Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

quinta-feira, setembro 02, 2021

“Perdoa-me por me traíres”. O melhor de Nelson Rodrigues agora na versão Cobogó das Artes

Toda potência de Nelson Rodrigues! A Cobogó das Artes apresenta: Perdoa-me por me traíres, a tragédia de costumes escrita e encenada pelo próprio Nelson, em 1957. Desejo, traição, morte, vingança e violência são temáticas presentes no espetáculo.

Adriano Portela, diretor que adora levar grandes autores para os palcos e para as telas, promete uma adaptação de tirar o fôlego. Portela conta que foram mais de três anos tirando o que tem de melhor de cada ator e atriz do seu elenco e que homenagens ao próprio Nelson serão perceptíveis no espetáculo. Portela, que recentemente dirigiu o filme Recife Assombrado (Canal Brasil), somou a sua equipe o ator Rodrigo Hermínio (Teatro do Amanhã) e a atriz Poliana Luna (Cobogó das Artes), prata da casa, como seus assistentes de direção. A direção de produção fica por conta de Rafaella Gomes (musical A Família Addams).  

Perdoa-me Por Me Traíres conta a história de Glorinha, uma jovem de 16 anos que resolve se prostituir após o “suicídio” de sua mãe. Certo dia, ao descobrir que a sobrinha se meteu no mundo dos bordéis, seu tio lhe conta a verdade acerca de sua origem, de seu passado obscuro, de seus pais, e, por meio de um trânsito entre o passado e o presente, mergulham num universo cruel e realista.

Sobre a Cobogó:
Desde agosto de 2017, Portela e sua equipe estão à frente da Cobogó das Artes, um espaço de iniciação a todas as categorias artísticas (teatro, dança, cinema, música, artes plásticas etc.). Em maio e julho do ano 2018, a escola estreou o seu primeiro espetáculo: Lisbela e o Prisioneiro, do pernambucano Osman Lins.

Cobogó também produziu a comédia Lua de Sangue (2019) e o infantil Como se fora brincadeira de roda (2019), ambos do dramaturgo Robson Teles, e fez barulho com o musical A Família Addams (2020).

O objetivo da escola, segundo Portela, é ocupar tanto a mente dos adolescentes da comunidade como levar a arte para quem estiver interessado e que, por vezes, encontra muita dificuldade de acesso, o que inclui a dificuldade financeira.  A Cobogó das Artes fica no bairro de Areias, ao lado do estúdio da Portela Produções.

Sobre Portela:
Portela é Jornalista, mestre em Teoria da Literatura (UFPE) e doutorando em Teoria da Literatura (UFPE). Professor de Comunicação e Artes (Unicap). Fundador da Escola Social Cobogó das Artes. Escritor com 11 obras publicadas (romance, conto, ensaio e prefácio); seu romance A última volta do ponteiro recebeu o prêmio internacional José de Alencar 2012 pela UBE do Rio de Janeiro e foi adaptado para o teatro. No cinema, além de vários curtas realizados e premiados, é diretor do primeiro longa-metragem de terror de Pernambuco: Recife Assombrado (2019). O filme foi  financiado pela ANCINE e hoje faz parte do quadro do Canal Brasil. Portela também já foi repórter das emissoras: Rede TV!, TV Jornal. TV Clube e TV Golfinho, em Fernando de Noronha.

Serviço:
Teatro Barreto Júnior
Dias: 02 e 03 de setembro de 2021
19h
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário