quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Trabalho de prevenção em Olinda faz com que abrigos de idosos não registrem casos do Novo Coronavírus

Os ambientes que mais necessitam de atenção quando o assunto é a pandemia do Novo Coronavírus são os abrigos de idosos, que são considerados grupo de risco. Porém, em Olinda, o trabalho preventivo elaborado pelo infectologista da rede municipal Gabriel Serrano tem sido um sucesso até o momento. Em 120 dias desde a chegada do vírus a Pernambuco, nenhum dos 188 idosos espalhados em oito unidades contraiu a doença.  

O alerta é embasado pelos números. Em média, 30% dos casos de Covid em Pernambuco são em idosos. De acordo com o médico do município, estratégias diferentes foram adotadas em cada abrigo, além do apoio de moradores e funcionários.  

“A gente conseguiu montar um protocolo levando em consideração a nossa realidade, trazendo experiências de outros países, adaptada para a nossa realidade. Isolamos nossos idosos. Foi difícil, mas conseguimos suspender as visitas desde março, por exemplo, numa época em que essa conduta ainda nem era adotada”, comentou o idealizador dos protocolos.  

Para esse sucesso, as Instituições de Longa Permanência dos Idosos precisaram passar por uma transformação física e de hábitos. De acordo com Serrano, foi recomendado o uso de máscara a todo momento, higienização das mãos, uso de álcool, os funcionários tiram o sapato quando chegam e botam novo calçado na instituição, tomam banho e trocam de roupa.  

Imprensa Olinda

Nenhum comentário:

Postar um comentário