29/10/2019

Procon-PE orienta consumidores sobre comidas congeladas

Ultimamente, o Procon-PE vem recebendo denúncias de que alguns estabelecimentos estariam desligando os freezers durante a madrugada, e, no dia seguinte as comidas estariam descongeladas e, impróprias para o consumo. Uma dessas denúncias foi através de um vídeo que viralizou, nas redes sociais. As imagens mostram uma consumidora mostrando batatas e linguiças moles dentro dos freezers do Sam’s Club, localizado na Imbiribeira.
Na manhã de hoje, os Procon’s Pernambuco e Recife, além da Vigilância Sanitária do Recife, foram até o estabelecimento. Lá encontraram os freezers interditados e todas as comidas recolhidas e com placas de “impróprias para consumo”. Aproveitando que os órgãos estavam no local, o estabelecimento descartou os alimentos em máquinas compactadoras.
Foram mais 15 kg de espinafre; 357 potes de sorvete; 281 kg de frango; 79 caixas de lasanha; além de anéis de cebola; esfihas; massas e outros tipos de carne. Na ocasião, a gerência da loja informou que o freezers foram interditados porque estavam mostrando variações na temperatura.
A gerente de fiscalização do Procon-PE, Danyelle Sena, orienta que o consumidor antes de comprar produtos congelados ou resfriados, toquem para ver se eles estão de fato na consistência adequada. “Batatas, hambúrgueres, frangos, polpas de suco, devem estar de fato congelados. Já iogurtes e outros laticínios não devem estar quentes ou com aquele aspecto de “suado”, com água em cima”.

Caso o consumidor presencie alguma irregularidade, denuncie ao Procon-PE, através do 0800.282.1512 ou 3181.7035.

Imprensa Procon PE