quarta-feira, 1 de julho de 2020

PCR entrega obras concluídas de recuperação da Ponte do Derby


Nesta quarta-feira (01), a Prefeitura do Recife entregou mais uma ponte recuperada após a conclusão das obras executadas pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). A Ponte do Derby, que possui características estruturais bastante similares à da Torre, entregue semana passada, também teve os serviços iniciados em março do ano passado, que contemplaram a recuperação dos tubulões, das travessas, transversinas e do tabuleiro da ponte, a substituição dos apoios, e a pintura de proteção em todo serviço realizado. A obra teve um custo total de R$ 6.030.740,40.

Apesar das similaridades com a Ponte da Torre, algumas diferenças foram encontradas na metodologia construtiva entre ambas. Na parte da infraestrutura houve maiores dificuldades na recuperação da fundação em seus tubulões, pois foram encontrados elementos como estacas de madeira no perímetro em volta das estruturas; na mesoestrutura foram recuperados todos os elementos, que são duas travessas centrais, os encontros e os respectivos aparelhos de apoio, porém, esses elementos apresentavam maiores fissuras e corrosão por ferrugem, tudo em estado mais crítico do que na Torre; já a superestrutura, composta pelo vão livre da ponte, recebeu a substituição de todo o guarda-corpo e recuperação dos passeios.

Além dela, a ponte do Motocolombó está passando por uma requalificação, com previsão de conclusão para agosto deste ano. Também foram elaborados os projetos de restauração do viaduto/ponte de Joana Bezerra, da ponte Giratória e Princesa Isabel, para captação de recursos e recuperação futura.

Intervenções - Em 2015, a Emlurb investiu, com recursos próprios, cerca de R$ 1,5 milhão na recuperação e reconstrução da ponte do Rio Tejipió. Em 2018, o órgão concluiu a recuperação estrutural da ponte na Rua José C. Cosme, em Dois Unidos, intervenção que contou com a demolição da antiga estrutura e construção de uma nova em concreto. O serviço teve um custo de R$ 800 mil. A nova ponte com 16 metros de extensão, cruza o Rio Morno, no ponto localizado na Rua José C. Cosme. A estrutura foi projetada para a passagem de veículos nos dois sentidos, além de passeio para pedestres com guarda-corpo. Em função dos desgastes naturais dos materiais que compunham a antiga estrutura da ponte foi necessária a intervenção resgatando suas características iniciais. Além dessas intervenções, em 30 de abril deste ano a Emlurb concluiu o pontilhão da Avenida Pinheiros, na Imbiribeira, complementando a requalificação da via. O novo pontilhão, com 15 metros de extensão, foi construído em concreto, com sua base em quatro bueiros celular, duas faixas de rolamento para a passagem de veículos e passeios nas duas extremidades. O valor investido na nova estrutura foi de R$ 740.622,16.

Todos os anos, a Emlurb também realiza a manutenção externa das pontes. Os serviços abrangem a pintura das estruturas, pequenos consertos nos elementos mais visíveis como guarda-corpo, vigas de bordo, iluminação e passeios, por exemplo. Estas ações também funcionam como uma camada de impermeabilização para o concreto, além de eliminar as pichações existentes nas estruturas.

Para entender:

Tubulões – são elementos estruturais de fundação profunda de concreto;
Travessas – vigas largas que abrigam a superestrutura da ponte;
Tabuleiro – é o pavimento da ponte; e
Aparelhos de apoio - São elementos elastoméricos, que são colocados entre a infraestrutura e a superestrutura, conhecidos por Neoprene.





Imprensa Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário