Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

quinta-feira, novembro 29, 2018

Luzes de eletrônicos colocam em risco a visão

Já é cotidiano acordar e pegar o celular ou até mesmo passar horas em frente a um computador ou tablet. Esses hábitos se tornaram rotina na vida das pessoas, porém tais práticas podem causar problemas à saúde ocular dos usuários. A sociedade oftalmológica tem se preocupado com a incidência de problemas decorrentes de excessiva exposição à luz dos eletrônicos e alerta sobre os cuidados que devem ser tomados.

A luz violeta emitida pelos eletrônicos são verdadeiros vilões, pois a falta de capacidade da córnea em filtrar esse tipo de eletromagnética faz com que os olhos fiquem em superexposição. Dessa forma, a iluminação pode danificar a retina e causar dificuldades na visão que provocam incômodos no dia-dia.

“O uso excessivo de smartphones, computadores e outros eletrônicos é uma forma de esforçar a musculatura do olho. Todos os objetos luminosos podem favorecer o ressecamento do olho ou causar o lacrimejamento. No trabalho focado em frente ao computador, involuntariamente as pessoas piscam bem menos, o que acarreta no ressecamento do olho. O uso excessivo também pode causar a chamada Síndrome do Computador que tem como sintomas dor de cabeça, olho seco, vermelho e irritado”, explica o médico oftalmologista e vice-diretor da Sociedade de Oftalmologia de Pernambuco (SOPE), Bernardo Cavalcanti.

Para controlar a irritação nos olhos, muito fazem uso do colírio. Sobre essa substância, o vice-diretor da SOPE diz que eles são apenas paliativos que ajudam na irritação, desconforto e reduz o vermelhão. “O colírio não está tratando da causa do paciente, mas está dando a ele uma forma de interagir melhor. O que ajuda mesmo é o uso controlado dos equipamentos”, explica o médico.

A fim de diminuir os problemas acarretados pela luminosidade de eletrônicos nos olhos, o especialista dá dicas. “Usar os aparelhos em baixa luminosidade, trabalhar sempre com o celular na posição mais baixa que os olhos são algumas dicas. Além disso, ao usar o aparelho por muito tempo, é sempre bom fazer alguns intervalos de 15 a 20 minutos, ou olhar para algo mais distante, pois geralmente os aparelhos estão muito próximos dos olhos. Outra dica muito importante é lembrar-se de piscar os olhos continuamente”, completou o médico Bernardo Cavalcanti. Para a saúde ocular, os especialistas também recomendam ir ao oftalmologista regularmente e fazer uso de óculos com lentes originais.

Já já tem show de André Mussalém



O músico André Mussalem, uma das revelações da nova cena pernambucana, se apresenta quinta, dia 29 de novembro, no Teatro Eva Hertzm no Shopping RioMar, em Recife. O cantor e compositor está lançando seu segundo álbum Pólis e o show, com entrada gratuita, tem como base o repertório deste novo trabalho. Duas faixas do disco foram disponibilizadas para audição antes deste lançamento: Maré - uma canção que celebra Marielle Franco - e Resista, Meu Filho, Resista - composta a partir de um grave fato político ocorrido em Pernambuco durante o Carnaval de 2017.

As canções de Pólis, um álbum que resgata a tradição política do cancioneiro brasileiro da segunda metade do século XX, apresentam um discurso de crônica e crítica com nítidas influências de Gonzaguinha, Aldir Blanc, Caetano Veloso, Chico Buarque, Ruy Guerra e do cubano Pablo Miláres.

O álbum de Mussalem, este nem tão jovem compositor que já soma quase três décadas de autoria musical e mais de cem composições, traz dez canções mais uma faixa bônus. A música que abre o disco também dá nome a ele: Pólis foi composta em cima de um soneto crítico do século XVII de Gregório de Matos sobre a cidade do Recife com a mesma técnica utilizada por Caetano Veloso em "Triste Bahia" (do antológico Transa). É possivelmente o primeiro texto de crítica política sobre o Recife e, apesar de ser um choro (samba-choro), foram utilizadas na composição técnicas barrocas de arranjo.

Em Caetano Estaciona no Leblon, Mussalem fala sobre um Rio de Janeiro que é a síntese da cidade política do Brasil. É uma crítica à imprensa que investe em notícias irrelevantes sobre pessoas famosas em detrimento de um Estado de coisas que é bem representado no Rio. Os versos da canção fazem várias referências a músicas de Caetano como: Tropicália; Alegria, Alegria; Uns; Coração Vagabundo; A Bossa Nova é Foda. Retrato 3x4 é a primeira música composta para o disco e nasceu durante o início do processo que levou ao Impeachment da presidenta Dilma Roussef. Naquele momento, André compôs uma canção partindo da ideia de como seria uma foto 3x4 tirada do país na conjuntura política que vivemos.

Valsa para Tempos Difíceis é uma das raras faixas do disco que não é samba. Seu único objetivo é expressar a necessidade intrínseca de amar mesmo em períodos mais sombrios. Na sequencia vem Maloca com versos que expõe a ferida do sistema prisional das grandes cidades. Apesar do tema "pesado", o samba narra uma história de amor contada a partir do "eu feminino" e conta com a participação de José Demóstenes, sambista da nova cena musical de Pernambuco.

Cubana é a segunda faixa do disco que não é samba e foi composta a partir de duas vertentes: o grito conservador "Vai para Cuba" e a vontade da companheira de Mussalém de visitar Cuba. É a faixa que mais mistura os temas "amor" e "política" e foi criada a partir das composições do cantor e compositor cubano Pablo Milanés. Deixe a Menina em Paz é uma resposta contemporânea à "Deixe a Menina" de Chico Buarque sob um viés mais atual, a partir da frase do coletivo "Deixe Ela em Paz". É uma música de homens falando sobre o espaço da mulher na política. Que fique claro que não há na faixa nenhuma intenção de menosprezar o lugar de fala da mulher, ao contrário. A música se dirige aos homens justamente para chamá-los para a luta ao lado das mulheres.

Não seria possível fazer um disco sobre os tempos atuais sem falar o pessimismo de tempos vindouros (o sonho acabou) e Cantiga de Claro Iludir cumpre esse papel embora também seja capaz de injetar nos ouvintes pílulas de esperança de possíveis novos dias.  E encerrando o álbum, As Invasões Bárbaras é uma espécie de faixa bônus que homenageia Henrique Cossart, ex-padre que integrou a equipe de Dom Helder Câmara, e que - ao deixar o sacerdócio - fez parte de uma missão que educava pessoas carentes e acolhia perseguidos políticos durante a ditadura militar. É uma música que narra o amor entre os mais humildes e fala sobre os refugiados que vivem fora e dentro de sua própria pátria. Nada mais atual.

André Mussalem é artista desde os 16 anos e desde cedo estuda o processo de formação do povo brasileiro por meio da música. No Morro da Minha Cabeça foi seu primeiro registro fonográfico e criticava os estereótipos do samba.


Serviço: Show de Lançamento do álbum Pólis de André Mussalem
Dia: 29 de novembro de 2018 (quinta-feira)
Local: Teatro Eva Hertz – Avenida República do Líbano, 251 – RioMar Shopping – Pina – Recife - PE
Abertura da Casa: 19h30
Início do Show: 20h30
Entrada gratuita

Amanhã termina prazo para vacinar contra a febre aftosa

Os produtores tem até amanhã, 30 de novembro para vacinar seus bovinos e bubalinos com até dois anos contra a febre aftosa. Nesta segunda etapa, realizada em novembro espera-se imunizar cerca de 500 mil animais em todo o Estado.

Até o momento Pernambuco registra apenas 50% de cobertura vacinal, mas a declaração pode ser feita até o dia 15 de dezembro. Aquele criador que deixar de vacinar pagará multa de R$ 60,00 por animal não imunizado, já aquele que vacinar e não declarar o rebanho pagará R$ 300,00 por propriedade.

Atualmente o Estado é considerado área livre de febre aftosa com vacinação e para continuar com o status sanitário precisa manter os índices de vacinação acima de 90%. As regionais que apresentam os menores índices são a de Salgueiro e Petrolina. O produtor que ficar inadimplente além de pagar multa não pode retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA), documento necessário para compra e venda de animais e envio para abate, leilões, feiras e exposições.

Mais de 30 mil produtores ainda devem procurar os escritórios da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro).

Imprensa ADAGRO PE

Aproveite o fim do ano para procurar vagas de estágio

Engana-se quem pensa que o mês de janeiro será de férias para quem está em busca de uma oportunidade de estágio. De acordo com as especialistas de carreiras do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-PE), é nesta época do ano que a oferta de vagas chega a dobrar por demanda das próprias empresas e, por isso, os estudantes universitários devem se preparar para conquistar a inserção profissional.

De acordo com a gestora do IEL-PE, Juliana Nogueira, os estudantes devem aproveitar este mês para se capacitar e fazer o planejamento de 2019. “É um excelente momento para ficar atento às vagas, pois, além de muitos contratos serem finalizados nesse período, a procura é baixa por conta das férias, aumentando as chances de contratação para quem se empenha em procurar”, explicou.

Apesar de os estudantes darem uma pausa entre os meses de dezembro e janeiro, as empresas demandam bastante nessa época do ano visando estruturar o quadro de pessoal para o ano seguinte. “E isso é bem comum em algumas áreas em que o período é propenso para boas oportunidades, como nas escolas, em que as contratações nas áreas de pedagogia e educação física crescem bastante”, frisou Juliana.

Dados do IEL-PE revelam que três mil vagas foram fornecidas no primeiro trimestre de 2018, enquanto que, nos meses de setembro, outubro e novembro deste ano, a oferta caiu para 1.558 vagas. “Todos os anos esse mesmo cenário se repete, então sugiro que os universitários busquem, se cadastrem no site do IEL e se capacitem”, opinou a gestora do IEL-PE.

Para 2019, Juliana acredita que os cursos com mais vagas disponíveis permanecerão com pedagogia, administração, ciências contábeis e áreas técnicas. Até novembro de 2018, o IEL-PE havia oferecido oito mil vagas para os estudantes pernambucanos e a tendência é que a quantidade de vagas permaneça em 2019.

Imprensa FIEPE

Obras da Compesa em São Lourenço

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) programou uma parada do Sistema Várzea do Una, desde o início da manhã de hoje (29, para realizar serviços de substituição de trechos de redes de distribuição de água (tubulações antigas). O sistema ficará paralisado por 48 horas, e neste período haverá falta de água em cerca de 65% da cidade de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife: Centro, Vila do Reinado, Rosina Labanca, Pixete, Penedo, Loteamento São João e São Paulo, Paulo Afonso, Chã da Tábua, Várzea Fria, Capibaribe, Tiúma e Parque Capibaribe. Essas áreas deveriam ter abastecimento no período da paralisação ( calendário de distribuição). A previsão da companhia é concluir os trabalhos no sábado (01/12), às 5h, quando o fornecimento de água será restabelecido de acordo com o calendário de cada área.

A substituição de tubulações com idade avançada faz parte do programa de renovação da infraestrutura e do processo contínuo (e sistematizado) para redução e combate às perdas de águas por vazamentos na rede. Com este objetivo, os técnicos farão a troca de um trecho de uma tubulação, com diâmetro de 350 milímetros, na Rua São Bernardo, no Loteamento São João e São Paulo. Ainda será substituído outro trecho de uma rede de 600 milímetros localizada dentro da mata, próximo a Avenida Belmiro Correia, no bairro Capibaribe.

Imprensa Compesa

Direitos da criança e do adolescente são temas de conferência em Olinda

Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências são os temas debatidos na X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Olinda, que ocorre quinta e sexta (29 e 30), na Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (Facho). O evento visa mobilizar os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos, crianças, adolescentes e a sociedade para a construção de propostas voltadas para a afirmação do princípio da proteção integral desses jovens nas políticas públicas, fortalecendo as estratégias de enfrentamento às violências e considerando a diversidade.

Na manhã desta quinta-feira houve a mesa de abertura, apresentação cultural, conferência magna e a leitura e aprovação do Regimento Interno. No período da tarde, houve o início dos chamados “eixos”, que foram divididos em cinco salas de debate com as seguintes temáticas: garantia dos direitos e políticas públicas integradas e de inclusão social; prevenção e enfrentamento da violência contra criança e adolescente; orçamento e financiamento das políticas para os jovens; participação, comunicação social e protagonismo; e espaços de gestão e controle social.

“Estamos trabalhando justamente as temáticas que foram discutidas na última conferência e analisamos o que foi proposto no evento anterior para discutir o que foi realizado e lançar novas propostas, visando trazer melhorias para os jovens”, disse a secretária executiva de Assistência Social de Olinda, Mônica Ribeiro.

“Também levantaremos tópicos para a conferência estadual. O público-alvo são as entidades civis, governamentais, executivo, promotoria, juizado, toda a política que envolve a criança e adolescente no município”, acrescentou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Olinda, Jadilson Gomes.

Nesta sexta (30), estão programadas atividades nos grupos de trabalho e a plenária final. No total, 200 pessoas participam do evento, divididos em 150 delegados, 36 convidados e 14 observadores. Serão formuladas propostas para o enfrentamento das diversas formas de violência e ações para a democratização, gestão, fortalecimento e participação de crianças e adolescentes nos espaços de deliberação e controle social das políticas públicas, entre outros assuntos. 


Imprensa Olinda
Foto: Arquimedes Santos

Em Pernambuco, micro e pequenas empresas tiveram crédito de R$ 26 milhões até outubro


De Janeiro a outubro deste ano a Agência de Fomento do Estado de Pernambuco – Agefepe financiou um total de R$ 26 milhões para Microempreendedores Individuais (MEIs), Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (EPPs).

Desse total, 41% são referentes a 495 operações de microcrédito para capital de giro, com destaque para os setores de confecções e de alimentos (pequenas mercearias e lanchonetes). Outro segmento que se destacou foi o de artesanato com 220 operações, as quais beneficiaram expositores da Fenearte que obtiveram crédito para compra de estande e capital de giro.

Uma das beneficiadas foi Viviane Locatelli, que produz assessórios como brincos, colares e pulseiras com fibras de coco em Porto de Galinhas. Segundo ela, o acesso à linhas de financiamento é fundamental para o artesão. “Quando estamos no período de ‘entressafra’ o crédito viabiliza capital de giro para manter o negócio”, disse.

No mesmo período do ano passado, o total de financiamentos realizados foi de R$ 16 milhões. Segundo o presidente da Agefepe, Emanuel Rocha, houve um aumento na demanda por crédito este ano, o que pode estar relacionado ao início da retomada de crescimento da economia do Estado.

“Com base no que registramos até agora, o ano de 2019 se mostra promissor com relação às perspectivas de consolidação da curva de crescimento econômico. Por isso, esperamos ampliar ainda mais as nossas operações de financiamento dos empreendedores que planejam abrir ou ampliar os seus negócios no próximo ano”, afirmou.

Em 2018, a Agefepe desenvolveu um plano de ação com objetivo de atender a demanda crescente do polo de confecções de Pernambuco, que abrange principalmente os municípios de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Empregando mais de 100 mil pessoas, o polo é a principal atividade econômica do Agreste e um ambiente fértil para a geração de novos negócios.

Além disso, a Agência também criou uma linha de crédito específica para atender o segmento de Transporte Escolar, que reúne cerca de 2 mil veículos no Estado, dos quais 1.247 estão na Região Metropolitana do Recife. “As condições oferecidas pela Agefepe em relação a prazo, taxas de juros e carência não têm igual no mercado por isso resolvi fazer o financiamento para trocar a minha Van”, afirmou Márcio José Marques, que atua há 20 anos no setor de transporte de estudantes.

Olinda renova prazo para inscrição de projetos aprovados pela Lei Rouanet no Carnaval

Os produtores com projetos aprovados pela Lei Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura) têm até o dia 14 de dezembro para inscrever propostas no Carnaval de Olinda de 2019. A data limite havia se encerrado no último dia 11 de novembro, mas foi prorrogada. Outras informações podem ser obtidas, das 8h às 13h, pelo telefone: 3439-1988. 

Podem concorrer projetos em várias modalidades, como: teatro, dança, circo, música, literatura, artes plásticas e gráficas, gravuras, artesanato, patrimônio cultural (museu e acervo, por exemplo) e audiovisual (como programas de rádio e TV, sítios e festivais nacionais). 

Os projetos serão analisados por uma comissão da Secretaria de Patrimônio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico. Os aprovados poderão contar com a participação de apoio institucional da Prefeitura para divulgar trabalhos durante o reinado da folia. A partir desse apoio, os produtores podem captar recursos de patrocinadores. 

Pode ser inscrita qualquer proposta na área da temática do Carnaval e não há um número limite de projetos aprovados, desde que, tenham correlação com o período carnavalesco da cidade, com os polos e com a cultura pernambucana.

Os documentos devem ser entregues, entre 8h e 13h, na Secretaria de Cultura de Olinda, que fica na Rua São Bento, nº 160, no Varadouro. O resultado dos habilitados está previsto para ser divulgado no dia 12 de janeiro de 2019. 

Em 2018, a Prefeitura de Olinda contou com 13 polos, entre eles o Infantil, de Acolhimento (destinado às crianças e adolescentes que não têm onde ficar enquanto os pais trabalham no Carnaval), de Acessibilidade e do Coco. A programação do próximo ano também contará com Polo Geek.

Lei Rouanet - A Lei de incentivo à Cultura possibilita que cidadãos (pessoa física) e empresas (pessoa jurídica) apliquem parte do Imposto de Renda devido em ações culturais. A proposta deve ser aprovada pelo Ministério da Cultura e, se isso ocorrer, seu titular pode buscar recursos com cidadãos ou empresas. 

Imprensa Olinda

Recife: Escolas devem ganhar Laboratórios de Ciência e Tecnologia

Um portal para o futuro, uma janela para o conhecimento e uma fábrica de ideias a serem colocadas em prática. Esse é o espírito que permeia o Laboratório de Ciências e Tecnologia que a Secretaria de Educação irá implantar nas escolas de Anos Finais (6º a 9º ano) gradativamente. O primeiro deles será inaugurado nesta sexta-feira (30 de novembro) na Escola Pedro Augusto, na Boa Vista, às 8h30 da manhã. Até o final de 2019, a Secretaria de Educação pretende implantar outros 12 laboratórios similares. A iniciativa integra o programa Escola do Futuro e visa formar cidadãos críticos e atuantes

Com investimentos da ordem de R$ 200 mil e capacidade para receber 40 estudantes simultaneamente, o espaço do Pedro Augusto será um local que funcionará em quatro quadrantes: Laboratório Convencional de Ciência Básica; Instrumentação Científica; Robótica e Programação e Espaço Maker. Entre os artefatos e equipamentos no Laboratório, os estudantes terão desde kits de montagem de robótica a microscópios, vidraria e substâncias químicas reagentes, peças de anatomia básica, 50 tablets, câmeras de foto e filmagem e impressora 3D, entre outros itens. Na escola Pedro Augusto, que funciona em horário integral, 360 estudantes serão beneficiados.

Imprensa Recife

Chile promulga lei que permite mudança de sexo; jovens a partir de 14 anos poderão mudar documentos

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, promulgou a Lei de Identidade de Gênero, nesta quarta-feira. A partir de agora será permitido que as pessoas mudem de sexo em sua documentação a partir dos 14 anos. A lei foi sancionada depois de a pauta ter tramitado por cinco anos no Congresso daquele país. 

A lei permitirá que a população transgênero do Chile mude seu nome e gênero nos documentos de identidade, colocando fim a uma "injusta discriminação" em "uma sociedade com muitos preconceitos", segundo afirmação Piñera durante a promulgação da lei no Palácio do Governo.

A lei permite que uma pessoa trans maior de 18 anos mude seu nome e sexo em um cartório de registro civil. Os mais jovens — pessoas com idades entre 14 e 18 anos — precisam da permissão de seus pais ou responsáveis, antes de ir a um juiz de família. O magistrado decidirá se a petição segue ou não.

Menores de 14 anos não poderão passar pela mudança de sexo, mas o presidente Piñera afirmou que "elas serão reconhecidas" como tal.

— Todas as pessoas são iguais, em dignidade, direitos e deveres. Consequentemente, devem ser arquitetos de suas próprias vidas— destacou o presidente.

A lei foi proposta durante o primeiro governo de Sebastián Piñera (2010-2014) como uma forma liquidar uma dívida com as comunidades trans. A medida há muito esperada pelos movimentos LGBTI.

A Lei de Identidade de Gênero ganhou visibilidade após a repercussão mundial do filme chileno "Uma mulher fantástica", interpretada pela atriz transgênero Daniela Vega.

"Rebeldia, Resistência, Amor #LIG" - publicou Vega em sua conta no Twitter após a promulgação da lei.

O Globo (Rio)

Estudantes de Olinda garantem medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Evellyn Soares da Silva e Evellyn Vitória de Lima Queiroz, duas alunas de escolas particulares de Olinda conquistaram o primeiro e terceiro lugares, respectivamente, na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A disputa reuniu mais de 774.232 estudantes distribuídos por 8.456 escolas públicas e privadas. A premiação das jovens olindenses será realizada nesta sexta-feira (30.11), às 10h30, na Vila Olímpica de Rio Doce, Olinda. 

O evento, que acontece há 21 anos, é coordenado por uma comissão de astrônomos profissionais da Sociedade Astronômica Brasileira e por engenheiros da Agência Espacial Brasileira.

A Secretaria de Educação, Esportes e Juventude aproveitará a solenidade para homenagear os professores Pedro Henrique Silva de Almeida, da Escola Nossa Senhora da Conceição, orientador de Evellyn Vitória; e Catarina Barbosa de Albuquerque, do Colégio Novo Horizonte, responsável pela orientação de Evellyn Soares.

Na Vila Olímpica, também no mesmo horário, haverá a consagração das equipes participantes dos jogos Escolares Municipais, além da premiação dos estudantes e professores ganhadores do Concurso Cultural IPTU 2019.

Imprensa Olinda

Caruaru promove Primeiro Seminário Municipal de Direitos das Mulheres



Entre os dias 4 e 7 de dezembro, a Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), estará realizando no SENAC Caruaru o 1° Seminário Municipal de Direitos das Mulheres. O evento tem o intuito de promover uma formação sociopolítica para as mulheres, principalmente para as que fazem parte de movimentos sociais, comunidades rurais e urbanas, núcleos de estudos de gênero, assim como estudantes de áreas afins, com o objetivo de discutir a garantia de direitos humanos das mulheres. A intervenção faz parte das ações da campanha virtual “30 Dias Conhecendo os Direitos das Mulheres”, que está no ar pelo perfil oficial da Prefeitura de Caruaru no Instagram de 10 de novembro à 10 de dezembro, quando se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Nos quatro dias de evento, a plateia será formada por profissionais e estudantes das áreas envolvidas no seminário (advogados, professores, assistentes sociais, psicólogos, etc), além da sociedade civil pública. As inscrições serão realizadas na hora e para isso, basta levar um documento com foto. “O seminário vem colocar luz sobre às questões que já discutimos e vivenciamos na SPM, no que diz respeito à efetivação de políticas públicas para as mulheres, justamente com nossos parceiros, que tanto colaboram com nossas ações. É atuar juntamente com a pesquisa e a ciência para garantir os direitos das mulheres em Caruaru”, destacou a secretária da SPM, Juliana Gouveia, que se refere à atuação de estudantes universitários em programas desenvolvidos pela secretaria, como o “Mergulhando na Saúde”, que oferece aulas gratuitas de hidroginástica para as gestantes. 

