segunda-feira, fevereiro 17, 2020

Socioeducandos se preparam para o mercado de trabalho em cursos do Qualifica Recife

Treze adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Casa Amarela, uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), estão tendo contato com experiências profissionais por meio de aulas teóricas e práticas do Qualifica Recife, programa profissionalizante mantido pela Secretaria Municipal de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo. As aulas, que acontecem em diversas escolas municipais e no Centro Profissionalizante Dom Bosco, na Zona Norte, estão despertando nos jovens em cumprimento de medida de semiliberdade a vontade de aprender e de se destacar no mercado de trabalho.

Estão sendo ofertados os cursos de Serralharia Artística, Bombeiro Hidráulico, Mecânico de Bicicleta, Culinária, Auxiliar de Cozinha, Garçom, Eletricista Predial e Customização. A expectativa é de que as aulas durem seis meses, sendo realizadas todas as terças, quintas e sextas, das 13h30 às 17h30. Além de se qualificarem e construírem novos projetos de vida, os jovens estão tendo a oportunidade de conhecer profissionais das áreas e outros alunos, o que contribui no processo de reintegração deles à sociedade. No fim dos cursos, todos os participantes que concluírem a carga horária mínima receberão certificados emitidos pelo programa.

“É sempre importante ofertar atividades que ajudem os socioeducandos no futuro. Eles têm muita capacidade de aprender e de mudar de vida. Levar jovens em semiliberdade para outros espaços educativos mostra a força, a responsabilidade e o comprometimento da instituição com o público atendido”, avaliou a coordenadora geral da Casem Casa Amarela, Simone Custódio. “Os jovens estão se apropriando de fundamentos básicos da inclusão produtiva do trabalho e do emprego. Acredito muito no potencial de cada um”, complementou o coordenador técnico da unidade socioeducativa, Estevam Santana.

Imprensa Funase PE