Podcast Tais Paranhos

domingo, maio 02, 2021

"No Sítio Cajueiro": Riah canta e honra suas origens em curta-clipe gravado no Vale do Catimbau

 

Em momento único de transformação em sua carreira, a cantora Riah alça voo na música autoral com novos projetos. Após lançar o single "Obá Xangô", em março passado, a caruaruense soltou no seu YouTube, na sexta passada (23/04), o curta-clipe "No Sítio Cajueiro", no qual segue cantando e honrando suas raízes enquanto se prepara para lançar seu primeiro disco, "Retinta".

Gravado no Vale do Catimbau, o curta-clipe, dirigido por Riah e Lula Carneiro, revela um olhar poético e afetivo da cantora sobre suas origens. Em canção e imagem, a artista revisita o Sítio Cajueiro, em Buíque, local onde seus avós moraram. "Era onde eu passava as férias na infância. Representa minha essência agrestina e sertaneja, a história de uma família e também daquele lugar e das pessoas que viveram e vivem aquela realidade", detalha ela.

Em quase 12 minutos, "No Sítio Cajueiro" transporta o telespectador para a ambiência rústica do interior do Nordeste e para a simplicidade da vida no Sertão, sintonizadas com natureza, fé e ancestralidade. A canção que dá vida ao curta-clipe, de autoria da própria artista, se divide em trechos cantado e recitado, uma homenagem às sonoridades nordestinas e à poesia matuta. Riah incorpora, ao mesmo tempo, a cantora, a compositora e a contadora de histórias.

De forte teor autobiográfico, "No Sítio Cajueiro" demarca uma fase de transição importante na carreira de Riah. Cantora desde os 18 anos, já tendo circulado entre bares, festas e shows com os estilos MPB e Samba, a artista decidiu unir música e audiovisual para honrar suas raízes. A canção "Obá Xangô", que também integra esse momento, também virou videoclipe, no qual a cantora entoa religiosidade e aparece performando por cenários rurais e urbanos na cidade de Caruaru.

Oportunizadas pela Lei Aldir Blanc, as duas canções contam com arranjos do musicista Rubem França e assinalam os primeiros passos de Riah na música autoral. Ao longo de 2021, a artista se dedica à gravação do seu primeiro disco, "Retinta", dedicado a uma musicalidade eletrônica e contemporânea. Aprovado no Funcultura, o álbum tem previsão de lançamento para 2022.


SERVIÇO:
Assista "No Sítio Cajueiro", curta-clipe de Riah

Assista "Obá Xangô", videoclipe de Riah:


Acompanhe Riah nas redes sociais:

>> Ficha Técnica - No Sítio Cajueiro:

CLIPE:

Roteiro e direção - Riáh e Lula Carneiro .

Produção - Juliana Aguiar

Direção audiovisual e fotografia - Lula Carneiro

Direção de Arte - Riáh e Ney Mendes

Vozes Oração - Riáh e Francisca de Oliveira

Som direto - Rafael Machado

Edição e Finalização - Lula Carneiro

Produção Local - Julio César Alves, José Alisson e Thiego Anjo

Cozinha - Maria Quirino e Sandra Beserra

Libras - Martha Fernanda

Making-of - Hercilio Torres, Lula Carneiro e Alexandre Araújo

Design Gráfico - Noelle Marão

Assessoria de Imprensa - 1000Tons Comunicação

MÚSICA:

Composição e voz - Riáh

Direção musical e arranjos - Rubem França

Viola de 10 cordas - Rubem França

Contrabaixo - Paulo Arruda

Percussões e efeitos - Junio Teles

Acordeon - Beto Hortis

Gravado no estúdio Central da Música, cedido por André Rio.

Técnico de Áudio - Fernando Azula






Nenhum comentário:

Postar um comentário