sexta-feira, 29 de maio de 2020

O Centro automotivo Ferreira Costa alerta para a manutenção do automóvel no período de isolamento social.

Devido à pandemia, grande parte da população vem ficando em casa. E, com isso, muitos carros também estão parados nas garagens e acabam danificados caso não sejam realizadas as manutenções necessárias.

Imagine se você, no momento que precisar sair com seu veículo, for surpreendido com ele sem ligar ou quebrando no meio da rua? Em tempos de mobilidade reduzida, seu carro não pode te deixar na mão. Mesmo com o carro parado, o óleo deve ser trocado, sabia? Uma simples troca de óleo pode evitar problemas futuros. A maioria dos óleos tem validade de 12 meses ou 10 mil KM e, depois disso, devem ser substituídos. Os seus pneus também podem ser prejudicados nesta quarentena. Para evitar que eles deformem com o tempo parado, é necessário movimentar o veículo regularmente.

O Centro Automotivo Ferreira Costa alerta sobre como manter a manutenção do seu automóvel em dia. Na troca do lubrificante, por exemplo, é necessário retirar todo o fluído velho, antes da reposição do novo. Freios, motor, embreagem e suspensão devem ser verificados. Balanceamento e geometria são essenciais para manter o carro alinhado, evitando que o veículo fique puxando para um dos lados. Com isso, é possível evitar o desgaste prematuro de peças. Já a revisão da bateria e do alternador garante o funcionamento do sistema elétrico do carro, eliminando uma possível pane mecânica. A sugestão do Centro Automotivo é a manutenção preventiva para evitar a manutenção corretiva. Resumindo: Você poupa dinheiro e tempo, pois dará uma vida mais longa as peças.

A limpeza também é um fator indispensável nesse momento de pandemia. Evite deixar restos de comida e embalagens de alimentos dentro do carro para evitar atrair insetos. Limpe o interior do carro com pano seco, dando uma atenção especial para todas as partes que você mais coloca a mão. Em seguida, use um pano umedecido com água e detergente neutro para limpar essas mesmas partes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário