Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

domingo, outubro 17, 2021

De ação colaborativa a instalação multimídia: Museu da Imigração promove agenda híbrida em outubro

 

A programação do Museu da Imigração – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – oferecerá, na segunda quinzena do mês, diferentes atividades para o público, tanto presencialmente quanto em ambiente digital. Os interessados poderão retirar pássaros de cerâmica, acompanhar lives e contação de história, prestigiar inauguração de instalação multimídia e participar de oficinas.

 

Como parte da campanha “Meninas Ocupam”, promovida pela Plan International Brasil, uma live será realizada no perfil do MI no Instagram, no dia 21 (quinta-feira), às 17h. A conversa terá a presença da educadora Gabriela Santos e de representantes dessa instituição parceira e da Organização Internacional para as Migrações (OIM), bem como de uma das participantes do projeto “Aprender e Proteger”. A programação abordará a prevenção da violência sexual contra jovens imigrantes e refugiadas, os mitos espalhados nas mídias sociais sobre quem migra, a importância da formação dos brasileiros para desmistificar ideias preconcebidas, entre outros pontos.

 

Já no dia 23 (sábado), em diálogo com a exposição temporária “Mulheres em Movimento”, que será lançada em breve, a inauguração da instalação “Mátria: Êxodos contemporâneos” está marcada para às 11h. O projeto multimídia e sonoro, elaborado pelas artistas Eva Castiel, Fanny Feigenson e Fulvia Molina, é composto por canções de ninar de diversos povos, entoadas por mulheres imigrantes ou seus descendentes nas suas línguas originais. Ocupando o jardim e a estação ferroviária, a proposta representa o universo feminino, afetivo e maternal, em contraponto à pátria, que remete ao poder territorial, armado, masculino e patriarcal. Nesse sentido, resgata a presença da mulher nos fluxos migratórios em meio a incertezas, dor e desafios.

 

Na mesma data, a mediadora do espaço “Semear Leitores”, Gabrielli Chagas, apresentará uma contação de história baseada no livro “A árvore generosa”, de Shel Silverstein, às 15h. A atividade poderá ser prestigiada presencialmente, sendo também transmitida no InstagramAo mesmo tempo, o público poderá participar de uma oficina sobre a literatura de cordel, em referência ao Dia do Nordestino (08 de outubro). No Zoom, o poeta cordelista Rouxinol do Rinaré fará uma introdução às técnicas e à história desse gênero. As inscrições estão abertas no site e as vagas são limitadas.

 

Ensinando o passo a passo do nó festone, para macramê, a nova edição da oficina “Ponto a Ponto” também será no dia 23 (sábado), às 15h, na mesma plataforma. Na aula gratuita, os educadores Bruna Marques e Luiz Gregório demonstrarão como criar esse recurso, que pode ser utilizado para produções de parede, bijuterias e mais. Para acompanhar, é necessário se inscrever antecipadamente, sendo que há limite de vagas.

 

No dia 29 (sexta-feira), a nova conversa da série de lives “A situação das mobilidades humanas na pandemia” receberá a artista e integrante do grupo Maobé, Namíbia Neves, às 17h. No Instagram, o bate-papo com o pesquisador do MI, Thiago Haruo, tratará da produção artística do conjunto, que tem origem no Togo, e as mudanças enfrentadas desde o início do cenário pandêmico.

 

Encerrando o cronograma de outubro, outra transmissão ao vivo nessa mesma mídia social, em parceria com a Equipe de Base Warmis-Convergência das Culturas, contará, no dia 30 (sábado), com a participação de representantes das coletividades migrantes do Brasil, como uma ação concreta para uma proposta de estabelecer, na cidade de São Paulo, o “Outubro Marrom”. Marcada para às 14h, a atividade, novamente mediada por Haruo, será uma oportunidade de um público mais amplo conhecer as reinvindicações em torno da “identidade marrom”, um campo de reconhecimento, que cruza migração e ancestralidade indígena, em variados países latino-americanos. A ação compõe, ainda, a Marcha latino-americana pela Paz e pela Não Violência.

 

Serviço

 

Live Campanha “Meninas Ocupam”

Data: 21 de outubro

Horário: 17h

Plataforma: Instagram

 

Inauguração Instalação “Mátria: Êxodos contemporâneos”

Data: 23 de outubro

Horário: 11h

Local: Museu da Imigração

 

Contação de História “A árvore generosa”

Data: 23 de outubro

Horário: 15h

Plataforma: Instagram

Local: Museu da Imigração

 

Oficina “Ponto a Ponto: macramê nó festone”

Data: 23 de outubro

Horário: 15h

Inscrição: até 22 de outubro, às 17h

Plataforma: Zoom

 

Dia do Nordestino | Oficina de literatura de cordel

Data: 23 de outubro

Horário: 15h

Plataforma: Zoom

Inscreva-se

 

Live Série “A situação das mobilidades humanas na pandemia”

Data: 29 de outubro

Horário: 17h

Plataforma: Instagram

 

Live “Outubro Marrom”

Data: 30 de outubro

Horário: 14h

Plataforma: Instagram

 

Museu da Imigração

Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo/SP

Tel.: (11) 2692-1866

Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 10h às 18h (fechamento da bilheteria às 17h).

R$10 e meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos | Grátis aos sábados

Acessibilidade no local - Bicicletário na calçada da instituição

www.museudaimigracao.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário