Podcast Tais Paranhos

quarta-feira, fevereiro 17, 2021

Universidades e Estados debatem ações de combate à Covid-19

 

Amanhã, a partir das 19h30 nos canas das redes socas do Projeto Mandacaru, acontece uma conversa sobre dois projetos de universidades federais do Nordeste que já estão gerando resultados no combate à COVID-19. Os links estão a seguir:





As parcerias entre diversos atores da sociedade têm sido amplamente empregadas para trazer inovação e subsidiar a gestão pública na tomada de decisões sobre o enfrentamento da COVID-19. 

Em particular, universidades federais e governos estaduais e municipais construíram diversas ações colaborativas com o objetivo de maximizar os escassos recursos existentes no sistema de saúde e agilizar a transferência e aplicação de conhecimentos e tecnologias ainda em desenvolvimento na academia.

A modelagem matemática e estatística é uma das metodologias utilizadas nas parcerias para explicar e prever o comportamento da COVID-19 e gerar informações qualificadas. Nesta live apresentaremos como isto ocorre em duas parcerias:

1) Parceria técnico-científica entre Prefeitura de Maragogi e UFAL: Desde maio de 2020 uma parceria técnico-científica foi estabelecida entre o Laboratório de Estatística e Ciência de Dados da UFAL (LED-UFAL) e a prefeitura de Maragogi-AL para desenvolver ferramentas científicas e computacionais que pudessem auxiliar o município a gerir a crise da pandemia de covid-19. 

Nesta colaboração, diversas ações foram realizadas: monitoramento de feira livre através de imagens de drone, implementação de software de gestão da crise, treinamento de agentes de saúde para rastreamento de casos, caracterização da extensão da primeira onda no município. Um desdobramento desta iniciativa em 2021 pretende monitorar a iminente reabertura de aulas presenciais nas escolas municipais através questionários, encaminhamento de suspeitos sintomáticos para atendimento médico e testagem aleatória periódica de indivíduos assintomáticos.

2) Parceria técnico-científica entre o Governo do Estado da Paraíba e UFPB: A Pesquisa Continuar Cuidando, fruto de ação colaborativa entre o governo do Estado da Paraíba e o Observatório de Síndromes Respiratórias da UFPB, é uma pesquisa sorológica com o objetivo de estimar a prevalência da COVID-19 no estado. Além de estimativas consolidadas, também serão apresentadas estimativas desagregadas segundo variáveis de interesse do governo do Estado da Paraíba.

Apresentadores:

Sérgio Henrique Albuquerque Lira (Foto)

Doutorado em Física pela UFPE na área de Fluidos Complexos com estágio na Universitat de Barcelona (2014). Pós-doutorado na área de Física aplicada à Biologia no Institut Curie (2018).

Professor Adjunto do Instituto de Física da UFAL onde atua como pesquisador no Programa de Pós-Graduação. Membro atuante do Subcomitê de Matemática Estocástica do C4NE e voluntário do Grupo de Análises e Modelagem Matemática do Projeto Mandacaru.

Hemílio Fernandes Campos Coelho

Doutor em Estatística pela Universidade Federal de Pernambuco (2011), Mestre em Estatística pela Universidade Federal de Pernambuco (2007) e Bacharel em Estatística também pela Universidade Federal de Pernambuco (2004).

Professor Associado I, Departamento de Estatística da UFPB. Professor do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Modelos de Decisão e Saúde da UFPB.


Mediadora

Adriana Maricato
Jornalista e Mestre em Comunicação Social
Especialista em Políticas Públicas, facilitadora no Projeto Mandacaru

Um comentário:

  1. Importantes trabalhos idealizados nas Universidades Federais e aplicados em benefício da população local nordestina

    ResponderExcluir