terça-feira, 18 de setembro de 2018

Procon-PE interditou oitava empresa de empréstimo que funcionava de forma ilegal

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através do Procon-PE, interditou, na manhã de hoje (18.09), no bairro de Casa Amarela, mais uma empresas financiadora de empréstimo. Esse é o oitavo estabelecimento que o órgão interdita, em menos de um mês, por estar funcionando de forma irregular.

A equipe de fiscais visitou quatro empresas, todas em Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. Duas estavam regulares, uma interdita e a outra notificada para apresentar documentos no prazo de 48 horas. “O consumidor, principalmente os idosos, procuram essas empresas de boa fé, mas as que funcionam de forma irregular estão mais propícias a cometer ilegalidades”, explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

A financiadora que funcionava na Rua Visconde de Taunai, ficará fechada até se regularizar e ainda pode ser multada, em valores que vão desde R$ 1.050 a R$ 9,5 milhões. De acordo com o gerente de fiscalização, Roberto Campos, para funcionar, as lojas precisam ter autorização do Banco Central e ter contratos com os bancos para os quais oferece empréstimos. “Vamos convocar os bancos, pois eles são corresponsáveis, porque precisam fiscalizar esses serviços”.

Os outros estabelecimentos fechados ficam nos bairros de Afogados, Derby e Casa Amarela. Esta semana outras financeiras serão fiscalizadas. 

O consumidor que queira fazer denúncia pode procurar uma das unidades do Procon-PE ou ligar para o 0800.282.1512.

Imprensa Procon PE



Nenhum comentário:

Postar um comentário