sábado, 4 de abril de 2020

SENAI Pernambuco está realizando manutenção de respiradores mecânicos em desuso

Com o objetivo de fortalecer o sistema de saúde no enfrentamento à Covid-19, o SENAI Pernambuco está realizando, voluntariamente, a manutenção de respiradores mecânicos que estão fora de uso. A ação faz parte da Iniciativa + Manutenção de Respiradores, idealizada pelo SENAI Nacional em parceria com o Governo Federal e com empresas de todo o País. Ao todo, serão 32 pontos de atendimento. Em Pernambuco, os serviços serão prestados no SENAI Santo Amaro, que já recebeu os primeiros equipamentos para conserto, e, também, na planta da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), localizada em Goiana. Todo processo de priorização e logística está sendo realizado em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE). 

Segundo dados da LifesHub Analytics e da Associação Catarinense de Medicina (ACM), cerca de 3,6 mil ventiladores pulmonares estão fora de operação no Brasil, seja por terem sido descartados ou por terem necessidade de manutenção. Em Pernambuco, segundo dados da SES-PE, estima-se que 150 aparelhos necessitem de manutenção. Os respiradores mecânicos são essenciais para o tratamento de pessoas que apresentam sintomas graves da covid-19. A estimativa é que cada ventilador recuperado atenda até 10 pessoas. No SENAI, a manutenção será feita por oito docentes de diversas escolas da rede e que atuam nas áreas de Eletrônica, Mecânica e Calibração de Instrumentos. 

Primeiramente, devido à parceria com a SES-PE, serão priorizados os equipamentos da rede pública de saúde. “A Secretaria de Saúde tem uma visão global de prioridade e necessidade e conseguirá gerir essa questão da melhor forma possível. Estamos nos organizando também para, em um segundo momento, atender à rede privada”, pontua o gerente de Consultoria do SENAI Pernambuco, Oziel Alves. Os estabelecimentos de saúde que estejam precisando do serviço de manutenção podem entrar em contato com o SENAI Pernambuco pelo e-mail oziel.alves@sistemafiepe.org.br.

Imprensa FIEPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário