Podcast Tais Paranhos

quinta-feira, junho 10, 2021

Barqueiros do Marco Zero recebem qualificação

 

Cartão-postal da cidade, o Parque de Esculturas Francisco Brennand é também fonte de renda para onze famílias recifenses. Os barqueiros que fazem a tradicional travessia da Praça do Marco Zero às esculturas de Brennand compõem a experiência turística e também de lazer que o Recife Antigo oferece aos visitantes e moradores da cidade. Pensando nisso, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, em parceria com a Copergás e a Recria (Brasil), está promovendo uma qualificação destes profissionais, além de melhorias dos barcos e equipamentos de segurança.

O Programa de Qualificação dos Barqueiros do Marco Zero teve início essa semana e segue até o final de julho. As capacitações serão em Qualidade no Atendimento, Sustentabilidade e Turismo Criativo e Inovação em roteiros. Os módulos serão trabalhados em cinco encontros espaçados que tiveram início na última segunda-feira (07) e seguem até 19 de julho, na Associação Comercial de Pernambuco, no Recife Antigo. Os barqueiros irão receber também equipamentos de segurança (colete), camisa UV, boné e ainda reparos e pintura em seus barcos. A articulação tem como objetivo valorizar o serviço destes profissionais que também representam a cadeia produtiva do turismo na cidade.

O Parque de Esculturas Francisco Brennand é um dos principais atrativos turísticos da cidade, de valor inestimável para o recifense. O projeto em andamento faz parte das melhorias propostas pela Prefeitura do Recife para fortalecer o equipamento enquanto atrativo turístico e de lazer da cidade. Somente este ano, o Parque de Esculturas ganhou iluminação cênica e a instalação de sistema de videomonitoramento infravermelho, além de monitoramento 24h da Secretaria de Segurança Cidadã do Recife e vigilância no local. As medidas visam inibir ações criminosas e também garantir que a população usufrua deste equipamento que faz parte da cidade desde 2000.

A preservação do Parque de Esculturas é uma das prioridades da gestão municipal, que encomendou um projeto de recuperação de todas as obras ao artista plástico Jobson Figueiredo, também idealizador do Parque. O projeto está pronto aguardando validação do Instituto Francisco Brennand para ser iniciado. Os investimentos serão feitos a partir de emendas parlamentares que somam R$ 5 milhões. Após iniciada a execução do projeto, a manutenção e substituição das obras levarão em média dez meses.

lmprensa Recife




Nenhum comentário:

Postar um comentário