quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Consumo de álcool na pandemia: Será que ainda é hora de reforçar as ações preventivas?

Em tempos do “Novo Normal”, a prevenção é o único remédio que dispomos para “conviver” da melhor forma com o Coronavírus. Com isso, é comum nos depararmos com uma série de informações pouco observadas no nosso dia a dia. Um exemplo bem claro, são os diferentes tipos de álcool que foram criados para nos ajudar nesta prevenção, tanto na forma em gel, quanto na forma líquida. Antes da presença do Covid-19 em nossas vidas, apenas as formulações destinadas à limpeza doméstica eram vendidas, e esse cenário mudou nos últimos meses.

“Lave bem as mãos com água e sabão ou higienize-as com álcool gel. Sem esquecer de higienizar bem todos os objetos usados e tocados, como bolsas, maçanetas, portas, entre outros.” Essa é uma das recomendações que mais escutamos desde o início da pandemia. Mas, você já parou para pensar como esses simples hábitos são capazes de evitar a contaminação tanto desse, quanto de outros vírus e infecções? Por trás dessas recomendações, está uma verdadeira aliada da nossa saúde: a química. Existem vários agentes químicos usados para combater diferentes tipos de micro-organismos, sejam eles vírus, fungos ou bactérias. Eles fazem parte de processos como o de desinfecção, que elimina agentes infecciosos de superfícies.

E algumas pessoas vem escutando e seguindo todas as orientações sobre a prevenção. Com isso, a Ferreira Costa vem observando essa procura. Antes da pandemia, a venda do álcool em geral, que era em torno de 10%, após a pandemia, sentido um aumento de 61,5% nas vendas até hoje. No comecinho, o álcool em gel reinava absoluto em seu consumo, chegando a não ser encontrado no mercado. Devido ao trabalho de sempre de controle de estoque do Home Center Ferreira Costa, o mesmo conseguiu suportar essa falta do mercado em primeira mão e sentiu um aumento de 70% em sua venda até hoje. Também foram doadas algumas unidades do produto para seus funcionários, com o intuito de proteger tanto eles quanto a sua família, fazendo parte de suas rotinas.

Além do uso pessoal, o Ministério da Saúde aconselhou a higienização de todos os ambientes passados pela população. Com isso, a Anvisa aconselhou o uso do álcool etílico 46%. Exatamente o que era vendido no mercado. Em 19 de Março saiu uma resolução autorizando a comercialização do álcool 70%. Prontamente, pensando em proporcionar a proteção da comunidade inserida, o Home Center Ferreira Costa passou a comercializar o produto em grande escala. Com isso, o aumento das suas vendas foi para 82%.

Com o passar do tempo, o mercado sentiu a necessidade de desenvolver outros tipos de álcool para desinfecção necessária ao toque. Com isso, surgiu o álcool para transportar na bolsa ou no bolso (para uso pessoal imediato), tanto em gel, quanto em líquido spray (para a desinfecção do ambiente; como bolsa, cadeira, maçaneta, etc). Protagonizando ainda, o álcool em aerossol que tem a mesma funcionalidade do spray, onde a única diferença é a sua praticidade. Ele consegue fazer a limpeza mais profunda.

Com o grande número de eletros e eletrônicos sendo danificados pelo mal uso do uso do álcool, os profissionais começaram a indicar o álcool isopropílico para a desinfecção desses produtos. A diferença desse álcool para os demais, é o fato do seu percentual de água ser menor de 1%, evitando que tanto os eletros quanto os eletrônicos sejam danificados, pelo contrário, ele protege contra a oxidação das peças. A dica é borrifar direto no celular, computador, telefone ou até mesmo televisão e passar um paninho para espalhar o produto, com o intuito de higienizar toda a superfície.

Com a reabertura do comércio, o álcool em gel etílico multiuso para a limpeza da superfície é a opção. Ele é o mais indicado para higienização de mesas de barzinho, restaurantes, entre outras coisas. E a grande novidade é o álcool líquido etílico mais gatilho. Ele foi pensado, pelo fato do Home Center Ferreira Costa perceber que o cliente comprava sempre o álcool e o pulverizador, para a realização da sua desinfecção. Esse produto, nada mais é do que essa junção. Deixando o produto 20% mais barato do que se for efetuar a compra do álcool mais o pulverizador.

Independentemente do tipo de álcool escolhido, o mais importante é ficarmos sempre protegidos. Portanto, pegue o seu álcool e saia desinfetando tudo. E todos esses produtos, você encontra tanto no site www.ferreiracosta.com quanto em qualquer uma de suas lojas. O Home Center Ferreira Costa está sempre pensando em uma novidade para combater o coronavírus, fique atento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário