Podcast Tais Paranhos

terça-feira, maio 25, 2021

Importância do brincar e de políticas públicas para primeira infância

 

Qual a importância do brincar para as crianças? Como a primeira infância pode dispor de espaços públicos para interagir socialmente e receber cuidados e estímulos adequados, gerando impacto no desenvolvimento e nos indicadores de saúde para toda vida? Esses temas serão discutidos nesta quinta, 27, pelo gestor do programa Primeira Infância, executado pela Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES), Pedro Mazzarolo, a partir das 10h, durante webinário que contará com a presença de diversos especialistas. O debate integra a programação da 7ª Semana do Bebê, que começou nesta segunda-feira, 24, e segue até o próximo domingo, 30.

O evento, que ocorre mundialmente de modo presencial e virtual devido à pandemia da Covid-19, é uma das principais estratégias do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para assegurar atenção adequada a crianças de até seis anos de idade. No Recife, a programação está sendo promovida pela prefeitura e contará com a participação da Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES) que executa o Plano Recife 500 Anos, projeto estratégico de longo prazo da capital pernambucana que conta com ações direcionadas para a primeira infância.

A agência é responsável pela execução de dois projetos que já são realidade na cidade, as praças Arari Ferreira, localizada no bairro da Iputinga, Zona Oeste; e da Árvore que fica no Compaz Eduardo Campos, no bairro da Santa Terezinha, Zona Norte do Recife. Para realizar essas intervenções urbanas e campanhas educativas com foco para a primeira infância, os projetos contaram com o apoio da fundação holandesa Bernard Van Leer e com expressiva participação popular que resultou em uma nova forma de pensar e desenhar coletivamente soluções adequadas para este grupo de recifenses.

Além das intervenções urbanas, uma das propostas que tem como foco a primeira infância no Plano Recife 500 Anos é a alfabetização das crianças nos três primeiros anos do ensino fundamental nas escolas municipais, a melhoria da atenção materno infantil para reduzir a mortalidade e a pesquisa de desenvolvimento e inovação na área da saúde visando incorporar novas tecnologias para construir soluções para doenças infecciosas e doenças não transmissíveis.

O debate será transmitido pelo canal do Youtube no canal REC500.

Nenhum comentário:

Postar um comentário