segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Recife promove ações para celebrar Semana da Visibilidade Lésbica

A partir desta segunda-feira (24), a Prefeitura do Recife vai promover diversas ações, tanto virtuais como presenciais, para celebrar o Dia da Visibilidade Lésbica e o aniversário do Centro de Referência em Cidadania LGBT do Recife, comemorado no dia 29. A programação da Semana da Visibilidade Lésbica segue até o fim da próxima semana, com o intuito de fortalecer os serviços oferecidos e promover a garantia de direitos ligados à cidadania, saúde, proteção e promoção das mulheres lésbicas e bissexuais. As ações são promovidas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos do Recife (SDSJPDDH), Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife e Secretaria Municipal da Mulher.

Em 29 de agosto de 1996, aconteceu o 1º Seminário Nacional de Mulheres Lésbicas e Bissexuais. Desde então, a data ficou estabelecida como Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil. Também neste dia, em 2014, foi inaugurado o Centro LGBT do Recife. Dessa forma, para celebrar essa data duplamente importante para a comunidade, a Gerência de Livre Orientação Sexual (Glos) da SDSJPDDH lançará a campanha virtual "Esse ambiente é livre de preconceito!".

Posteriormente, com a devida segurança sanitária, adesivos serão fixados em estabelecimentos e espaços. A iniciativa consiste em divulgar as leis municipais que punem e proíbem atos discriminatórios, divulgar o Centro LGBT e os serviços oferecidos à população, além de estimular a sociedade a respeitar a diversidade. Todas essas atividades integram o conjunto de ações desenvolvidas a partir do Programa Recife Sem Preconceito e Discriminação, que visam combater a LGBTfobia e promover os direitos da população LGBT.

"O Centro de Referência em Cidadania LGBT do Recife completa seis anos de existência e já é um espaço consolidado para atendimento especializado às vítimas de discriminação e violência LGBTfóbica. A próxima semana servirá para fortalecermos os serviços já oferecidos diariamente tanto pelo Centro de Referência quanto por outros espaços da Prefeitura que realizam acolhimento e prestação de serviço humanizados para esse público", destaca Wellington Pastor, gerente da Glos.

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, gays, lésbicas, bissexuais e transexuais podem buscar, no Centro LGBT, os serviços de orientação jurídica, encaminhamento para alteração do prenome para pessoas trans, atendimento psicológico e assistencial, incluindo orientação, inclusão e atualização do Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal, concessão de cestas básicas aos usuários cadastrados e acompanhados pelo equipamento, além de encaminhamento para emissão de documento e certidões. No Centro LGBT, na Rua dos Médicis, n° 86, Boa Vista, também são realizados agendamentos para atendimento no Ambulatório LGBT- Patrícia Gomes, que funciona na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena.

SAÚDE - As mulheres (cis ou trans) que forem ao próprio Ambulatório LGBT Patrícia Gomes, da Secretaria de Saúde, poderão fazer exame preventivo ginecológico. O agendamento também pode ser feito pelo telefone 3355-7811, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. No local, também haverá acolhimento para mulheres lésbicas e bissexuais, além de orientações sobre saúde bucal, prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e encaminhamento para atualização do cartão vacinal. O acolhimento acontece das 8h às 16h.

Com o objetivo de chamar atenção para os cuidados integrais com a saúde e ampliar o acesso das mulheres aos serviços, a Coordenação de Saúde da População LGBT do Recife preparou uma programação online focada em postagens com dicas e discussões de temas referentes à saúde das mulheres lésbicas. Visibilidade lésbica, lesbofobia e saúde mental, direito sexual e reprodutivo, além de mitos e verdades sobre lesbianidades serão alguns dos assuntos abordados. O material pode ser acessado através do Instagram da Coordenação de Saúde da População LGBT (instagram.com/saudelgbtrecife).

MULHER - Durante a Semana da Visibilidade Lésbica, a Secretaria da Mulher do Recife também vai promover uma campanha nas redes sociais para discutir cidadania, respeito, empoderamento e autoestima das mulheres lésbicas. A campanha “Amar, questão de ser” mostra que, mais que um sentimento, amar, para essas mulheres, é um ato político que reafirma o poder de decisão sobre seus corpos. Serão abordadas questões relacionadas aos cuidados com a saúde e o exercício da cidadania, além de divulgar os serviços que a Prefeitura do Recife oferece a esse público. No dia 28, às 19h, será feito um debate, através de uma live no Instagram da Secretaria da Mulher (instagram.com/secmulherecife), com o mesmo tema e conteúdo da campanha.

Imprensa Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário