Podcast Tais Paranhos

sexta-feira, maio 21, 2021

Centro LGBT do Recife recebe ações da Semana Municipal de Luta contra a Homofobia

 

Com ações educativas e solidárias a Prefeitura do Recife encerra a Semana Municipal de Luta contra a Homofobia, realizada em alusão ao dia 17 de maio, Dia Internacional de Luta contra a Homofobia. Ao longo desta semana, diversas atividades, envolvendo várias secretarias municipais, foram promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Direitos Humanos e Políticas sobre Drogas, por meio da Gerência de Livre Orientação Sexual do Recife (GLOS).

Nesta sexta-feira (21), o Centro de Referência em Cidadania LGBT do Recife recepcionou palestras sobre empregabilidade, curso profissionalizante de Manicure e Pedicure e entrega de cestas básicas. Todas as ações foram voltadas para usuários já acompanhados pelo Centro.

A estudante Bárbara Isabele, de 21 anos, foi uma das usuárias do Centro LGBT que participou da palestra do Programa de Empregabilidade Jovem Aprendiz. "Conhecer o Centro LGBT foi um marco na minha vida, pois por meio do serviço daqui pude realizar a retificação do nome, há cerca de um ano. Com a situação da pandemia, ter a oportunidade de uma palestra sobre empregabilidade me deu esperança de dias melhores. Sou muito grata pela oportunidade", contou Bárbara.

A palestra sobre o Programa Jovem Aprendiz faz parte do Projeto "Respeitar e Oportunizar”, que conta com um ciclo de palestras, oficinas e cursos de qualificação para usuários já acompanhados pelo Centro LGBT, realizado pela Secretaria Executiva da Assistência Social. A iniciativa pretende promover o resgate da cidadania, por meio da geração de emprego e renda , para a diminuição da vulnerabilidade e desigualdade da população LGBTI+.

Outra ação da Semana Municipal de Luta contra a Homofobia é a entrega de cerca de 300 cestas básicas arrecadadas pela campanha Recife Solidário, que acontece até o fim do mês, para usuários em vulnerabilidade social acompanhados pelo Centro LGBT. O Recife Solidário recebe doações de alimentos não perecíveis nos 11 pontos drive-thru de vacinação. Desde o início da campanha, já foram arrecadados cerca de 150 toneladas de alimentos, que já se converteram em mais de 11 mil cestas básicas entregues.

Para a artista Kalyndra Selva, 24 anos, que está sem renda desde o início da pandemia, a cesta básica é um auxílio que chega na hora certa. "Nessa pandemia, eu estou conseguindo me virar graças a esse tipo de ajuda. Participo das ações do Centro LGBT há cerca de dois anos. No ano passado, também recebi cestas básicas que ajudam a mim, meu esposo e minha mãe", disse Kalyndra.

"O Centro LGBT tem como principal objetivo acolher e gerar oportunidade para o público vulnerável, sobretudo, diante da atual situação de pandemia. Enquanto gestão, estamos comprometidos em realizar ações que fortaleçam as políticas públicas voltadas à população LGBTI+, que ainda sofre muito preconceito na sociedade, o que dificulta a empregabilidade, por exemplo", reforçou Luciana Silva, gerente de Livre Orientação Sexual do Recife (GLOS).

A Semana Municipal de Luta contra a Homofobia também viabilizou, em parceria com a Secretaria de Trabalho e Qualificação Profissional, turmas de cursos profissionalizantes Manicure e Pedicure, Designer de Sobrancelha e Corte com Máquina. Todos com 40 horas-aulas e certificação. Na próxima sexta-feira (28), a primeira turma de usuários do Centro LGBT receberá o certificado.

Além disso, durante as noites dos dias 17 a 21 de maio, as cores do arco-íris iluminaram o Geraldão e a ponte Paulo Guerra (ponte estaiada do Pina). Essa ação foi realizada em parceria com a Emlurb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário