Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

segunda-feira, julho 05, 2021

Reconstruindo e recriando imaginários: De “Menino 23” a “Desfazenda”

 













Na próxima quarta-feira, dia 7 de julho, às 21h, após a exibição de Desfazenda - Me enterrem fora desse lugar, Roberta Estrela D’Alva e Lucas Moura, diretora  e dramaturgo da peça-filme, recebem o diretor Belisário Franca e o historiador  Sidney Aguillar para uma conversa. 

 

Desfazenda é livremente inspirada em história real, descrita no documentário “Menino 23 - Infâncias perdidas no Brasil” dirigido por Franca, que parte da descoberta de tijolos marcados com suásticas nazistas em uma fazenda no interior de São Paulo. 

 

O  assunto foi tratado pelo pesquisador Sidney Aguilar em sua tese de doutorado “Educação, autoritarismo e eugenia = exploração do trabalho e violência à infância desamparada no Brasil (1930-1945)”. No texto, Aguillar  relata sobre os 50 meninos negros levados de um orfanato no Rio de Janeiro para uma fazenda - aquela onde os tijolos foram encontrados - e submetidos a trabalhos forçados, isolamento social e castigos físicos por três irmãos que faziam parte da Ação Integralista Brasileira, partido de extrema direita de ideário fascista e nazista. 

 

Roberta e Lucas conversam com os convidados sobre os processos de pesquisa e criação do documentário, entrecruzando-os com os caminhos de criação ficcional da peça- filme.

 

A temporada de “Desfazenda – Me enterrem fora desse lugar” segue até dia 11 de julho, com sessões gratuitas (os ingressos devem ser reservados na plataforma Sympla no link https://www.sympla.com.br/eventos?s=desfazenda&tab=eventos&ordem=date

 

Em Desfazenda - Me enterrem fora desse lugar  as personagens 12, 13, 23 e 40 são quatro pessoas pretas salvas da guerra por um Padre Branco quando crianças. Desde então vivem na fazenda deste Padre, cuidando das tarefas diárias, supervisionadas por Zero, figura enigmática, central e onipresente, embora sempre ausente. O Padre nunca sai da capela, a guerra nunca atingiu a Fazenda e quando os porquês são questionados, o sino toca e lembra que é hora da oração ou do trabalho. Até que um estranho vulto chega à Fazenda e muda os ventos, o mudo silêncio é quebrado e de dentro da capela o segredo é revelado.

 

Enquanto buscam entender a situação na qual se encontram, em meio às memórias, as personagens apresentam problemáticas que costumam ser comuns no processo de entenderem-se como pessoas negras no Brasil: a assimilação do ideário do embranquecimento, a busca de autoestima e autoaceitação, a falsa promessa de um dia pertencer igualitariamente ao "mundo dos brancos", a nascente pulsão de revolta contra conceitos estabelecidos e restrições impostas, além das questões imbricadas de gênero e raça. 

 

Belisario Franca

Diretor

Começa sua trajetória como diretor na Rede Globo, onde assina fenômenos de audiência popular como a série Brasil Legal. Há mais de 20 anos, funda a Giros Filmes, onde passa a dirigir seus projetos autorais - os premiados Menino 23, Amazônia Eterna, Música do Brasil e Além Mar, bem como os dramas Jungle Pilot (Universal TV), Revolta dos Malês (SescTV) e Baile de Máscaras (TV Cultura). Belisario atua ainda como produtor, emprestando seu olhar experiente para o desenvolvimento de novas histórias e talentos.

 

Sidney Aguilar

Professor, Historiador e Documentarista

Possui Bacharelado em História pela Universidade de São Paulo (1991), Licenciatura em História pela Universidade de São Paulo (1992), Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2002), Doutorado em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Menção Honrosa no Prêmio Capes de Tese 2012 da área de Educação. Prêmio Fundação Carlos Chagas / Fundação Conrado Wessel - 2012 pela contribuição à Educação brasileira. Realizou Pós-Doutorado na Universidade Estadual Paulista (2016). É pesquisador do IFCH-UNICAMP em regime de Pós-Doutoramento.  

 

Serviço


Desfazenda - Me enterrem fora desse lugar

 

Encontro virtual com o historiador Sidney Aguilar e o diretor Belisario Franca

Mediação: Roberta estrela D’Alva e Lucas Moura

Dia 7 de julho de 2021, às 21h

no canal do YouTube do grupo O Bonde (youtube.com/OBondee)

 

Temporada de apresentações:

De 30 de junho a 11 de julho de 2021

Duração total: 70 minutos | Classificação Indicativa: 12 anos | Grátis. 

Os ingressos são limitados e devem ser reservados no link https://www.sympla.com.br/eventos?s=desfazenda&tab=eventos&ordem=date

 

1ª semana (30 de junho a 04 de julho)

Quarta e quinta-feira às 20h; sexta-feira a domingo às 20h e às 23h (duas sessões)

2ª semana (07 a 11 de julho)

Quarta-feira às 20h; quinta-feira a domingo às 20h e às 23h (duas sessões)

 

Mais informações nas redes sociais d’O Bonde:

Facebook.com/coletivoobonde

Instagram @0__bonde

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário