quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Artesanato, arquitetura, refúgio, café e pesquisa de família pautam atividades do Museu da Imigração

O período do fechamento temporário transformou a dinâmica da programação oferecida pelo Museu da Imigração – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo –, ultrapassando o espaço físico e ampliando a atuação e o público alcançado com a realização de um intenso cronograma no ambiente digital. Na segunda quinzena de agosto, artesanato, arquitetura, refúgio, café e pesquisa de história de família serão os temas de lives e webinário.

No dia 15 (sábado), acontecerá mais uma edição online da oficina de artesanato “Ponto a Ponto”, na qual os educadores Juliana Barros e Luiz Gregório apresentarão o passo a passo da encadernação japonesa 4 furos em uma transmissão ao vivo no Instagram, às 15h. Os participantes poderão enviar perguntas durante o processo para compreender mais sobre a técnica que pode se tornar um hobby ou uma fonte de renda.

Em referência ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico, celebrado no dia 17 (segunda-feira), a live “Arquitetura dos edifícios” acontecerá em mais uma parceria com o Museu do Café (foto), às 17h, no Instagram. O assunto da conversa entre as coordenadoras técnicas Mariana Martins (MI) e Marcela Rezek (MC) envolverá os complexos das antigas Hospedaria de Imigrantes do Brás e Bolsa Oficial de Café, ambos tombados, destacando arquitetura, construção, ocupação e importância para o desenvolvimento das duas instituições.

Já no dia 18 (terça-feira), o webinário “Adelante - A luta das venezuelanas refugiadas no Brasil” apresentará o processo de construção do documentário, de mesmo nome, que retrata a história de sete venezuelanas que habitaram o abrigo da PARES Cáritas, no Rio de Janeiro. Com início às 17h, a transmissão ao vivo no YouTube terá a presença da jornalista, cineasta e diretora do filme, Luiza Trindade; da editora do Projeto Celina do Jornal O Globo (co-produtor), Renata Izaal, e da consultora de comunicação da Instituição PARES Cáritas, Luciana Queiroz. A programação – mediada pelo pesquisador do MI, Thiago Haruo – trabalhará temas relacionados à produção, como relação com as entrevistadas, construção da narrativa, gênero e diversidade.

Com o barista do Museu do Café, Hallyson Ramos, a instituição promoverá a live “Dica do Barista: Mocaccino e Affogato sem sair de casa” no dia 20 (quinta-feira), a partir das 15h, no Instagram. A atividade ensinará detalhes desses dois drinks produzidos, respectivamente, com café, leite e calda de chocolate, e café, sorvete de creme, calda de chocolate e canela. No dia 31 (segunda-feira), o profissional retornará a essa mídia social do MI para compartilhar orientações sobre como garantir uma bebida deliciosa e de qualidade com a ação “Dica do Barista: prepare um bom café em casa”, também às 15h.

Conhecer a própria história não é possível para todas as pessoas no Brasil, principalmente para aquelas com ancestralidades indígenas e negras. Com base nesse assunto, a live “Histórias invisibilizadas: por que nem todos os brasileiros conseguem pesquisar suas histórias de família?” está agendada para o dia 25 (terça-feira), às 17h, no Instagram. Discutindo algumas razões dessa desigualdade e seus impactos para indivíduos e sociedade brasileira, o encontro contará com o historiador e pesquisador do Museu, Henrique Trindade, e a historiadora, mestranda em História Social na área de cultura e identidade da África Central e diáspora centro-africana e autora do livro “Vozes Transcendentes: os novos gêneros na música brasileira”, Larissa Moreira.

Serviço

Live “Ponto a Ponto: encadernação japonesa”
Data: 15 de agosto
Horário: 15h
Plataforma: Instagram

Live “Arquitetura dos edifícios”
Data: 17 de agosto
Horário: 17h
Plataforma: Instagram

Webinário “Adelante - A luta das venezuelanas refugiadas no Brasil”
Data: 18 de agosto
Horário: 17h
Plataforma: YouTube

Live “Dica do Barista: Mocaccino e Affogato sem sair de casa”
Data: 20 de agosto
Horário: 15h
Plataforma: Instagram

Live “Histórias invisibilizadas: por que nem todos os brasileiros conseguem pesquisar suas histórias de família?”
Data: 25 de agosto
Horário: 17h
Plataforma: Instagram

Live “Dica do Barista: prepare um bom café em casa”
Data: 31 de agosto
Horário: 15h
Plataforma: Instagram

Nenhum comentário:

Postar um comentário