28/05/2019

Recife atinge meta de vacinação contra a gripe

No dia em que o Ministério da Saúde anunciou a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação contra gripe, que se encerraria na próxima sexta-feira (31), o Recife foi a primeira capital do Nordeste a alcançar, nesta terça-feira (28), a meta global de vacinação de 90% das pessoas que fazem parte dos grupos prioritários determinados pelo Governo Federal. Desde o dia 10 de abril, a Secretaria de Saúde do Recife vacinou mais de 407 mil pessoas das 450 mil que fazem parte do público-alvo.

Apesar de ser uma das três capitais brasileiras que já conseguiu vacinar mais de 90% do público-alvo total, a Secretaria de Saúde do Recife chama atenção para a necessidade de imunizar os dois grupos prioritários que ainda não atingiram a meta específica por grupo: as crianças de 6 meses a menores de 6 anos e também as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, como diabetes, hipertensão, asma, insuficiência cardíaca, entre outras. Nesses casos, é necessário apresentar encaminhamento médico justificando a aplicação da vacina.

A vacina continua disponível nos 170 postos da Prefeitura do Recife, das 8h às 17h, e também nas unidades que funcionam com horário estendido nas salas de vacinação. "O atingimento da meta global da vacinação contra a gripe é motivo de comemoração e demonstra que a Prefeitura do Recife está no caminho certo na adoção de estratégias como horário estendido, postos volantes aos sábados e busca ativa do público-prioritário nas creches, escolas, hospitais e nas casas. Agradecemos o empenho dos profissionais da Saúde e também ao trabalho dos veículos de imprensa na divulgação da campanha. É preciso, no entanto, reforçar a importância do restante do público-alvo tomar a vacina, em especial as crianças e pessoas com condições clínicas crônicas, porque os quadros mais graves da gripe podem levar a internações e até à morte”, explicou o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia.

O Recife já atingiu a meta de vacinação das gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filho há menos de 45 dias), profissionais de saúde e professores de escolas públicas e privadas do Recife. Também fazem parte dos grupos prioritários os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade em cumprimento de medidas socioeducativas; detentos e funcionários do sistema prisional, além de policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Para esses últimos grupos, o Governo Federal recomenda a vacinação, mas não exige cumprimento de meta.

HORÁRIO ESTENDIDO - As listas das 170 unidades de saúde que disponibilizam vacina durante a semana e das unidades que estão abrindo em horário alternativo (até às 21h) estão disponíveis no site da Prefeitura do Recife. Até sexta, pelo menos dois postos continuam funcionando com horário estendido em cada dia da semana. A Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena, por exemplo, continua disponibilizando vacina contra influenza de segunda a sexta-feira, até às 21h.

Outra estratégia adotada por algumas unidades do Recife, como por exemplo a Policlínica Albert Sabin, na Tamarineira, é o funcionamento da sala de vacinação no horário do almoço. A Sesau também tem levado a vacinação contra gripe até pessoas acamadas, creches e escolas das redes municipal e privada, asilos, comandos da Guarda Municipal e da Polícia Militar, igrejas e hospitais.

Consulte aqui a lista dos locais de vacinação
Consulte aqui a lista de unidades com horário estendido


Imprensa Recife