Na programação, entre outras ações, está a defesa do painel “Estratégias de Organização Social – O Ativismo Sociopolítico de Mulheres Rurais e Urbanas”, que contará com a colaboração da presidente da ONG Mirim Brasil, Sylvia Siqueira Campos, uma das três brasileiras escolhidas pela ativista paquistanesa Malala Yousafzai para participar da Rede Gulmakai, destinada à defesa da educação de meninas de todo o mundo. A apresentação será no dia sete de dezembro, às 09h, quando também terá a organizadora do Movimento das Trabalhadoras Rurais do Nordeste, Verônica Santana, como palestrante. No mesmo dia será realizada a mesa de debate “Garantia de Direitos das Mulheres” com a professora mestrada em Direitos Humanos pela UFPE, Ana Maria Barros, a secretária da SPM - Caruaru, Juliana Gouveia, e a secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Maria Cordeiro.

Muitas outras participantes estão no cronograma do seminário. No primeiro dia de evento (04.11.18) será promovida uma mesa de discussão sobre garantia de direitos das mulheres envolvendo diversos grupos sociais com Silvinha Xukuru (indígenas), Choppely Glaudyston (LBT), Lucimary Passos (mulheres negras), Edvalda Leite Miranda (mulheres idosas) e Lucy Alves (mulheres com necessidades especiais). No dia cinco vai ter palestras abordando a Saúde da Mulher com as psicólogas Develyn Ribas e Jayce Mayara Mendes. Já no dia seis, a programação vai contar com a mesa de debate: “Toda Mulher Tem o Direito a Viver Sem Violência” com as palestrantes Cristiane Lina e a delegada da mulher de Caruaru, Jimena Gouveia, além de um minicurso sobre violência doméstica e familiar contra a mulher, que será ministrado pela instrutora Elba Ravane Alves e um representante do NUGEM da ASCES-UNITA.

Serviço:

O quê? Primeiro Seminário Municipal de Direitos das Mulheres.
Quando? Entre os dias quatro e sete de dezembro de 2018.
Onde? SENAC Caruaru (Endereço: Avenida Maria José Lyra, 140 – Indianópolis).
Horário? Das 8h às 12h e das 14h às 17h.


Programação


Dia 04/12/2018
Programação
Carga horária
Horário 8h: 00min
Credenciamento, entrega de materiais do evento e assinatura da lista para certificados.

4h
Horário 9h: 00min
Apresentação cultural (Teatro Mulheres em Cena SPM “com tema: Garantia de Direitos das Mulheres”)
Horário 9h: 30min
Mesa de abertura: Com autoridades municipais e estaduais de PE
Horário 10h: 00min
Mesa Redonda com tema “Sem o Direto das Mulheres Não Há Direitos Humanos” 
Palestrante: Drª Allene Lage (UFPE/CAA)
Horário 12h: 00min
Encerramento das atividades do turno da manhã 
Horário 14h: 00min
Mesa de Discussão sobre garantia de direitos das mulheres envolvendo os diversos grupos sociais: Silvinha Xukuru (Indígenas), Choppely Glaudyston (LBT), Lucimary Passos
(mulheres Negras), Edvalda Leite Miranda (mulheres idosas) e


Lucy Alves (mulheres com necessidades especial)  
4h
Horário 15h 30min
Palestra com tema: “Política Públicas, Instituições e Garantia de Direito das Mulheres”
Palestrante: Cristina Buarque (1ª Secretária Estadual de Políticas para Mulheres)
Horário 16h: 00min
Apresentação Cultural Musical Atração: Banda as Fulô 
Término com Coquetel
Horário 17h: 00min
Encerramento das atividades do turno da tarde
TODO O DIA
Exposição de trabalhos acadêmicos
Feira da Mulher Empreendedora 


Dia 05/12/2018
Programação
Carga horária
Horário 8h: 00min
Organização do espaço para o dia e receptividade dos participantes.
4h
Horário 9h:00min
Mesa de Debate: “Saúde da Mulher e Importância do Autocuidado”.
 Palestrante: Daniele Aragão de Albuquerque (Ginecologista)

obstreta) e Develyn Ribas (Psicologa)

Horário 10h:00min
Mesa de Debate: “Políticas Públicas e saúde da Mulher” Palestrante: Denise Assis
Horário 10h: 30min
Mesa de discussão sobre os temas abordados
Horário 12h: 00min
Encerramento das atividades do turno da manhã 
Horário 14h as 16h 
Minicurso sobre Saúde da Mulher e a Importância do Autocuidado. Instrutora: Jayce Mayara Mendes Medeiros

Horário 16h: 30min
Apresentação de Esquete do teatro da SPM (saúde) Apresentação cultural ("Coral Cantando a Vida”) 
4h
Horário 17h: 00min
Encerramento das atividades do turno da tarde

TODO O DIA
Exposição de trabalhos acadêmicos

Feira da Mulher Empreendedora 
 

Dia 06/12/2018
Programação
Carga horária
Horário 8h: 00min
Organização do espaço para o dia e receptividade dos participantes.
4h
Horário 9h:00min

Mesa de Debate: “Toda Mulher Tem o Direito A Viver Sem Violência (Na visão da Psicanálise)”. Palestrante: Erika Nelly Costa Albuquerque
Horário 9h:30min

Mesa de Debate: Toda Mulher Tem o Direito a Viver Sem Violência”
Palestrantes: Cristiane Lina e Drª Jimena Gouveia (Delegada de
Polícia Civil - Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Caruaru
Horário 10h: 00min
Momento para discussão sobre o tema abordado
Horário 12h: 00min
Encerramento das atividades do turno da manhã
Horário 14h as 16h 
Minicurso sobre Violência doméstica e familiar contra mulher Instrutora: Profa. Me. Elba Ravane Alves Amorim e NUGEM das ASCES-Unita

Horário 16h: 30min
Apresentação do esquete do teatro da SPM (Violência)
Apresentação cultural (mulheres do Grupo de Capoeira Raça Nobre)
4h
Horário 17h: 00min
Encerramento das atividades do turno da tarde

TODO O DIA 
Exposição de trabalhos acadêmicos


Feira da Mulher Empreendedora 


Dia 07/12/2018
Programação
Carga horária
Horário 8h: 00min
Organização do espaço para o dia e receptividade dos participantes.
4h
Horário 9h: 00min
Minicurso: Estratégias de Organização Social – O Ativismo Sociopolítico de Mulheres Rurais e Urbanas
Instrutoras: Sylvia Siqueira Campus e Verônica Santana (coordenadora do MMTR)
Horário 10h: 00min
Momento para discussão sobre o tema abordado
Horário 12h: 00min
Encerramento das atividades do turno da manhã 
Horário 14h: 00min 
Mesa de Debate: “Garantia de Direitos das Mulheres”
Palestrante: Dra. Ana Maria Barros e Me. Juliana Gouveia
(Secretária de Políticas para Mulheres de Caruaru), Silvia Maria
Cordeiro (Secretária Estadual de Mulheres)
Horário 16h: 00min
Apresentação cultural (As Mulheres do “Boi”)
4h
Horário 16h: 30min
Apresentação Cultural Musical
Atração: Renilda Cardoso
Término com Coquetel

Horário 17h: 00min
Encerramento do ''I Seminário Municipal de Garantia de Direitos das Mulheres em Caruaru''.

TODO O DIA
Exposição de trabalhos acadêmicos

Feira da Mulher Empreendedora 
   
Imprensa Caruaru