terça-feira, março 16, 2021

Jaboatão: Arena de futebol é interditada pelo Procon e Polícia Militar

 

O Procon Pernambuco interditou na noite desta segunda-feira (15.03), a Arena Tsunami, no Zumbi do Pacheco, em Jaboatão dos Guararapes. O local promovia uma partida de futebol conhecida como desafio 1 pra 1, e tinha um público com mais de 200 pessoas. Quatro delas foram conduzidas para a Delegacia de Prazeres.

Quando o órgão de defesa do consumidor chegou ao local, os portões estavam fechados e logo em seguida as luzes foram apagadas. Mas, ao conseguir entrar foi possível ver muita gente fugindo por um portão nos fundos do estabelecimento. Porém, a polícia conseguiu deter 84 pessoas, muitas sem máscara. Entre o público havia crianças e adolescentes. Os presentes confirmaram que havia mais de 200 pessoas na hora do jogo.

“O Governo de Pernambuco sozinho não irá por fim à pandemia no estado. Se as pessoas insistirem em não colaborar, a situação irá se agravar muito e não é por falta de aviso ou por falta de pedido de compreensão”, frisa o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

A partida estava sendo divulgada para promover a defesa do cinturão, e o jogo foi entre os jogadores Vassoura e Daniel Futshow com a narração de Ney Silva. A transmissão estava sendo feita por diversos perfis do Instagram. Mas, apenas pelo de Ney, já concentrava cerca de 100 mil pessoas que acompanhavam o evento.

O local descumpria diversos pontos das novas medidas do Governo de Pernambuco para combate à propagação do Covid-19. Promovia futebol, só permitido para o profissional, aglomeração de pessoas, muitas delas sem máscara e aberto após às 20h.

Foram levados para a delegacia, o proprietário da Arena, dois organizadores e o responsável pela iluminação. Apesar de não estarem no local, o Procon também irá notificar os dois jogadores e o narrador, apontados como as principais atrações do evento, sendo assim, também responsáveis por promover a aglomeração.

lmprensa Procon PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário