sexta-feira, 1 de maio de 2020

Ruas do Recife recebem intervenção urbana com mensagens de solidariedade e esperança

Em nova etapa, o projeto A Arte Cura, da Prefeitura do Recife chega às ruas da cidade. Realizada pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel), a ação provoca reflexões sobre o momento de enfrentamento ao novo coronavírus. Serão contempladas algumas das principais vias da cidade, dando mais visibilidade para a mensagem de recomendação para que as pessoas fiquem em casa. A ação teve início na manhã desta sexta-feira (1º) e a expectativa é que o serviço seja concluído até o fim do dia.

Estão no roteiro: Rua da Aurora, Avenida Conde da Boa Vista, Avenida Agamenon Magalhães, Avenida Rosa e Silva, Estrada do Entroncamento, Avenida Boa Viagem e Avenida Conselheiro Aguiar. As mensagens estão sendo feitas pelo artista Carlos André, parceiro da Seturel no projeto Colorindo o Recife, política pública de fomento à arte urbana realizada pela Prefeitura do Recife. As ruas foram definidas em parceria com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e as tintas utilizadas na ação foram doação da Empresa Capital da Construção.

“Nós queremos fortalecer as recomendações sobre a importância das pessoas ficarem em casa, além de levarmos uma mensagem de solidariedade, neste momento tão difícil”, reforça a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça. As mensagens falam de amor ao próximo, solidariedade e pensamento coletivo sobre a necessidade do isolamento.

PRIMEIRA ETAPA - No último domingo (26), cerca de 20 atrativos turísticos da cidade receberam intervenções, com tecidos que simulam máscaras. A ideia surgiu para reforçar a recomendação do Governo de Pernambuco e Prefeitura do Recife para o uso de máscaras sempre que houver necessidade de sair de casa por motivo emergencial.

Estão incluídas na ação as estátuas de Naná Vasconcelos, no Marco Zero; Antônio Maria, na Rua do Bom Jesus; Ascenso Ferreira, no Cais da Alfândega; Joaquim Cardoso, na Ponte Maurício de Nassau; Mauro Mota, na Rua da Roda; Capiba, na Rua do Sol; Carlos Pena Filho, na Praça do Diario; Solano Trindade, no Pátio de São Pedro; Luiz Gonzaga, no Museu do Trem; Ariano Suassuna, João Cabral de Melo e Manuel Bandeira, na Rua da Aurora; Clarice Lispector, na Praça Maciel Pinheiro; Liêdo Maranhão, na Praça Dom Vital; Celina de Holanda Cavalcanti, na Avenida Beira Rio; Zumbi dos Palmares, no Pátio do Carmo; e Os Retirantes, no Parque Dona Lindu. Além das estátuas, também receberam a intervenção os bustos de Augusto Lucena e Camilo Simões.

HUMANIZAÇÃO – Dois hospitais de campanha construídos pela Prefeitura do Recife para atender pacientes com Covid-19 foram humanizados com desenhos contendo mensagens motivacionais e homenagens aos profissionais de saúde. O hospital de campanha da Policlínica Arnaldo Marques, no Ibura, e o Hospital Provisório Recife 1, em Santo Amaro, receberam a grafitagem do artista gráfico Rafa Mattos, parceiro da PCR. As iniciativas são do Projeto Recife que Cuida, uma ação do programa Colorindo o Recife, da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel), em parceria com a Secretaria de Saúde do Recife, para humanizar os locais de tratamento dos pacientes com covid-19.

Imprensa Recife


Nenhum comentário:

Postar um comentário