quinta-feira, 19 de novembro de 2020

#Eleições2020 Bonde da Juventude: os novinhos conquistam seu espaço

E hoje começo uma série de matérias sobre os vereadores progressistas eleitos no último dia 15. Ressalto que as matérias serão apenas com os que foram listados na série #CandidaturasProgressistas. Hoje vamos falar dos jovens que conquistaram vagas nas Câmaras Municipais:

 

William Siri

William Carlos Brum Bispo, 28 anos, é economista com especialização em Desenvolvimento Territorial. Nascido e criado em uma família evangélica, Siri milita pela liberdade religiosa nos territórios. Ele já havia participado outras vezes de eleições, sempre chegando à suplência.

Siri é um dos fundadores do coletivo Tudonumacoisasó, que tem como objetivo realizar ações práticas que visem a melhoria das comunidades da Zona Oeste do Rio de Janeiro. “Muito obrigado aos 9.957 votos na nossa construção coletiva! Agradeço também a todo mundo que trabalhou duro para fazer essa vitória acontecer.   Vamos ocupar a Câmara de Vereadores do mesmo jeito que chegamos até aqui: juntos”!

 

Vivi Reis

Amazônida, feminista, bissexual, antirracista, educadora popular e fisioterapeuta. Ela tem em sua existência seus maiores motivos de resistência. Viviane da Costa Reis tem 29 anos e é filiada ao PSol há nove., Ela sempre fez política para além do partidarismo, na escola e na igreja. Como fisioterapeuta, fez residência em Saúde do ldoso e representa a categoria nacionalmente.  

Como a mulher mais votada para a Câmara Municipal de Belém (9654 votos), Vivi ainda conseguiu levar mais dois PSolistas para a vereança: Livia Duarte, Enfermeira Nazaré e Fernando Carneiro. “Não canso de agradecer a vocês! Sou uma de nós, por todas nós. Vamos construir um mandato coletivo. Essa vitória histórica é nossa”!

 

Larissa Gaspar

Larissa Maria Fernandes Gaspar da Costa é advogada e tem 37 anos. Ela conseguiu se reeleger dobrando a sua votação de 2016 para agora. Fez parte, por duas vezes, da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres da Prefeitura de Fortaleza. A primeira, na gestão de Luizianne Lins (PT), em 2005, e mais três anos como coordenadora do setor, na gestão Roberto Cláudio (PDT).

Também coordenou a Casa Abrigo Margarida Alves, que acolhe mulheres ameaçadas de morte. É a atual presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, da Mulher, da Juventude, da Criança e do Idoso, da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor). “Muito obrigada pelo apoio, carinho e confiança de cada um dos 8.555 votos que fizeram nosso mandato reconhecido nas ruas e nas urnas. Seguiremos firmes na luta”!!

 

Giovana Mondardo

Giovana Vito Mondardo, 27 anos, recebeu 2.430 votos e foi a segunda mais votada nas eleições em Criciúma, Santa Catarina, a 206 km de Florianópolis. Ela é cirurgiã-dentista e na sua trajetória profissional sempre defendeu o Sistema Público de Saúde (SUS). Giovana também é especializada em Atenção Básica e Saúde da Família.

Ela também tem passagens pelo Movimento Estudantil e pelo Movimento de Mulheres. A sua entrada na política foi devido à situação atual no Brasil e pela vontade de melhorar a vida das pessoas na cidade catarinense. “OBRIGADA CRICIÚMA! Foram 2430 votos no nosso projeto. Amar e mudar Criciúma é realidade”.

 

Brisa Bracchi

 

Aos 22 anos, a mais jovem vereadora eleita de Natal, Rio Grande do Norte, é estudante de História na UFRN e conquistou 2901 votos. Ela não contratou ninguém para sua campanha, todos os militantes estavam ali por acreditar no projeto da universitária. Ela também é militante da Marcha Mundial para Mulheres.

Brisa fez parte do Movimento Representa, uma corrente de formação interna do PT para jovens militantes que desejam entrarem na política. “Chegamos! Ocupamos a Câmara Municipal de Natal. MUITO obrigada a cada uma e a cada um que fez esse sonho se tornar realidade”!