Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

terça-feira, junho 08, 2021

Bernardo Lisboa: entre o Rap e a Sala de Aula

 

O RAP está presente na vida de Bernardo Lisboa desde sua infância. Aos dez anos de idade já curtia o som de Gabriel O Pensador, decorando as letras de várias composições do primeiro disco do Rapper. Bernardo cantava nos coletivos da cidade e entre amigos de sua geração, num movimento artístico intitulado MUTC (Movimento Underground do Transporte Coletivo).

Vários Raps eram entoados, especialmente os dos Racionais MC’s, grupo que decorou também várias letras de músicas. A partir disso passou a fazer RAP quando recebeu o músico americano Aaron em sua casa, através de um site chamado Couchsurfing, em 2009. Aaron gostava muito do Freestyle Rap, no qual se cria e canta rimas na hora, sem escrever, sem editar, apenas no improviso. Desse modo percebeu que conseguia fazer o improviso e passou também a rimar em freestyle, sempre que tinha oportunidade.

O primeiro RAP gravado por Bernardo foi no intercâmbio que ele fez na Alemanha, pelo curso de letras da UFPE. Durante o intercâmbio ele conheceu vários rappers pouco conhecidos, mas que estabeleceu uma relação artística e passou a rimar também com eles.

O primeiro RAP gravado nesse intercâmbio foi num estúdio de um amigo, que fez a parte instrumental da música. A letra foi dedicada à sua namorada Melanie, na época.

Esse primeiro RAP pode ser escutado no seu canal no Youtube e Bernardo pensa em lançar no Spotify também, embora ainda seja uma música antiga, gravada em 2013, mas que também não foi largamente divulgada.

De lá pra cá o Rapper continua rimando em Freestyle e escrevendo raps, ainda como hobby. Desde que voltou do intercâmbio, passou a trabalhar como professor de idiomas, primeiro inglês, depois francês, e por último alemão. Hoje é professor de alemão do CCBA (Centro Cultural Brasil Alemanha), além de ministrar aulas particulares. Lisboa também é jornalista.

Para além das aulas, depois que retornou do intercâmbio, passou a organizar o Encontro de Línguas, um evento para se praticar idiomas. Esse encontro aconteceu por muito tempo na Praça do Arsenal da Marinha no Recife Antigo e chegou a ser divulgado através de nota na Veja Recife, como o melhor lugar para se praticar inglês gratuitamente. Depois o evento passou a acontecer no Ramon Hostel Bar, em Boa Viagem, e no Ramon Bar e Parrilla, no bairro de Casa-Forte.

Seu amigo, Daniel, do Coco Loko, o viu rimando freestyle num posto de gasolina e passou a apresentar Bernardo a vários músicos que ele conhecia, o encorajando a participar dos shows desses amigos em bares recifenses, a exemplo dos Marcolino Tap House e no Ramon Hostel Bar. Através de Daniel, ele conheceu muitos músicos que tocam em bares recifenses. Babi Kenya, Juliana Paim, Alexandre MMR, Ticiano Menezes, entre outros, que passaram a convidar o rapper para mandar rimas durante os shows deles nos bares do Recife. Assim nasceu a vontade de se dedicar mais ao RAP, de uma maneira mais profissional.

“Certa noite no Marcolino Espinheiro vi um show do Fino Drão e gostei muito, achei que tinha a ver com os raps que eu queria fazer. Numa dessas noites, Daniel Fino, que toca com vários músicos que se apresentam nos bares, estava tocando com Babi Kenya no Marcolino. Ela me convidou para rimar. Daniel gostou e trocamos nossos contatos de telefones. Em um outro show de Babi conversei com Fino. Disse que tinha esse desejo de gravar mais raps. Ele me colocou em contato com Rodrigo Araújo, mais conhecido como Catita, que é produtor musical. Ele, Daniel Fino e Diego Drão, fizeram a base, a parte instrumental dos Raps. Já gravamos 4 músicas intituladas O Ego, A Tese, Abstinência e Music Ist Die Sprache des Lebens, este último em alemão. Continuo escrevendo, quero completar o suficiente para um álbum com 9 faixas, dentre elas uma em inglês e outra em francês, além de alemão, que já está pronta. Há muito tempo alimento esse sonho, de ser um Rapper poliglota e estou trabalhando para torná-lo realidade”.


Para ver mais sobre o trabalho de Bernardo

Grupo no Facebook para aprendizado acelerado de línguas: The Beginner's Guide (é aqui onde eu discuto, com profundidade, as várias técnicas e métodos que me levaram a ser um poliglota em pouco tempo).

Podcast: Papolento. (várias conversas em várias línguas: inglês, francês, alemão, espanhol... e português também! :)

Blog: Escrever é crer para ver. (em breve textos em outras línguas, por enquanto só tem um em alemão).

Página do Encontro de Línguas no Facebook.

Com lnformações da jornalista Daniela Câmara

Conheça o trabalho do Bernardo



Nenhum comentário:

Postar um comentário