terça-feira, 1 de setembro de 2020

Hospital Miguel Arraes prepara campanha de doação de sangue




O Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, promove mais uma campanha de doação de sangue em parceria com o Hemope, com o objetivo de suprir os estoques do hemocentro, que sofreram uma baixa por conta da pandemia do Novo Coronavírus. A campanha vai acontecer nos dias 9 e 10 de setembro, nas dependências do HMA, onde será montada uma estrutura que obedece ao distanciamento social e às regras de vigilância sanitária. 

O HMA foi orientado pelo Hemope sobre os procedimentos a serem adotados durante a campanha, que vai acontecer das 9h às 16h e terá capacidade para atender 60 doadores em cada dia. “Recebemos uma visita técnica do Hemope, que aprovou nosso planejamento e apontou as diretrizes a seguir, inclusive com número de doadores, recepção e acesso ao local de doação”, explicou Aluízio Barreto, coordenador da Agência Transfusional do HMA. Os funcionários que estarão envolvidos na ação também passaram por treinamento para atender a população, que deve comparecer usando máscaras de proteção e cumprindo o distanciamento, uma vez que os assentos estarão marcados. 

Ao contrário dos anos anteriores, onde todo o processo de triagem e captação era feito dentro do Hospital, este ano os doadores serão recebidos na área externa do prédio da Administração, onde será feito o cadastro e realizada a espera. Apenas o doador terá acesso às salas de entrevista médica, captação e lanche. A quantidade de acessos será monitorada por funcionários do HMA. 

Para doação de sangue é necessário ter mais de 50kg, estar alimentado e em boas condições de saúde, e apresentar um documento original, com foto (identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho. Crachás não são aceitos). Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, com frequência máxima admitida de quatro doações anuais para o homem e de três para a mulher. Nesta campanha, devido à pandemia, não serão aceitos doadores menores de 18 anos, bem como doadores acima de 60 anos. A orientação é não usar bicicletas como meio de transporte até o HMA e não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação. 

Com informações da jornalista Iana Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário