sábado, dezembro 25, 2021

Chegada do verão traz alerta para prevenção ao câncer de pele

 

O Dezembro Laranja é o mês de atenção e cuidado especial contra o câncer de pele, que registra, a cada ano, cerca de 185 mil novos casos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). A doença é causada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele, formando camadas e originando diferentes tipos do tumor. Segundo o médico oncologista Diogo Sales, da Oncoclínicas Pernambuo, o câncer de pele é o mais incidente na população brasileira. “A gente tem aproximadamente quase 200 mil casos de câncer de pele no Brasil por ano, o que gera em torno de 16 mil mortes em cada ano”, relatou.

Os dois tipos mais comuns de câncer de pele são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares, além do melanoma – que é o mais agressivo da doença. Os dois primeiros correspondem a 97% dos casos no mundo. Já o melanoma é mais danoso, por ter altas chances de disseminação para outros órgãos. Em ambos os casos, o diagnóstico inicial e o tratamento rápido podem salvar vidas e levar à uma recuperação satisfatória.

É necessário ficar atento aos fatores de risco: histórico de doenças de pele na família, idosos, indivíduos de pele, olhos e cabelos claros, ruivos e pessoas que sofreram com problemas de pele e queimaduras do sol na infância podem ter mais chances de desenvolver o câncer. Os sintomas também são importantes para o diagnóstico: feridas que sangram e não cicatrizam, cicatrizes antigas e úlceras, sinais antigos localizados no tronco ou perna – com borda irregular, assimetria e cores – devem ser monitorados sempre.

A melhor forma para evitar o câncer de pele ainda é a prevenção. “O ideal é passar o protetor solar todos os dias, pelo menos nas regiões da pele mais expostas. Também é necessário, em situações de mais exposição ao sol, como praia e caminhada, usar camisa de proteção ultravioleta, chapéu e óculos escuros”, salientou Diogo Sales.

Nenhum comentário:

Postar um comentário