sábado, março 13, 2021

SJDH reforça a importância dos defensores e defensoras dos direitos Humanos

 

Em alusão ao Dia Estadual das Defensoras e Defensores dos Direitos Humanos, no próximo domingo (14), que o Programa Estadual de Proteção aos Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos em Pernambuco (PEPDDH/PE), vinculado à Secretaria Executiva de Direitos Humanos, reforça a importância da atuação destas pessoas que buscam por melhor qualidade de vida e a garantia dos direitos à população onde atuam e, em muitas das vezes, por conta da sua militância, tem a própria vida exposta ao risco de morte.

O PEPDDH/PE, que foi implantado em Pernambuco no ano de 2006, atualmente, protege 39 pessoas, em todo o Estado, atuantes em causas quilombolas, indígenas, de povos de terreiro, trabalhadores rurais, lideranças comunitárias, dentre outros. Um deles é o agricultor de um município pernambucano, João [nome fictício]. O líder quilombola teve a sua vida exposta à grave ameaça de morte por fazendeiros da região, que queriam as terras do quilombo. Contudo, apesar da grande batalha e das intensas ameaças, ele não se arrepende de lutar pela comunidade.

“Quando uma liderança é ameaçada, toda a comunidade é ameaçada e eu faria tudo novamente, porque estou em uma comunidade que tem quase 400 famílias, eu não estou defendendo apenas a minha casa. Eu defendo em nome da população”, relata.

E para que a proteção acontecesse para João, o programa realiza diversas atividades, como: acompanhamento com a rede socioassistencial, jurídica e de segurança, municipal e estadual, suporte ao defensor de Direitos Humanos em ouvidas judiciais, atendimentos presenciais, virtuais e por telefone, colocação de câmeras, a fim de monitorar a entrada e saída de pessoas, visitas em campo, atividades formativas, dentre outros.

Para o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, o dia representa o quão importante é o trabalho destas pessoas. "Este dia representa uma parcela de reconhecimento da importância dos defensores e defensoras dos direitos humanos, que cumprem papel fundamental no fortalecimento da própria democracia, da cultura de Direitos e do combate às injustiças e exclusões sociais. Por isso, o Governo de Pernambuco, por meio do PEPDDH/PE, não abre mão de garantir proteção e dignidade para os defensores e defensoras de nosso Estado, bem como de dar visibilidade às pautas e causas pelas quais militam", informa.

lmprensa SEDH PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário