sábado, 11 de abril de 2020

Juninho Pernambucano vai ajudar homem agredido no Mato Grosso

Esta semana, um vídeo nas redes sociais viralizou e revoltou internautas de todo o País. Este cidadão da foto é Anderson, da cidade de Sinop - MT, a 480 km de Cuiabá. Dependente químico, ele estava pedindo esmolas quando foi abordado por um motorista que o agrediu com um tapa. Num primeiro momento, tuiteiros descobriram quem era o agressor, um empresário da região que responde a mais de 20 processos. 

Entre os muitos indignados com a agressão estava o ex-futebolista e ex-comentarista Juninho Pernambucano (ex-Sport, ex-Vasco e ex-Lyon - França). "O cidadão de bem brasileiro é o traficante de escravos moderno. A raiva q sinto é tão grande que chega a fazer mal. Se acharem essa pessoa que foi agredida, me coloco a disposição para ajudá-lo e muito", afirmou Juninho em seu Twitter.


Pois bem, Juninho obteve ajuda do jurista Rogério Pereira, que é professor de processo penal e advogado, que foi até a casa do Anderson. Necessitado de ajuda devido ao problema com entorpecentes, ele aceitou ser internado em uma instituição para dependentes químicos, apoio viabilizado pelo Juninho. Rogério Pereira, por sua vez, vai ser o advogado de Anderson no processo judicial contra o agressor e não vai cobrar nada. 

A atitude foi elogiada por vários tuiteiros, famosos e anônimos. E muitos se ofereceram para ajudar o Anderson. "Agradeço também a todos que quiseram ajudar e foram muitos", finaliza Juninho Pernambucano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário