Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

quinta-feira, setembro 09, 2021

Santuário da Mãe Rainha de Olinda e Recife se prepara para as celebrações em torno de seus 29 anos

 







Fiéis de todo o Estado entram em contagem regressiva para a Novena e Festa do Santuário da Mãe Rainha – Tabor da Nova Evangelização - que comemora quase três décadas de atuação. A novena tem início no dia 01 de outubro e tem como lema “Mãe Rainha, contigo peregrinamos; conosco és peregrina”.

Com muitas novidades, a novena deste ano celebra os 41 anos da chegada da Mãe Rainha no Nordeste e os 29 anos em solo pernambucano. “É uma data muito especial para todos os que fazem parte desta história. Por isso, estamos preparando vários momentos de oração, partilha, reflexão, integração e alegria” – ressalta o padre Vitor Hugo Possetti, reitor do Santuário da Mãe Rainha Tabor da Nova Evangelização de Olinda e Recife.

A programação da novena é intensa e engloba todos os setores da vida. “Cada dia da novena iremos meditar sobre alguns aspectos. Teremos reflexões sobre a família, as crianças, os jovens, o trânsito, os meios de transporte, o trabalho, os estudos, a cultura, o esporte, entre outros” – conta padre Vitor.



Programação

Também entre as novidades deste ano, o Concurso de Fotografia e o Encontro dos Corredores de rua e Ciclistas vão movimentar ainda mais a novena e festa. “Unimos a oração, a contemplação, o louvor aos acontecimentos que movimentam Recife e Olinda. A cultura e o esporte fazem parte da vida do nosso povo, por isso estão inseridos na nossa programação.” – comenta padre Vitor.

Outro destaque - para o segundo dia da novena - é a oração da manhã que vai ser realizada na Ilha da Amizade, na orla de Olinda. “Vamos começar bem cedo, às 6h00, com o nascer do sol”. Em seguida, às 7h30, os Ciclistas e Corredores terão um encontro com a Mãe Rainha. “Cada pedalada ou passo são impulsionados pela fé. Aqui a fé de cada um se une à paixão que os corredores e ciclistas têm pelo esporte” – define.

Já para o terceiro dia da novena, a consagração se volta aos lares. “Abrimos as portas de nossos lares para a presença da Mãe Rainha. Desta forma, em família entramos numa comunhão fraterna e podemos testemunhar a salvação em Cristo”.

No quarto dia, a imagem da Mãe Rainha estará visitando o comércio, consultórios, indústrias da cidade e às 16h, haverá a bênção dos trabalhadores e carteiras de trabalho durante Santa Missa no Santuário.

No quinto dia, a Mãe Rainha da Misericórdia visita presídios, hospitais e casas de acolhida. “A imagem da Mãe Rainha está em todos os lugares onde seus filhos estão” – detalha. No mesmo dia, a Santa Missa das 16h terá a distribuição de cestas básicas para as famílias cadastradas. “Como discípulos de Jesus somos chamados a participar como sal da terra e luz do mundo (Mt 5, 13-14), fermento na massa (Lc 13, 20-21), com o ouvido no coração de Deus e a mão no pulso do tempo”.

Já no sexto dia, a visita da Mãe Rainha se dará a grupos artísticos do Sítio Histórico de Olinda. “O Santuário faz parte do roteiro turístico religioso regional e nacional. Recebemos visitas de vários artistas em suas diversas manifestações. E dessa vez, a imagem da nossa Mãe vai até eles.” – detalha.

Os estudantes também poderão receber a visita da Mãe Rainha no sétimo dia da novena. “Maria é Rainha da verdade, do amor e da esperança. É Mãe e Educadora”.

Já no oitavo dia, a lembrança dos entes queridos, os falecidos, vítimas da COVID. A Mãe Rainha vai visitar famílias que vivem o luto pela partida e a vida eterna de algum familiar. “Ela nos acompanha agora e na hora de nossa morte”, destaca. A Santa Missa das 16h será realizada com acolhidos da Fazenda da Esperança e da Missão Kairós. No último dia da novena, a imagem da Mãe Rainha visita as capelas e Santuários paroquiais da Arquidiocese. Neste dia, a Santa Missa será presidida pelo arcebispo Dom Fernando Saburido e a partir das 19h, uma grande Vigília vai iluminar toda Olinda. Em seguida, serão anunciados os vencedores do Concurso de Fotografia.

“Nada sem vós, nada sem nós” – A Coroação

O domingo, dia 10 de outubro, vai ser marcado pela festa da Mãe Rainha. “As nossas celebrações têm início às 6h com a alvorada e serão intercaladas com terços e Santas Missas durante o dia todo. No encerramento, teremos a tão esperada coroação a Nossa Senhora. “Coroar Nossa Senhora é demonstrar que a reconhecemos como Rainha. É nos colocarmos como filhos pequenos diante dela, renovando o compromisso de sermos colaboradores, com ela, para o Reino de Deus, tendo ela como Mãe Rainha e Educadora” – explica padre Vitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário