Podcast Tais Paranhos

domingo, maio 09, 2021

Pioneiro programa de Cashback na área de energia solar

 

Geralmente, ao fazer uma compra, pensamos que vamos apenas gastar dinheiro. Entretanto, com o método do Cashback, é possível obter parte do valor das compras de volta. Quanto mais compras são feitas, mais dinheiro pode-se receber de volta. Além de fidelizar o cliente, o método de Cashback acaba sendo muito vantajoso para o consumidor que consegue acumular vantagens. E, foi pensando em ajudar pequenos e médios negócios como padarias e mercadinhos, que a Insole, empresa que oferece soluções financeiras por meio da conta de energia, aposta no desafio de transformar o consumo de energia em moeda de troca.

Há sete anos no mercado e referência em projetos de energia solar em todo o Brasil, a Insole inova com a campanha “Tá na Hora de Mudar”, que concede desconto e créditos a donos de padarias e mercadinhos que fecharem contrato de locação de sistema de geração energia solar. Não há necessidade de investimento inicial no negócio. É simples e sem burocracia, o cliente faz a portabilidade da sua conta de energia para a Insole e ganha cashback de 5 a 10 vezes o valor da sua conta. O valor do cashback será crédito na carteira digital, InsolePay*.

Para o cliente receber o benefício do Cashback, é imprescindível que permaneça com o pagamento mensal em dia, sem que ocorra qualquer atraso no pagamento de qualquer das parcelas do contrato firmado com a Insole.

De acordo com os estudos feitos pela Insole, um dos grandes entraves para a energia solar é o valor do investimento da instalação de uma usina em residências e estabelecimentos comerciais. “Esse custo, muitas vezes, atua como inibidor para o cliente que deseja utilizar uma energia mais limpa. O que a Insole propõe é mudar através da portabilidade da conta de energia convencional para a solar oferecendo uma redução dos custos fixos de energia em pequenos e médios negócios tais como donos de mercadinhos e padarias”, explica Ananias Gomes, presidente da Insole.

Nenhum comentário:

Postar um comentário