Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

segunda-feira, junho 14, 2021

Junho violeta: Em 2021, já foram registradas pela SJDH 1.443 violações contra pessoas idosas

 

Com a proximidade do Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, nesta terça-feira (15), e em alusão ao Junho Violeta, mês voltado ao tema, que a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) reforça a importância de denunciar atos que violam os direitos da população idosa. De acordo com Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), em 2020, ano que teve início a situação pandêmica no Brasil, foram registradas pelo programa 818 denúncias e identificadas, a partir destes dados, 2.080 violações, em sua grande maioria cometidas no ambiente intrafamiliar.

Neste ano, os números chamam mais atenção, pois se aproximam de todo ano de 2020. De janeiro até o dia 08 deste mês, já foram realizadas 559 denúncias e identificados 1.443 tipos de atos violadores e o ambiente familiar continua sendo o local onde mais ocorrem as agressões. As mulheres são as maiores vítimas e a faixa etária mais vitimada é de 80 a 89.

Ainda de acordo com o CIAPPI, as cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) que acumulam o maior número de violações são: Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, consecutivamente. Já em todo o estado de Pernambuco, no ranking de violações deste ano se destacam a negligência, violência financeira, verbal, psicológica e o abandono, nesta ordem.

Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico frisa que a denúncia ainda é a maior arma para combater esses crimes. “É importante que as pessoas tenham a consciência de denunciar atos violadores ao perceber qualquer sinal. Mudanças no comportamento da pessoa idosa precisam ser observados com atenção. Irritabilidade, depressão, hematomas, podem ser, por exemplo, um indicativo de violência”, esclarece.

Para realizar denúncias de violações contra pessoas idosas, a população pode entrar em contato pelo telefone (81) 3182-7649, das 9h às 16h ou pelo e-mail ciappi2016@gmail.com.

lmprensa SJDH PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário