quarta-feira, março 17, 2021

Maria do Céu: "Não somos bandidos e respeitamos protocolos"

 

Na noite de ontem (16), uma equipe do Procon fechou três estabelecimentos no centro do Recife. O Cabaret Bar e Comedoria, o Lisbela e o Prisioneiro, ambos no bairro da Boa Vista, de acordo com o Procon, estavam funcionando após às 20h com atendimento presencial. No Cabaret, que fica próximo ao Pátio de Santa Cruz, diversas pessoas estavam do lado de fora, e ambulantes também precisaram ser dispersados. A fiscalização, que conta com profissionais da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, passou por 11 estabelecimentos, alguns estavam fechados, outros funcionando apenas por delivery. Muitos ambulantes, principalmente os localizados na Rua Sete de Setembro, foram orientados a encerrar as atividades.

Metrópole - O blog conversou com a empresária e ativista Maria do Céu, que teve a sua casa noturna interditada pela Procon. "Não estamos funcionando o bar desde q saiu o decreto q só poderia abrir até as 20h de segunda a sexta", afirma a ativista. "Funcionamos como delivery. O resto é perseguição. Cansada, exausta de tanta bobeira pra cima da gente. Não sei nem dizer do que se trata. Estamos vivendo uma ditadura. Inventai uma coisa jogam pra cima de vc. Tá tudo muito esquisito . É a força do Estado inoperante que tem que mostrar serviço , pra mim é isso. Não funcionamos como bar desde o dia 4 de março. Não somos bandidos e respeitamos protocolos. Nós também já fizemos, uma defesa administrativa e tudo pode ser acompanhado em nossas redes sociais ", finaliza Do Céu.

Números - Desde o dia 03 março quando as medidas foram mais restritivas. Foram para as ruas 33 equipes, 329 estabelecimentos fiscalizados, 27 autuados e 20 interditados.

Da Redação com informações da lmprensa Procon PE e da empresária Maria do Céu

Nenhum comentário:

Postar um comentário