quinta-feira, março 18, 2021

Funase recebe 350 kits de higiene doados pela Secretaria da Mulher do Recife

 

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) recebeu, na quarta-feira (17), 350 kits de higiene pessoal doados pela Prefeitura do Recife, através da Secretaria da Mulher do município. O material foi arrecadado pela equipe da secretaria durante a campanha do bloco carnavalesco Nem com uma Flor, em fevereiro. Os doadores entregavam sabonetes e absorventes e, em troca, levavam uma máscara de proteção contra a Covid-19 com a marca da agremiação, que este ano não saiu às ruas por conta da pandemia.

Os kits serão destinados a 43 adolescentes e jovens em internação provisória ou em cumprimento de medidas de internação ou semiliberdade após a prática de atos infracionais. Esse público, com faixa etária entre 12 e 21 anos incompletos, é atendido em três unidades da Funase situadas nos bairros do Bongi e da Iputinga, na Zona Oeste da capital.

“Trabalhamos muito a questão do fortalecimento da cidadania e do empoderamento das mulheres, por meio de uma equipe multiprofissional. Quando a situação da pandemia estiver em um nível em que seja possível retomar atividades presenciais com mais segurança, temos todo o interesse de realizar outras ações específicas para as adolescentes e mulheres que estão na Funase”, disse a secretária da Mulher do Recife, Glauce Medeiros, que acompanhou a entrega dos donativos juntamente com a secretária executiva da Mulher do município, Janaina Granja, e com a chefe de gabinete da Secretaria da Mulher, Iana Souza.

Para a superintendente da Política de Atendimento da Funase, Íris Borges, o estabelecimento de parcerias voltadas especificamente ao público feminino que está na instituição é fundamental. “Sabemos que o atendimento às adolescentes e jovens envolve muitas peculiaridades. Envolve a condição de ficarem gestantes, de serem mães, de nem sempre terem o mesmo apoio da família que um adolescente do sexo masculino costuma ter. Por isso, recebemos com muita alegria todas as ações direcionadas por instituições parceiras. As articulações para buscar apoio na rede e executar as políticas públicas são muito importantes nesse trabalho”, avaliou.

lmprensa Funase PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário