sábado, março 06, 2021

Cirurgia Bariátrica revisional: alternativa para o reganho de peso

 

A ansiedade dispara vários gatilhos e, um deles, está fortemente atrelado a alimentação. A comida aparece como protagonista em vários momentos, sejam eles de alegria ou tristeza. Para comemorar, comemos, e para nos consolar, fazemos o mesmo. De acordo com o cirurgião bariátrico Walter França, vários pacientes, não operados e que já passaram por cirurgia da obesidade, com o psicológico fragilizado, por conta do isolamento social e das incertezas trazidas pela Pandemia, tiveram aumento expressivo de peso. Nesse contexto, a cirurgia bariátrica surge como uma das alternativas para os pacientes obesos que já tentaram, sem sucesso, diversas formas de emagrecimento e estão com a saúde comprometida.

A perda de peso além de proporcionar a melhora da saúde controlando o diabetes e a pressão arterial significa também, o resgate da autoestima e um autocuidado importante já que a Covid-19, manifesta-se de forma mais grave, em pacientes obesos. Com a cirurgia bariátrica, o paciente tem uma grande perda de peso, no entanto, mesmo após esse procedimento, pode ocorrer um reganho expressivo. E é, neste momento, que o paciente tem a possiblidade de uma segunda chance com a Cirurgia Bariátrica Revisional.

De acordo com o cirurgião bariátrico Walter França esse procedimento tem como objetivo reparar o problema que está contribuindo para o retorno da obesidade. “A cirurgia revisional é um método usado para ajudar os pacientes que tiveram reganho expressivo de peso, após a realização da bariátrica, e apresentam um resultado abaixo da expectativa”, salienta.

Segundo o profissional, o sucesso do procedimento dependerá de uma análise prévia detalhada do quadro e do que é mais apropriado ao paciente. Essa avaliação é feita por uma equipe multidisciplinar composta por endocrinologista, nutrólogo, psicólogo e cirurgião. Para garantir o sucesso da cirurgia faz-se necessário que o paciente siga uma alimentação balanceada e adira a prática de atividade física”, reforça Walter França.

Nenhum comentário:

Postar um comentário