quinta-feira, agosto 15, 2019

Jogos Escolares Inclusivos do Recife batem recorde de inscrições em 2019


Os Jogos Escolares Inclusivos do Recife 2019 bateram recorde de inscrições. A competição, que dá acesso ao Bolsa Atleta Recife, já tem 2.047 atletas confirmados, 70% mais do que os 1.200 do ano passado. A abertura está marcada para o dia 22 de agosto e a competição acontecerá até 30 de novembro. Na tarde desta quinta (15), aconteceu o Congresso Técnico, na Escola de Formação de Professores do Recife (EFER) Professor Paulo Freire, com o objetivo de alinhar as informações com as 30 escolas de anos finais que estão participando e realizar o sorteio da tabela.

O campeonato é realizado pela Prefeitura do Recife, numa parceria entre as secretarias de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel) e de Educação. “O número de participantes ainda pode aumentar, pois as escolas têm até 72h antes de cada competição para fazer as inscrições”, explica o gerente de Esportes de Participação e Educacional do Recife, Filipe Amaral. Os jogos terão dez modalidades: futsal, vôlei, vôlei de praia, basquete, handebol, atletismo, natação, badminton, luta olímpica e xadrez. A inclusão de atletas com deficiência está garantida, com as disputas de vôlei sentado, paratletismo, xadrez paralímpico e natação paralímpica.

Os campeões terão direito ao Bolsa Atleta Recife, iniciativa da Prefeitura que vai distribuir remuneração mensal de R$ 300 para os atletas que conquistarem medalha de ouro na competição. A competição municipal funciona como etapa classificatória para os Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs), outra via de acesso ao Bolsa Atleta Recife, que remunera os campeões estaduais com R$ 400 por mês. Por sua vez, os destaques dos JEPs ganham acesso aos Jogos Escolares da Juventude, realizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Em 2018, a rede municipal de ensino do Recife teve um campeão na luta olímpica nos JEPs, além de duas equipes de handebol mirim entre os 10 melhores classificados. O atleta da luta olímpica se classificou também para os Jogos Escolares da Juventude. Já em 2017, o Recife teve 10 estudantes nos três primeiros lugares nas modalidades individuais dos JEPs e classificou três equipes para as modalidades coletivas, todas a partir da participação na etapa municipal dos Jogos Escolares.

Imprensa Recife