terça-feira, outubro 01, 2019

Financeiras são interditadas no Centro do Recife

Uma ação realizada na manhã desta terça-feira (1º) pelos Procon’s Pernambuco e Recife, fiscalizou 13 empresas e interditou duas que ofereciam empréstimos de forma ilegal. A Real Fator e a Realiza Empréstimos Consignado funcionavam no Edifício Antônio Barbosa, localizado na Avenida Dantas Barreto, no Centro do Recife. A Polícia Militar também participou da ação.

As fiscalizações foram realizadas em todo Brasil no Dia Internacional do Idoso, comemorado nesta terça-feira, por ser o público que mais sofre com fraudes e golpes por empresas que não trabalham de forma honesta. Essa ação tomou como base o modelo desenvolvido pelo Governo de Pernambuco, que desde o ano passado vem realizando fiscalizações nessa área, 26 empresas já foram fechadas.

De acordo com a gerente de fiscalização do Procon-PE, Danyelle Sena, as empresas fechadas não tinham autorização para funcionar como correspondente bancário. “Se o consumidor sofrer uma fraude, um golpe, fica até difícil abrir uma reclamação porque o CNPJ não bate com a atividade da empresa”, explica.

Já a presidente do Procon-Recife, Ana Paula Jardim, orienta que o idoso não assine documentos em branco e não passe a senha para terceiros. “Ao fazer empréstimo é preciso ler o contrato e levar uma cópia consigo”, alerta.

Entre os pontos que também são fiscalizados nas financiadoras de crédito estão:


- Contrato de prestação de serviço do correspondente com Banco;


- Autorização do Banco Central para funcionar;


- Se os funcionários estão devidamente identificados;


- Se o consumidor recebe impresso todas as informações sobre o serviço contratado;


- Se o local tem disponível um serviço de atendimento ao cliente.



Imprensa Procon PE