16/10/2019

MPPE realiza audiência pública em Fernando de Noronha para discutir abastecimento de água

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), no próximo 24 de outubro, das 14h30 às 17h30, irá realizar uma audiência pública no Distrito Estadual de Fernando de Noronha a fim de elucidar questões relativas ao abastecimento de água no arquipélago. O encontro será realizado no Conselho Distrital de Fernando de Noronha e tem o objetivo de reunir gestores, técnicos, entidades ambientais e sociedade civil.

Um dos principais objetivos é procurar maneiras alternativas para que se possa obter o abastecimento de água potável sem necessitar tanto do dessalinizador de água marinha. Um inquérito civil já foi instaurado e a audiência irá, ainda, buscar mais informações, esclarecimentos e sugestões que levem a ilha a depender cada vez menos da dessalinização.

Existe um projeto governamental de ampliação e modernização do sistema de dessalinização. Entretanto, o impacto ambiental e econômico podem ser enormes. “É um sistema movido a energia gerada por uma termoelétrica que consome milhares de litros de óleo diesel por dia, portanto, poluente. O aumento da capacidade do dessalinizador repercutirá no uso diário de combustível fóssil. Além disso, o investimento no projeto prevê um gasto de cerca de R$ 22 milhões”, explica o promotor de Justiça do arquipélago Flávio Falcão.

Sem contar com o constante risco de acidente ecológico no transporte e descarrego de milhões de litros de diesel por ano feitos no Porto de Santo Antônio. O inquérito civil, publicado no Diário Oficial de 27 de setembro é para averiguar a viabilidade de aproveitamento dos recursos hídricos provenientes dos açudes e poços, águas superficiais e pluviais já existentes em Noronha. Se não seriam uma alternativa mais barata e limpa.

Serviço

Audiência Pública - Abastecimento de água no Distrito Estadual de Fernando de Noronha

Quando: 24 de de outubro, às 14h30

Onde: Plenário do Conselho Distrital de Fernando de Noronha


Imprensa MPPE