Podcast Tais Paranhos

sábado, novembro 16, 2019

12º Núcleo de Mediação Comunitária de Conflitos é inaugurado na comunidade de Chão de Estrelas



Em média 80 pessoas, entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, prestigiaram a inauguração do Núcleo de Mediação Comunitária de Conflitos, da comunidade de Chão de Estrelas, na Zona Norte do Recife, nesta quarta-feira (13/11). O Núcleo é uma parceria entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Cáritas Brasileira e o Centro Comunitário de Chão de Estrelas e tem o objetivo de difundir a cultura de paz e enfrentar a violência na comunidade de forma pacífica. Este é o 12º espaço inaugurado pelo Governo de Pernambuco, junto com parceiros, nos últimos 10 anos. 

Na ocasião, foi assinado um termo de compromisso pelo representante do órgão e entidades envolvidas. Seguindo a programação da noite foi realizado o corte do laço da sala, onde serão feitos os atendimentos pelos 11 mediadores e mediadoras O evento foi finalizado com as apresentações artísticas de estudantes que atuam em escolas da região como mediadores escolares, e pelo grupo de percussão da comunidade em Chão de Estrelas. 

Secretário-executivo de Direitos Humanos, Diego Barbosa falou sobre a importância do Núcleo de Mediação na localidade. “É importante incentivar esse espaço para que a população referencie, como um local de segurança, para que ela possa procurar e saber que terá auxílio dos mediadores nas questões que envolvem conflitos de vizinhança e familiares, entre outros. É nesse espaço que isso pode e deve ser feito”, relata.

Para um dos moradores mais antigos da comunidade de Chão de Estrelas, Ovídio Ferreira, os mediadores e mediadoras têm uma função relevante dentro da comunidade. “Vocês têm a missão de ser o eixo da comunidade”, expressou. 

O novo Núcleo fica no Centro de Organização Comunitário de Chão de Estrelas, localizado na Rua Doutor Elias Gomes, nº 3, e contará com a atuação de onze mediadores e mediadoras, formados na 3ª turma de 2019, do curso em Direitos Humanos e Mediação Comunitária de Conflitos, na resolução de situações conflituosas, como: conflitos entre vizinhos, familiares, de consumo, acordos de visitas, entre outros.

Imprensa Sedh PE