segunda-feira, 15 de junho de 2020

PCR inicia sinalização da Faixa Azul na Agamenon Magalhães

O Recife continua avançando e reafirmando o seu compromisso com uma mobilidade mais justa e sustentável. Dessa vez, o principal corredor viário da cidade, a Avenida Governador Agamenon Magalhães, receberá 4 km de Faixa Azul nesta terça-feira (16), a sinalização já começou a ser implantada. Calcula-se que o equipamento beneficiará mais de 250 mil passageiros que trafegam nas 64 linhas de ônibus que circulam na via diariamente, mais pessoas que os veículos particulares, que transportam, em média, 150 mil passageiros na avenida, apesar de ocupar mais espaço. O novo corredor exclusivo será implantado na pista central da avenida e terá 4 km de extensão, fazendo o Recife chegar à marca de 62 km de corredores viários, sendo 180% implantados desde 2013, quando havia 22 km. O projeto é fruto de diversos estudos e intervenções feitos ao longo de anos pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), com o objetivo de não prejudicar o fluxo de veículos na via. Além disso, para viabilizar a implantação, será feita, também, uma nova mudança de circulação para o acesso aos condutores que vêm da Avenida Governador Agamenon Magalhães para a Rua Joaquim Nabuco.

No sentido Boa Viagem, a Faixa Azul terá início a partir da imediação do Viaduto da Avenida João de Barros até a altura do Real Hospital Português. Alguns trechos terão fluxo misto de veículos para conversões ou acesso na pista, por isso, o condutor deve ficar atento à sinalização vertical e horizontal. Já no sentido Olinda, o equipamento terá início nas proximidades da Rua João Asfora e seguirá até a imediação do Viaduto da Avenida João de Barros.

Para conclusão do projeto da Faixa Azul da Agamenon, outras nove intervenções foram feitas previamente. Por ser uma implantação de grande complexidade, técnicos e gestores da CTTU estudaram o trânsito e o fluxo de veículos e pessoas na cidade por anos para entregar o corredor exclusivo da maneira mais responsável. Com os estudos, o órgão implantou o novo plano de circulação para Ilha do Retiro, para facilitar os acessos aos bairros da Torre, Madalena e Graças, assim como a faixa reversível da Avenida Beira Rio, uma solução de engenharia de trânsito baseada no fluxo de veículos em cada hora do dia. A Rua do Paissandu também passou por mudanças com realocação de semáforos no entorno e mais espaços para pedestres. Na saída da Ilha do Leite para Avenida Governador Agamenon Magalhães, houve mudança no acesso à pista local para diminuir os conflitos. A Rua Dom Bosco passou a ter sentido duplo em um dos seus trechos, uma nova entrada para o bairro da Ilha do Leite foi feita para quem vem da Avenida Governador Agamenon Magalhães, pela Rua João Asfora. Além disso, recentemente, foram implantadas a restrição de circulação de veículos na Praça do Derby e o reordenamento do trânsito na imediação entre a Agamenon e Avenida Rui Barbosa. Todas essas intervenções foram feitas em parceria com a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb).

A ampliação das faixas exclusivas para transportes públicos demonstra o diferencial desta gestão da Prefeitura do Recife em fazer por quem mais precisa e o posicionamento da PCR em garantir o direito à mobilidade e mais qualidade de vida a esse público. Os usuários de transporte coletivo, em sua maioria trabalhadores e estudantes, têm a diminuição do tempo de viagem nas localidades contempladas com os equipamentos. Na Faixa Azul das avenidas Herculano Bandeira e Domingos Ferreira, por exemplo, houve um ganho de 118% na velocidade dos transportes coletivos e, na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, o equipamento garantiu mais 66% na velocidade desses veículos.

De acordo com a pesquisa de origem e destino desenvolvida pelo Instituto Pelópidas Silveira, mais de 78% dos recifenses vão ao trabalho utilizando um dos seguintes modais: transporte público, bicicleta ou a pé, o que revela a importância das faixas azuis na cidade. Para além dos grandes corredores, a CTTU garante a mobilidade dos ônibus nas periferias por meio de disciplinamento de estacionamentos e intensificação das fiscalizações para coibir irregularidades como parada sobre calçada e estacionamentos em locais em desacordo com a sinalização e, dessa forma, garante espaços na vias aos transportes coletivos.

A presidente da CTTU, Taciana Ferreira, destaca a importância de garantir mais espaço para os ônibus nas vias. “Garantir espaço para o transporte público em uma avenida de grande porte como a Agamenon Magalhães é priorizar quem mais precisa e implantar uma política de mobilidade mais justa, que prioriza espaços ocupados por pessoas, não por veículos praticamente vazios. A Faixa Azul é uma das principais marcas desta gestão e nos deixa orgulhosos porque é um caminho para avançar pela qualidade de vida dos nossos cidadãos”, explica.

OUTRAS INTERVENÇÕES – Será feita, também, na terça-feira (16), uma eliminação de giro à esquerda para os veículos que vêm da Avenida Governador Agamenon Magalhães no sentido Olinda e desejam acessar a Rua Joaquim Nabuco, o que garantirá mais tempo de verde no semáforo da Agamenon.

Para os condutores que vêm na Avenida Governador Agamenon Magalhães em direção a Olinda e desejam acessar a Rua Joaquim Nabuco, a rota alternativa será o acesso à pista local, que deverá ser feito até a última agulha antes do cruzamento com a Praça do Derby, para entrar na Rua Carlos Pôrto Carreiro, girar à esquerda na Rua Dom Bosco e cruzar a Avenida Governador Agamenon Magalhães em direção à Rua Joaquim Nabuco. A segunda parte da mudança é a implantação de um canteiro no início da Avenida Joaquim Nabuco, que servirá para redução da distância entre as travessias e o ordenamento do trânsito, dessa forma, quem vem da Rua Dom Bosco e deseja seguir em direção ao Derby, deverá acessar as faixas da esquerda no pontilhão e seguir pela pista local da Avenida Governador Agamenon Magalhães. Já os condutores que vêm da Avenida Governador Agamenon Magalhães em direção ao Pina e desejam acessar a pista local, deverão fazer na nova entrada que será sinalizada na pista, na imediação da Rua Joaquim Nabuco, já que a agulha de acesso à pista local foi fechada.

Agentes de trânsito estarão nas ruas para orientar os condutores durante os primeiros dias das novas mudanças. É importante estar atento às sinalizações verticais e horizontais para evitar infrações de trânsito e respeitar o equipamento de Faixa Azul, que garante a mobilidade de transportes coletivos.
Imprensa Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário