terça-feira, 18 de agosto de 2020

Guarda Municipal de Olinda apreende e coíbe uso de linha chilena

Numa operação realizada, desde a última segunda-feira (17.08), agentes da Secretaria de Segurança Urbana de Olinda apreenderam oito rolos e 18 carretéis de linhas cortantes, conhecida como cerol ou chilenas. O material, que é feito numa mistura perigosa de vidro e cola, vinha sendo usado na prática de soltar pipa (papagaio) em todo o trecho da orla e em alguns bairros da cidade. 

Os agentes da Guarda Municipal alertaram os jovens, que portavam o material, quanto à proibição e do risco que a linha pode causar em quem manipula ou tem contato com ela, como pedestres e motociclistas, por exemplo. A ação fiscaliza ainda os estabelecimentos que cumprem as medidas restritivas do protocolo de enfrentamento à Covid-19 no município.

A Lei nº 16.610, de 9 de julho de 2019, proíbe a utilização de cerol em linha ou cordão para soltura de pipas, papagaios ou pandorgas em áreas públicas ou privadas. Esse tipo de ocorrência tem sido registrada ao longo do ano, mas é justamente no mês de agosto, quando as correntes de ventos são mais intensas, que aumenta o número de acidentes.

Imprensa Olinda

Nenhum comentário:

Postar um comentário