terça-feira, março 16, 2021

No primeiro ano da pandemia, 98% dos atendimentos da Ouvidoria da Funase ocorreram de forma virtual

 

Nesta terça-feira (16), Dia Nacional do Ouvidor, a importância do trabalho desse profissional é lembrada em meio aos desafios do primeiro ano da pandemia. Na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco, por exemplo, 98,3% das manifestações registradas pela Ouvidoria em 2020 foram repassadas por meio de formulários disponíveis na internet, por e-mail ou por telefone, o que evidencia o uso dos canais virtuais como forma eficiente de manter o distanciamento social sem deixar de ter acesso a ferramentas que garantem a cidadania.

 

Em todo o ano passado, foram contabilizadas 503 manifestações de cidadãos sobre serviços oferecidos pela Funase. A participação se deu por meio de elogios, solicitações, sugestões, reclamações e denúncias, repassadas nominalmente, sob anonimato ou sob sigilo. Nos canais da Ouvidoria Funase, também é possível fazer Pedidos de Acesso à Informação (PAIs), regidos pelos prazos e procedimentos da Lei de Acesso à Informação (LAI). A apropriação dessa ferramenta é importante para que a sociedade contribua com informações que viabilizem a busca constante por melhorias e a consolidação de boas práticas no sistema socioeducativo.

 

“Tivemos que nos adequar a este momento atípico, dando continuidade ao nosso trabalho, com equipe presencial e em home office, sem que houvesse prejuízo no cumprimento da missão de garantir o direito de o usuário comunicar-se com o poder público e contribuir com a melhoria da gestão pública estadual e da transparência. Os parceiros internos também foram muito importantes para que pudéssemos cumprir o prazo legal de resposta aos manifestantes”, avalia a ouvidora da Funase, Suely Catunda, profissional com mais de 40 anos de instituição e, atualmente, à frente de uma equipe composta por mais três pessoas.

 

Além de estar à disposição de toda a sociedade, os canais da Ouvidoria Funase também são divulgados com foco em familiares dos socioeducandos atendidos e nos funcionários da instituição, por meio de materiais gráficos disponibilizados nos espaços físicos das unidades socioeducativas. Na internet, os formulários de manifestação podem ser acessados em funase.pe.gov.br/ouvidoria. Já o telefone para contato é (81) 3184.5411. O atendimento presencial segue ocorrendo de segunda a sexta, das 8h às 14h, na sede da Funase, que fica na Av. Conselheiro Rosa e Silva, 773, Aflitos, no Recife. Contudo, recomenda-se a priorização dos meios virtuais.


lmprensa Funase

Nenhum comentário:

Postar um comentário