de mãos dadas com o pé atrás: ou confia, ou ñ confia. Evitemos confusões, ñ suponhamos, perguntemos! Se ñ confiamos, ñ nos entregamos, ñ nos relacionamos. Uma vez q aprendemos a arte da confiança, toda desconfiança, todo o medo desaparece. Que haja sempre verdade e leveza na nossa jornada.

Com ❤ amor e gratidão por mais este momento aqui com vocês,


Mariângela Borba.

sexta-feira, fevereiro 21, 2020

Faculdade Tiradentes ainda tem vagas abertas para três programas de Residência Médica

A Faculdade Tiradentes (Fits) - que integra o Grupo Tiradentes – está com inscrições abertas para três dos cinco programas de Residência Médica da instituição de ensino. São eles: o Programa de Pré-requisito em área Cirúrgica Básica, Pediatria e Ginecologia e Obstetrícia. Os interessados no processo seletivo têm até quinta, dia 27 de fevereiro, para se inscrever pelo site: http://www.upenet.com.br/. São ofertadas duas vagas para o programa de Pediatria, três para Ginecologia e Obstetrícia e 20 para Medicina da Família e Comunidade. Os programas de residência oferecem direito à bolsa.

Com orientação e supervisão de profissionais qualificados, o residente desenvolverá suas atividades em uma jornada de 60 horas semanais no Hospital Memorial Jaboatão, o Hospital Guararapes e o Hospital Maria Lucinda. A Fits tem convênios ainda com serviços da rede de saúde de Jaboatão dos Guararapes e também com outras unidades do Recife e região para haver o rodízio dos residentes.

Revista Canavial reestreia na Mata Norte

A Zona da Mata Norte pernambucana, composta por cerca de dezoito municípios, têm motivos de sobra para festejar neste Carnaval. É que além de celebrar as tradições da cultura popular, a partir deste mês, a região ganha a circulação da Revista Canavial, espaço dedicado à memória e ao fazer cultural das pessoas e instituições da região. Editada para versão em papel, e, agora, também digital, a publicação entra em circulação a partir desta sexta-feira (21), com distribuição gratuita nos municípios e disponível para download na internet. Sucesso entre os anos de 2013 a 2014, a revista é escrita por jornalistas, produtores e ativistas culturais da própria Mata Norte. Nela, o público vai poder encontrar relatos, fotografias, entre outros registros memoráveis das atividades culturais que acontecem nas cidades. 

“O novo projeto da Revista Canavial traz um material rico em história e memória no que diz respeito às manifestações culturais da Mata Norte. Pernambuco ganha mais um registro cultural do que vem sendo produzido artisticamente há muitos anos. A revista ressurge num momento de resistência destes(as) brincantes e protagonistas de vida de luta em nome da arte”, comenta o jornalista e coordenador da revista, Ernandes Tavares. 

Em sua edição de estreia, a Revista Canavial traz uma reportagem especial, com destaque para a importância da participação das mulheres no movimento cultural na região, que muitas das vezes são tratadas como invisíveis, durante todo o carnaval. A edição vai revelar, ainda, trabalhos inéditos de mulheres e homens que dedicam suas vidas à arte-educação aos mais jovens, como forma de transmissão de saberes. História de artistas, grupos e instituições culturais ganham terão espaço na seção voltada à biografia. A política cultural fomentada na região também está pautada dentro da revista. 

“Estamos entregando ao leitor uma revista que tem a proposta de promover uma reflexão sobre a complexidade da cultura criada pelos que vivem na Zona da Mata, que notabilizou pelo doce do açúcar e pelo amargo de seus trabalhadores. A cada página, buscaremos representar a identidade cultural, social e comportamental de toda uma gente que nasceu e vive na Mata Norte, que respira e inspira nomes da cena musical, teatral e cinematográfica pernambucana e do Brasil”, comenda o produtor cultural e integrante do conselho editorial, Afonso Oliveira. 

O projeto, voltado à difusão da cultura popular e de outros ofícios culturais da região, é fruto do incentivo do Fundo Pernambucano de Cultural (Funcultura), Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco (Secult - PE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Governo do Estado. Uma grande novidade desta edição, é que além de chegar às mãos do leitor, na versão papel, a Revista Canavial entra no circuito digita. A proposta é que o leitor passar ter acesso a todo o conteúdo por meio do celular e computador. 

A versão digital, disponível no site (https://bit.ly/2PaAVCX) pode ser baixada, e compartilhada nas redes sociais, gratuitamente.

Com proposta de publicação bimestral, a Revista Canavial conta com uma importante equipe. O jornalista e coordenador do projeto, Ernandes Tavares, abre sua caixa de ideias e palavras, para falar sobre os diferentes temas culturais. O pesquisador e produtor cultural Afonso Oliveira é o responsável por escrever sobre política culturais em desenvolvimento na Zona da Mata. A professora e produtora cultural, Wanessa Santos comanda as pautas voltas às iniciativas educacionais. Juntos, eles são os responsáveis pelo conselho editorial. Já o jornalista Salatiel Cicero, assina a seção biografias, espaço dedicado à memória cultural, com um olhar à vida e obra dos artistas, grupos e instituições. A ativista do movimento de mulheres pretas, Carlita Roberta, escreve sobre o protagonismo feminino - uma seção exclusiva para falar de mulheres na cultura. A identidade visual é assinada pelo produtor cultural, Alexandre Veloso; e as fotografias, que ilustram as páginas da Revista Canavial são de Ederlan Fabio.

Com informação dos jornalistas Salatiel Cícero e Ernandes Tavares

Fiscais do Procon Recife estão atuando nos polos de Carnaval da cidade

As equipes do Procon Recife estão com um posto de atendimento na Central do Carnaval, na Rua do Observatório, Praça do Arsenal, durante todos os dias do Reinado de Momo, para dar orientações e fazer fiscalização na oferta de serviços para o folião que estará no maior Carnaval de rua do mundo. Em dois dias de funcionamento, o posto recebeu a visita de 67 pessoas que receberam orientações sobre o direito do consumidor e receberam material informativo.

Os fiscais também estão fazendo vistoria, orientando os fornecedores sobre a legislação que protege o consumidor e adesivando os estabelecimentos comerciais no maior polo de Carnaval da cidade. “Os consumidores devem ficar atentos aos seus direitos, podendo procurar nossos serviços na Central do Carnaval ou ainda fazer suas denúncias nos nossos canais nas redes sociais” , falou a presidente do Proncon Recife, Ana Paula Jardim.

Equipes com 08 fiscais vão estar todos os dias de folia, das 16h a meia-noite, na Central do Carnaval para dar orientação ao consumidor, receber denúncias e realizar fiscalização. As denúncias poderão ser feitas também pelas redes sociais: Instagran: @PROCONRECIFE | Facebook: PROCON RECIFE e ainda por email: PROCON@RECIFE.PE.GOV.BR.

Imprensa Recife

Lojas de atendimento da Compesa não abrem neste Carnaval

Durante as festividades do Carnaval, as Lojas de Atendimento da Compesa não funcionarão. Em todo o Estado, a lojas encerram as atividades a partir das 14h desta sexta-feira (21) até a Quarta-Feira de Cinzas (26). No entanto, é importante lembrar que os serviços essenciais serão mantidos, assim como as equipes de plantão formada por 200 profissionais que vão para atuar nas situações emergenciais. As atividades voltarão ao normal na quinta-feira (27), às 8h.

Os Expressos Cidadão Boa Vista e Olinda encerram as atividades a partir das 14h desta sexta-feira (21). Já os Expressos Cidadão RioMar, Caruaru, Garanhuns, Salgueiro e Petrolina funcionarão até às 18h desta sexta-feira (21). Todos as unidades retomam as atividades na Quarta-Feira de Cinzas (26), às 14h.

Durante o Carnaval, os clientes também poderão contar com o serviço de atendimento pelo call center (teleatendimento) que funcionará 24 horas por dia. As reclamações sobre extravasamento de esgoto e vazamentos devem ser feitas pelo telefone 0800 081 0185. Para os demais serviços e informações os clientes precisam ligar para 0800 081 0195.

Imprensa Compesa

quinta-feira, fevereiro 20, 2020

#ChupaQueHidrata o picolé queridinho do Carnaval de Olinda

Tayná Maysa, de 24 anos, é cozinheira, batuqueira, estudante de confeitaria e militante do Movimento Negro. Agora ela está fazendo sucesso com um picolé de frutas com cobertura de chocolate. Além do sabor, o picolé ficou conhecido por conta de estar em um formato de pênis: o Picalé.

Tudo começou com um desafio do seu curso de Confeitaria: os alunos deveriam fazer um quitute para ser consumido ou nas festas de Fim de Ano, ou no Carnaval. Aí foi juntar o útil ao agradável. Agora ela está famosa, não apenas no Brasil, mas também no Exterior. "Passada, porque fiquei famosa até em Portugal e na Alemanha. 

O formato genital não vai se restringir ao picalé. "Em breve quero fazer também o priquitolé". O blog conversou com ela sobre sucesso, empoderamento, desconstrução e descontração também. Vamos à entrevista:

Como surgiu essa ideia do "Picalé"?
Ah, isso surgiu depois de uma provocação dos cordenadores do curso de confeitaria em que eu faço dentro da ONG GTP+, os alunos deveriam criar sobremesas para serem vendidas em festas como o Natal e Carnaval. Como aqui em Pernambuco a gente tem bolo de rolo, eu pensei em criar um nas cores coloridas da bandeira LGBTQ em formato de "bilola" e eu e meus amigos fizemos um trocadilho para "bolo de rola" mas depois vi que seria difícil vender durante a ceia de Natal e a folia. É um calorão enorme. Foi aí que surgiu a ideia desse picolé em formato de "bilola" depois que a ideia veio de um sonho que tive.Uma amiga me emprestou um dinheiro para investir, e aí, deu tudo muito certo. 

E a repercussão?
Foi bem tranquila, as vezes fico mal porém são consequências, sei lidar. Como eu tenho um pensamento político, depois de toda a repercussão eu fiquei com os pés no chão porque existem coisas maiores, relevantes e graves para se preocupar por exemplo, sobre 54% dos homens baterem e matarem suas companheiras, isso é GRAVE, sem deixar de falar das mulheres e dos jovens NEGROS sendo assassinados, homens negros encarcerados. Enfim, isso foi uma forma de ganhar dinheiro e está dando muito certo. Apesar de nunca ter pensado em ganhar dinheiro com uma bilola em forma de picolé, nem passou pela minha cabeça...

E para o futuro?
Atualmente eu estou investindo, entrei com os dois pés junto a uns amigos e o apoio do GTP+, a ONG que faço parte. Mas se eu não tentar e aproveitar os minutinhos de fama depois iria me arrepender. E sim, vale lembrar que há alguns homens desconstruídos que estão se divertindo batente, brincado e etc, rompendo essa masculinidade tóxica. Ah, sempre me perguntam do priquitolé, que quero fazer daqui a alguns meses. Eu já trabalho dentro da escola onde faço confeitaria, mas existem projetos que eu quero colocar em prática.Com o axé de meu ancestrais, minha coragem é força de vontade dará certo!



O contador de versos

Logo mais à noite, Pabulus Lentulus (foto) lança seu livro Poesias Curtas Para Curtir, na Casa do Derby. O contabilista de 41 anos se define como um "contador de empresas e agora, um contador de poesias". A inspiração para escrever veio em 2018, após assistir um show da banda O Teatro Mágico. "Os amigos foram curtindo o que comecei a juntar, pedaços de versos, palavras e silêncios foram tomando corpo, virando poesia", relata Lentulus. Entre tantos literatos e poetas, sua maior influência está em família: trata-se do músico Publius, seu irmão, que vai fazer um pocket show durante o lançamento de seu livro. O evento acontece nesta quinta (20), às 19h30 na Casa do Derby, localizada na Praça do Derby, 109 - Derby, Recife. Veja a entrevista exclusiva de Pabulus Lentulus para o blog:

Como surgiu a ideia do livro?
Comecei a escrever em julho de 2018, após sair de um show d'O teatro mágico aqui no Recife, banda que só descobri em julho/2018 inclusive surgiu de forma inusitada, sem pretensão. os amigos foram curtindo o que comecei a juntar, pedaços de versos, palavras e silêncios foram tomando corpo, virando poesia. Neste livro, a maior parte dos poemas falam de amor e da saudade...

Tem algum poema favorito entre esses do livro?
As minhas preferidas são as que viraram música, como "sonhar sem contrapartida", "seja luz", "tarde vazia", estão entre as prediletas.

Quem são suas maiores influências literárias?
Carlos Drummond, Mário Quintana, Cecília Meireles, Clarice Lispector, outros poetas concretistas, como Paulo Leminski, Múcio Góes (in memorian). Estou aproveitando e procurando conhecer mais do universo poético... bebendo da fonte de poetas consagrados para quem sabe escrever outros livros...

E sobre o lançamento do livro?
O lançamento inicialmente seria na data de 02/02/2020, um palíndromo, uma data cabalística e que por coincidência era véspera do meu aniversário. Infelizmente, houve alguns atrasos e não consegui viabilizar e por isso, escolhi a data 20/02/2020, que remete à data original

Serviço

Lançamento do livro Poesias Curtas para Curtir
Data: 20/02/2020
Hora: 19h30
Local: Casa do Derby
           Praça do Derby, 109
           Derby - Recife


Petroleiros podem suspender greve ainda esta semana

No 19º dia da greve, os trabalhadores da Petrobras aprovaram a suspensão provisória da greve após reunião do conselho deliberativo da Federação Única dos Petroleiros (FUP) nesta quarta-feira (19). O indicativo de interrupção é motivado pela abertura de diálogo da empresa com os trabalhadores e precisa ser votado em assembleias na base.

Em nota, a entidade destaca que o movimento conquistou a suspensão das demissões na Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), no Paraná, e a abertura de um processo de negociação mediado pelo TST. "Fatos que refletem a importância da maior greve que a categoria já realizou desde maio de 1995."

"Foi indicada a suspensão da greve pelo conselho deliberativo da FUP e deve ser votado nas assembleias devido ao avanço das conquistas da categoria petroleira após esses 19 dias de mobilização da greve e por conquistar o retorno das negociações, que era uma das pautas prioritárias. A gente entende que os pontos têm que avançar para serem concretos, não é só dialogar. Estamos indicando a suspensão mostrando uma boa fé negocial", explica Luiz Felipe Grubba, dirigente do Sindipetro Unificado de São Paulo.

Negociação - Ives Gandra, ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e relator da ação contra a greve da categoria, aceitou negociar os pleitos da categoria após reunião com a FUP e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), intermediada por deputados e senadores do campo progressista, nesta terça-feira (18). 

Após o encontro, a federação protocolou uma petição nos autos do processo, formalizando o pedido de abertura de negociação. Em resposta, Gandra convocou, ainda na terça, uma audiência de mediação entre a FUP e a Petrobras para a próxima sexta-feira (21).

Também nesta terça-feira (18), o Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) determinou a suspensão das demissões na Araucária Nitrogenados (Ansa), subsidiária da Petrobras no Paraná. A manutenção das atividades da fábrica, com quase mil funcionários, sendo 396 próprios e 600 terceirizados, é uma das principais reivindicações da categoria. A suspensão das demissões é liminar e tem validade até a próxima audiência entre o sindicato da categoria e a estatal, em março.

A Comissão Permanente de Negociação segue ocupando o 4° andar da Sede da Petrobras, no Rio de Janeiro/RJ e não tem previsão de sair.

Luta continua - De acordo com o dirigente Luiz Felipe Grubba, a categoria segue mobilizada, inclusive com a possibilidade de retorno da greve, em defesa da Petrobras e pela mudança da política de preços da empresa. 

"A gente sabe para gente avançar nas negociações serão necessárias a manutenção da mobilização da categoria e esse ano também tem muita coisa anunciada pelo governo e pela gestão da empresa como venda de refinarias, dutos e terminais, que certamente vão levar a categoria a retomada de mobilização."

Nesta quinta-feira (20), às 16h30, acontecerá em São Paulo, capital, ato em solidariedade aos trabalhadores da Petrobras e em defesa da estatal e da Soberania Nacional. A atividade, convocada pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, terá sua concentração no vão do Masp. 

A categoria anunciou que outras mobilizações estão sendo organizadas. Durante o carnaval, por exemplo, irão vender gás pelo preço de custo na cidade de Quixadá/CE. Os petroleiros reforçaram ainda a importância da mobilização para o dia 18 de março, dia nacional de mobilização do servidores públicos.

Brasil de Fato


Nota do Blog: Diante do que ocorreu na fábrica paranaense, os petroleiros estão dispostos a fazer negociações e, mesmo com a provável suspensão da greve, eles afirmam que as mobilizações continuam. O blog conversou com um dos líderes do sindicato da categoria, Tadeu Porto (foto ao lado), na noite última terça-feira, antes, portanto, das negociações com parlamentares e o ministro Ives Gandra Martins, do TST, ocorridas ontem 

Como está a mobilização neste momento?

A mobilização continua muito forte, ainda mais agora, com um pouco de de felicidade pela vitória que a gente teve aí na Justiça do Paraná (a manutenção dos funcionários da FAFEN) e foi uma vitória de uma batalha e não da guerra. A gente tem clareza disso. A gente esperava mais dificuldade no tribunal na Petrobras, pois a empresa não cedeu a hora nenhuma e foi a Justiça que conseguiu a suspensão dessas demissões, como era um dos itens da nossa pauta. 

Agora é a gente tem noção de Força que a nossa greve tem tanto pra dentro da nossa categoria quanto pra fora da sociedade e a gente tá disposto agora fazer uma nova discussão escutar nossa categoria de saber como é que estão as coisas com todo o terrorismo que tá acontecendo aí na empresa aí de convocação, o que é um assédio aos trabalhadores. 

Isso mostra que gente tem força pra poder avançar um pouco da nossa troca de de negociação e também né, fazer o diálogo aí com a sociedade. Amanhã (ontem, dia 19) tem os caminhoneiros na frente do STF e a gente vai saber se eles entram com força, não o quanto, mas que vai ganhar mais apoio da sociedade aí é legal e continua forte, né? Conseguimos aí uma conversa com Ives (Gandra Martins, ministro do TST) no gabinete dele, lá junto com os senadores e deputados que abraçaram a nossa pauta.Me parece que a conversa foi boa no sentido que ele mostrou agora ter certa flexibilidade pra discussão, mas é isso. 

Mas isso não muda em nada, a nossa vontade de continuar forte com isso no movimento.

E como a categoria reagiu com a decisão do TST?

A categoria realmente reagiu com indignação, sabe? Nos pareceu que foi um desrespeito total ao movimento sindical. Parece que nos tratou como crianças. Vamos dizer assim. Nossa greve foi cumprida. Requisitos: Pra ir de greve foi avisado com 72 horas de antecedência . Foi aprovado e assembleias com ampla maioria dos trabalhadores. Estão trabalhando. Os trabalhadores votaram pela greve, discutiram a greve. Sabem o que estão fazendo e o afronte do Ives, né, pegou muito mal. 

Eu acredito que pegou mal, inclusive pra ele aí no meio dos juristas, pelo que a gente tava aliando né. é óbvio que o movimento de greve nesse tempo não é fácil de fazer. Então a nossa categoria acaba. Recebendo com com cautela esses tipos de de mensagem, ainda mais que ela veio casada com convocações e ameaças da empresa, mas como o nosso movimento tá forte, foi construído no coletivo. A gente coletivamente tá conseguindo se defender dessas desses ataques.