Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

segunda-feira, junho 14, 2021

Unidades de saúde se unem em torno do Dia do Doador de Sangue

 

O apelo é permanente. E necessário. Em meio à pandemia que aflige o mundo há mais de um ano, doadores de sangue se fazem indispensáveis. São eles que mantêm os estoques dos bancos de sangue, que abastecem as unidades de saúde e que, neste momento, vêm enfrentando dificuldades tanto para a realização de cirurgias quanto para o atendimento ao paciente acometido pelo novo coronavírus. Em Pernambuco, o Hemope registra uma queda de 30% no número de doações em comparação ao mesmo período do ano passado, mesmo quando já havia a pandemia. É mais um efeito do agravamento da crise provocada pela Covid-19.

Para colaborar com o hemocentro do estado e alertar para a importância da doação voluntária de sangue, a Fundação Professor Martiniano Fernandes (FPMF) está lançando uma campanha em torno do Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado neste dia 14 de junho, junto às unidades de saúde por ela administradas.

A partir deste mês, os Hospitais Eduardo Campos da Pessoa Idosa, no Recife; Dom Hélder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho; Dom Malan, em Petrolina; e Miguel Arraes, na cidade de Paulista, bem como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Pernambucanas de Atenção Especializadas (UPAEs) estão realizando ações internas, com o objetivo de chamar atenção de funcionários e usuários do serviço para cooperar com o Hemope. Uma única doação é capaz de beneficiar até três pessoas. “Vivemos um momento ímpar para a saúde pública, que atinge o Hemope de forma mais impactante, não só pela grande demanda exigida pelas unidades de saúde, mas também pelo baixo registro de doadores atuais. Então, nós, enquanto dependentes do Hemope, precisamos assumir nossa responsabilidade e tomar a frente desse trabalho”, esclarece Eline Nascimento, superintendente geral da FPMF.

O Hemope responde por mais de 80% de todo o sangue coletado no Estado e 90% da demanda do SUS. Atualmente, seus estoques estão apresentando situação crítica em todos os tipos sanguíneos, e precisam de reposição com urgência. A campanha encabeçada pela FPMF mostra, em seu slogan, que a iniciativa solidária de doar sangue é vista também como um super-poder: “Doe sangue! Ajude a salvar vidas e seja o herói da vida de alguém!”. O material, produzido para as redes sociais e para divulgação interna, está circulando entre as unidades de saúde envolvidas.

Quem quiser colaborar deve procurar uma unidade do Hemope. Para evitar aglomerações, o hemocentro está tomando todos os cuidados de distanciamento, com alterações nos espaços para garantir a segurança dos voluntários e o uso de máscaras por todos os funcionários, além da disponibilidade de álcool em gel. A coleta de sangue de doadores funciona de segunda a sábado, das 7h15 às 18h30, no Hemocentro Recife, inclusive nos feriados. Na Regional Petrolina, o atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h. Para doar sangue, é preciso gozar de boa saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 quilos. Além disso, é necessário portar um documento oficial com foto.


Com lnformações da Jornalista lana Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário