Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

quinta-feira, março 18, 2021

Primeiro dia de fiscalizações da quarentena encontra poucas irregularidades

 

Durante todo o dia de hoje (18.03), o Procon-PE realizou diversas fiscalizações para averiguar o cumprimento da quarentena decretada pelo Governo do Estado, que vai até o dia 28 de março. O órgão encontrou poucas irregularidades, a grande parte eram lojas que estavam trabalhando em formato de delivery, mas que estavam com as portas entreabertas.

A fiscalização passou pelo Centro da Cidade. Na Rua da Concórdia, lojas de manutenção e assistência técnica estavam abertas. Uma de equipamentos musicais foi orientada a baixar a porta. Na Rua Duque de Caxias, a Narciso Enxovais que agora colocou uma faixa com o nome Super Mercado Narciso, estava com uma prateleira com alimentos e produtos de limpeza. O órgão pediu para a loja fechar, pois todo o resto da loja deveria estar isolado. Entretanto, a atitude de colocar produtos essenciais foi uma forma de tentar burlar o decreto. A loja terá 24 horas para apresentar defesa.

"Nos próximos dias a fiscalização continuará intensa, nos três turnos, e esperamos contar com a colaboração da população. O momento é delicado e pede que as medidas sejam coletivas", explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. No ato da fiscalização foi averiguada a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), da Narciso, e consta que a atividade principal não era a de alimentos.

Ainda no bairro da Boa Vista, muitas lojas foram orientadas que apesar de estarem trabalhando em formato de delivery, não podiam oferecer o serviço de retirada de produtos e nem receber clientes. Nas ruas, poucas pessoas circulavam.

As equipes passaram ainda por Candeias, na Zona Sul e na Zona Norte foram fiscalizados, o Alto de Santa Izabel, Macaxeira, Casa Amarela, Brejo da Guabiraba, Vasco da Gama, Morro da Conceição e Córrego do Euclides, onde uma loja de Xerox foi autuada. Participaram da ação Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

lmprensa Procon PE



Nenhum comentário:

Postar um comentário