quarta-feira, 19 de agosto de 2020

PSol de Pernambuco aciona Conselho de Ética da ALEPE contra Clarissa Tércio e Joel da Harpa

O PSol de Pernambuco - através do Coletivo Juntas com apoio do vereador do Recife Ivan Moraes e da bancada do partido no Congresso Nacional - acionou o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de Pernambuco contra os deputados estaduais Clarissa Tércio (PSC) e Joel da Harpa (Progressistas - Antigo PP). 

Os dois estiveram no último domingo (16) com grupos religiosos que tinham o objetivo de impedir a interrupção da gravidez de uma menina de 10 anos estuprada pelo próprio tio. Os parlamentares, acompanhados por religiosos, tentaram invadir o hospital, hostilizaram profissionais de saúde  e foram enfrentados por um grupo de mulheres que foram ao local apoiar a menina e a equipe de profissionais que fizeram o procedimento. Por correr alto risco de morte e ter gestação como fruto de estupro, a menina teria duplamente direito ao aborto legal e seguro, feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Notícia-Crime - Na tarde desta segunda-feira, a professora da Faculdade de Direito da UFPE Liana Cirne e o advogado Higor Araújo deram entrada num protocolo de notícia-crime também contra os já citados parlamentares Clarissa Tércio e Joel da Harpa. "Acabamos de protocolar notícia-crime contra Clarissa Tércio e Joel da Harpa por violação do Estatuto da Criança e Adolescente e, em tese, prática dos delitos de embaraço à ação de autoridade judiciária, incitação ao crime e prevaricação", afirmou Liana em seu Twitter.




Nenhum comentário:

Postar um comentário