sábado, 28 de março de 2020

Cesta Básica de Fernando de Noronha compromete mais de 80% do salário mínimo

Com o objetivo de dar mais suporte à população na hora das compras, o Procon-PE segue realizando as pesquisas de preço em supermercados. Com a ajuda da unidade do órgão no Arquipélago de Fernando de Noronha, foi realizada nesta semana a pesquisa da Cesta Básica. Na Ilha, o valor da cesta neste mês foi de R$ 851,85, o que compromete 81,52% do salário mínimo vigente (sem desconto do INSS).

O produto que apresentou a maior diferença de valor de estabelecimento para outro foi o quilo da batata inglesa, 186,12%. Em um local ela pode ser comprada por R$ 6,99, já em outro por R$ 20,00. Já a carne de segunda apresenta uma diferença percentual de 156,03%. O produto pode ser visto nas prateleiras por R$ 19,99 o quilo e por R$ 51,18.

Já nos setores de limpeza e higiene pessoal, os que precisam ser pesquisados pela população antes de comprar são o sabão em barra e o papel higiênico. Há uma diferença percentual de um estabelecimento para outro de 115,68% e 100%, respectivamente.

A análise dos preços é feita em itens entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal. Foram pesquisados 10 estabelecimentos da Ilha. O objetivo da pesquisa da cesta básica é identificar o preço de cada item por estabelecimento. Desse modo fornece ao consumidor os locais e endereços onde o produto encontra-se mais acessível. A pesquisa toma como base a cesta básica mensal para uma família composta por quatro pessoas, sendo dois adultos e duas crianças.

A pesquisa está disponível no site do Procon-PE – www.procon.pe.gov.br

Imprensa Procon PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário